dez pecados mortais que as pessoas cometem ao montarem o visual

Padrão

1. Fuseau com blusa curta.

Mesmo que o seu bumbum seja um exemplo de perfeição, não existe nada mais vulgar que calça fuseau (que já não é lá muito elegante) com tops, camisetas e outras peças curtinhas. Barriga de fora, então, é atentado ao pudor! Cubra seu traseiro com uma peça mais comprida, coloque um cinto para não parecer um balão e então você pode sair de casa. Evite também sapato com tirinha no tornozelo.

2. Bijuterias ou jóias na praia.

Look brega total. Só fica bem um brinquinho bem básico. Nada de anel, pulseira, colar e correntinha de tornozelo. Fica tudo grudando na pele por causa do filtro solar. Na praia, quanto mais clean, melhor.

3. Pata de bode.

Essas botas exageradas acabam com a leveza no seu andar. Isso sem falar que são horríveis. Não combinam com nada. Nem com calça, saia ou com vestido.

4. Barriga de fora.

A culpa desse show de barrigas de fora pelas ruas com certeza é culpa das calças jeans excessivamente baixas. Como tudo o que é demais atrapalha, aquele visual barrigão à mostra é muito deselegante. Já o look mostra-não-mostra, aquele que aparece uma barriguinha de leve somente quando você se movimenta já tem lá o seu charme. Portanto, meninas, mesmo que a sua cinturinha seja de pilão, guarde a sua barriguinha e mostre só nos momentos mais íntimos.

5. Saia com bota de cano curto.

Eu sei, está nas revistas de moda, mas eu garanto que nem a Gisele fica elegante. Detona a silhueta da sua perna, e se ela for meio grossinha, então, ficam parecendo duas toras. Independentemente do comprimento da saia, vão te deixar com ar de Mary Poppins. Prefira um sapato mais leve.

6. Meia branca com sapato ou meia fina com tênis.

Você não acha que ao contrário ficaria melhor? Eu também. Portanto, a partir de hoje: meia branca com tênis e meia fina com sapato.

7. Bota branca.

É de gesso? Não? Então, esquece.

8. Sutiã de fora.

A menos que seja de propósito, isto é, o sutiã faça parte da roupa, qualquer outra possibilidade fica grotesco. Alcinhas para fora do top, fecho aparecendo nas costas, debaixo do braço ou em qualquer outra situação. Esconda seu sutiã, principalmente se ele for aquele tipo basicão branco ou cor da pele.

9. Excesso de informação.

Sabe aquelas mulheres que saem com o armário no corpo? O brinco é enorme, o colar vai até a cintura, o cinto tem 10 cm de largura, a bota vai até o joelho e é de verniz, a bolsa parece mais uma shopping bag, e ainda por cima jogam por cima de tudo uma pashmina de oncinha. Isso sem falar na transparência da blusa e nos detalhes em strass na calça jeans. É tanta informação que você não consegue distinguir se aquilo que vem na sua direção é uma mulher ou um carro alegórico.

10. Usar roupas que não combinam com a sua idade.

Não quero dizer que uma mulher que tenha mais de 40 anos deva usar saia longa e mocassim, mas não tem coisa mais patética que a donzela de 50 aninhos que acha que está dando um banho nas de 20 sair por aí vestida de amiguinha do Chapolin: minissaia, shortinho, frente-única, tomara-que-caia, barriga de fora, calças justérrimas etc. Bom senso é fundamental para você não cometer pecados, portanto, minha amiga, olhe bem no espelho antes de sair de casa e veja se o seu visual está de acordo com o ano de nascimento da sua carteira de identidade.

Fonte:bolsademulher

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s