Arquivo diário: 24 setembro 2008

Truques para chegar ao orgasmo

Padrão

Profissionais que entendem do assunto – do terapeuta sexual à ex-prostituta – dão dicas quentíssimas e infalíveis para melhorar sua vida sexual.
Palavra de especialista

O ginecologista e terapeuta sexual Amaury Mendes Júnior garante que, antes de tudo, é preciso convencer o corpo de que a excitação está erótica o suficiente para atingir o clímax. Anote as dicas:

Durante o sexo, engaje-se no clima
Fala o médico: “Tente se convencer sem preconceitos que o momento deve ser curtido e deixe a vergonha e a auto-observação de lado. Mexa o corpo em um ritmo sensual e cadenciado, grite palavras eróticas para que os problemas sejam colocados de fora do ambiente, diga em voz alta que está muito gostoso, que o pênis dele está muito grande, que a sua vagina está toda molhada, que está com muito tesão… Este clima de auto-indução pode acender muito o casal e produzir o que ambos mais querem: um grande orgasmo e cumplicidade”.

Truque prático
“Um recurso erótico que retarda e amplia o prazer consiste em pressionar de maneira alternada, com dois dedos, o períneo (região entre o ânus e o genital de ambos os sexos) durante a penetração. Este exercício é capaz de hiperdimensionar o orgasmo, pois provoca um fluxo sangüíneo de maior intensidade para os órgãos pélvicos e produz uma descarga orgástica maior.

Dicas de profissional

Ex-Bruna Surfistinha, Raquel Pacheco entende bem do assunto e caprichou nas dicas para a internauta. Confira o que ela diz:

Aposte no pompoarismo
“A técnica do pompoar, além de fortalecer os músculos vaginais e proporcionar prazer ao parceiro durante a relação sexual, ainda facilita (e muito!!) o orgasmo feminino”.

Conheça-se
“A masturbação feminina ainda não deixou de ser totalmente um tabu, mas sou totalmente a favor. É nos masturbando que descobrimos quais são os pontos exatos e os movimentos que nos dão prazer. Conhecendo isso bem, atingimos sem dificuldade o orgasmo na hora H”.

A responsabilidade também é deles
“Ter um parceiro sexual com bom desempenho e paciente facilita muito para atingir o orgasmo. Infelizmente, nem todos os homens têm paciência em esperar a mulher, assim como nem todos têm um bom desempenho sexual”.

Aquecimento
“O momento das preliminares é essencial para as mulheres, pois nós precisamos ser instigadas e nos sentirmos seguras na cama. Quando atingimos o orgasmo durante as preliminares, damos um grande passo para também chegar ao clímax com a penetração momentos depois”.

Deixa rolar
“Precisamos nos entregar completamente ao momento, deixando de lado os problemas, o pudor e nossas encanações com o próprio corpo. Temos que fazer jus à frase: “Relaxe e goze!”A ansiedade que muitas vezes temos para atingir o orgasmo também dificulta. O melhor que temos de fazer é desencanar, pois quando menos esperamos, o orgasmo acontece”.

O outro lado

O go-go boy B.S., 27 anos, conhecido como ‘O Capitão’ durante suas apresentações, sabe muito bem divertir as mulheres e entende tudo de preliminares.

Além do toque
“A sedução é um caminho delicioso para chegar ao orgasmo. Um olhar fatal, um encostar de pernas e pegar de jeito já deixa a mulher louca e prepara o corpo dela, que fica excitado, para o que vai vir”.

Solte a imaginação
“Fantasias sexuais são um bom artifício. Mas cuidado na hora de escolher qual vai ser a brincadeira e quais as regras do jogo. Um terceiro elemento, por exemplo, pode excitar uma parte do casal e enfurecer a outra. Para chegar ao orgasmo, os dois precisam estar em sincronia. Muito tesão no ar é importantíssimo”.
Assuma!
“Não tenha medo de falar que gosta de receber sexo oral. Se você tem um parceiro que tenha nojo ou que simplesmente não faça, só pode ter algo de errado com ele”.

Plano B
“Na hora do sexo, foque seu pensamento no prazer, aproveite ao máximo, seja insaciável. Caso o “boy” não seja aquelas coisas, apague a luz e solte a imaginação; sempre dá certo! Mas só não vai deixar o coitado perceber!”

O macho

Fernando Bonassi é escritor, roteirista e dramaturgo. Acaba de lançar o livro “As Melhores Vibrações” (Publifolha), uma seleção dos melhores textos dele para a coluna “Macho”, na Revista da Folha. E fecha as dicas com chave de ouro:

Com todos os sentidos
“Concentração. Observação. Atenção. Disponibilidade dos seis sentidos no ato. Ser generoso com carinho. Não ter vergonha. Sorrir. Gargalhar. Chorar se for o caso. Olho no olho. Quanto maior a curiosidade, maior o prazer”.

Agora vai lá e capricha!