Pelo menos oito pessoas devem receber órgãos de Eloá

Padrão

Pelo menos oito pessoas, todas de São Paulo, vão receber hoje os órgãos da jovem Eloá, de 15 anos, que foi baleada na cabeça na sexta-feira, após ficar 100 horas como refém do ex-namorado no Conjunto Habitacional do Jardim Santo André, no ABC paulista. Menos de 12 horas após ser informada, na noite de anteontem, pelo Centro Hospitalar Municipal Santo André de que a garota havia tido morte cerebral, a família decidiu pela doação dos órgãos.

“Logo que soubermos quem são os receptores, a Central de Transplantes do Governo do Estado entrará em contato com eles, para que se dirijam aos hospitais onde receberão os órgãos”, explicou o secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata, que esteve ontem no Centro Hospitalar. Após a captação dos órgãos, o corpo de Eloá será liberado para exames no Instituto Médico-Legal de Santo André e, posteriormente, para velório e enterro. Um jazigo foi oferecido gratuitamente à família, ontem, pela administração do cemitério particular de Santo André.

Nayara – Segundo os médicos do Centro Hospitalar, Nayara, de 15 anos, a amiga de Eloá que também foi feita refém por Alves, tem “bom quadro evolutivo” para a cirurgia facial a que foi submetida. Ela foi atingida por um tiro na face. “Houve diminuição do edema e nenhum sinal de infecção”, disse o cirurgião Marcelo Cini. “Ela está consciente e conversa bastante, mas só falamos sobre procedimentos médicos.” Nayara deve receber alta até o fim da semana. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte:yahoonoticia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s