Arquivo diário: 16 dezembro 2008

2008 um desabafo e um protesto

Padrão

Oi gente

Eu resolvi escrever um pouquinho do que achei de 2008,não um balanço do que aconteceu em minha vida pessoal e sim,tantas coisas que aconteceram no mundo que as vezes não nos ligamos,achamos que está muito longe de nós,que podemos ignorar,ou simplesmente sabemos e não fazemos nada para melhorar.

 

Reféns são soltos pelas FARC
Em julho, foi libertada a franco-colombiana Ingrid Betancourt com mais 14 reféns das FARC. Seqüestrada desde fevereiro de 2002, durante as campanhas presidenciais da Colômbia, a ex-senadora foi solta após operação militar colombiana sob o comando do presidente Álvaro Uribe.

 

Após 20 anos de pesquisas e mais de 3 bilhões de euros, o maior acelerador de partículas do mundo começou a operar em 10 de setembro, com o objetivo de simular o Big Bang. Mas, dez dias depois, o experimento teve de ser interrrompido e só será reativado no fim de 2009. 

 

Em 2 de maio, o ciclone Nargis deixou um rastro de destruição em sua passagem por Mianmar, na Ásia. Uma gigantesca onda causou cerca de 134 mil mortes e vários desaparecidos em uma população de 47,7 milhões de habitantes. Milhares de pessoas ficaram desabrigadas por causa dos ventos de até 190 km//h e do maremoto. A Índia preveniu Mianmar 48 horas antes da chegada do Nargis. Mas nada foi feito.
 

Em abril, o mundo ficou estarrecido com a história do austríaco Joseph Fritzl, de 73 anos, que manteve a filha Elisabeth escondida no porão de sua casa por 24 anos e teve sete filhos com ela, sendo que três deles nunca viram a luz do sol. O austríaco chegou a denunciar o desaparecimento da filha à polícia. 

 

Em julho, foi lançada a nova versão do iPhone em mais de 20 países. O lançamento oficial no Brasil do modelo, que ganhou suporte ao GPS e acesso mais rápido à internet móvel, foi feito em 26 de setembro pelas operadoras Claro e Vivo. O valor do aparelho varia de R$ 900 a R$ 2,6 mil. 

 
A crise no mercado de crédito que se abateu na economia dos EUA teve início na crise no mercado hipotecário americano, que gerou a quebra de bancos importantes, como o Lehman Brothers, e desencadeou o desaquecimento da economia global. Em outubro, finalmente, o presidente Bush conseguiu aprovação de um pacote de resgate financeiro de US$ 850 bilhões e o mercado respirou um pouco mais aliviado. 
 
Em 4 de novembro, os americanos elegeram seu primeiro presidente negro: o democrata Barack Hussein Obama Jr. Filho de um queniano com uma norte-americana, aos 47 anos, ele derrotou o republicano John Sidney McCain III, de 72 anos. Pelas projeções, Obama terá mais de 330 dos 538 votos no Colégio Eleitoral do país. A posse será em 20 de janeiro. 
As enchentes (chuvas) em Santa Catarina acabou se tornando um dos maiores desastres dos últimos anos aqui no Brasil. As chuvas provocaram pelo menos 109 mortes, além dos mais 78 mil habitantes que estão desabrigados.
Pensando sobre tudo isso,eu me pergunto,o que eu faço para evitar essas coisas?para ajudar?para representar meu papael como cidadã? e a resposta foi simples,quase nada,mais porque quase nada se eu tenho conciência de que o mundo está mudando,que coisas estão acontecendo,e muitas vezes me pego de braços cruzados,ou de olhos fechados á essas mudanças,revoluções,catástrofes naturais.
Tenho conciência sim,quero mudar sim,quero fazer algo sim,e aos poucos vou me moldando a nova realidade mundial,que pensamos ser coisa de países ricos,que a crise não chegou aqui que os recursos naturais são inesgotáveis etc…O mundo passa por uma revolução,com certeza as pessoas so vão se dar conta disso quando forem atingidas de alguma forma,estamos pensando nos nossos presentes de natal,onde vamos passar nosso feliz ano novo,mas e as famílias de Santa Catarina que perderam tudo,principalmente seus entes queridos,não vejo nenhum feliz ano novo para essas pessoas,vejo um cenário de total destruição,tanto material,quanto pessoal e sentimental,não quero aqui ser hipócrita de forma alguma,e sim tentar de alguma forma,fazer um alerta as pessoas que irão ler essas palavras,que se não nos unirmos para tentar fazer algo,tudo isso que conhecemos vai pra vala,a vida como conhecemos não mais existirá,talvez nem o proprio homem,e dai muita gente pensa,mas eu sozinho não posso fazer nada,pura demagogia,pois a mudança começa dentro de nós,o primeiro passo sempre é meu,é seu…então se você pode ajudar,mesmo que seja dentro de casa,com simples atitudes,que podem fazer toda a diferença,como a coleta seletiva que é algo tão simples,faça,se você pode doar um agasalho doe,um brinquedo,ou até mesmo o seu tempo o seu carinho,a essas pessoas,as crianças,eu não vejo nenhum empesilho em tomar essas pequenas atitudes,a unica coisa que nos impede somos nós mesmos,então depois de tantas coisas estourando pelo mundo,e aqui bem pertinho de nós,eu desejo do fundo do coração,e vou lutar,fazer minha parte para que isso aconteça,que sejamos mais humanos uns com os outros,menos consumistas,menos hipocritas,porque de nada vai me adiantar toda tecnologia do mundo se essa porra estiver toda ferrada(com perdão das expressões).
Eu quero fazer a diferença e você?
OBS:A todos peço desculpas se ofendi ou me expresseu mal,e venho lembrar que o Regganata sempre foi um cantinho de livre expressão,tanto para mim quanto para todos que comentaram por aqui,simplesmente precisava dizer isso de alguma forma e então nada mais justo que usar o meu espaço aqui para isso,como eu disse anteriormente,esse ano eu vou fazer a diferença,vou mudar habitos,os meus pelo menos,como venho tentando fazer de um tempo pra ca,talvez essas palavras sirvam de algo para alguém,talvez não,mas ai fazer o que,paciência.
Mas de qualquer forma se ofendi me perdoem.
Renata Ramone.
Anúncios