Percepção Ecológica

Padrão

No final do século XIX, diante da pressão de uma cultura masculinamente dominante, um chefe da tribo Wanapum disse em território hoje Norte-americano:

“Devo pegar uma faca e rasgar o seio de minha mãe? Então quando eu morrer, ela não me tomará em seu seio para que eu repouse. Você me pede para escavar o chão procurando pedra! Posso escavar sob a sua pele à procura de seus ossos? Então, quando eu morrer, não poderei entrar em seu corpo para renascer. Você me pede para cortar grama e fazer feno e vendê-lo, e ficar rico como os homens brancos! Mas como eu ousaria cortar os cabelos de minha mãe?”

Esquecemos das vozes indígenas, dos seus fundamentos básicos, da sua cultura. Nossa civilização concebe a Natureza como mera fonte de recursos econômicos. E foi através dessa concepção utilitarista, que hoje sofremos as conseqüências brotadas do descaso para com o meio ambiente.

A Terra é um ser orgânico, ela é viva, onde tudo depende de tudo, tudo está em constante ligação e troca. Portanto quando se destrói uma forma de vida, se empobrece o Universo. A partir daí, acirramos o caos existente no mundo, como a pobreza, a desigualdade social, a ausência de recursos naturais, a fome, o falecimento da biodiversidade e das diversidades culturais, a violência, a não concretização dos Direitos Humanos Fundamentais, dentre inúmeros outros problemas viventes no cotidiano.
A partir desse contexto, é fundamental infiltrar o moderno pensamento biodiversidade na sociedade, na consciência de cada indivíduo atingindo sua percepção de mundo, pois a ecologia profunda reconhece o valor intrínseco de todos os seres vivos e concebe os seres humanos não como os senhores do Universo, mas apenas como um fio muito particular na Grande Teia da Vida.

Estamos todos interligados e somos interdependentes. Como “militante” desse pensamento, peço aos companheiros que reflitam sobre suas atitudes para com o meio ambiente ou para com os próprios seres humanos. 

 

Pequenos gestos fazem a diferença: é como se fosse uma gota no meio do oceano, mas lembrem-se que uma gota de orvalho pode refletir o céu inteiro!!!

»

  1. Oieeeeeeeeeee
    Miga, tem uma missão pra vc lá no blog viu: SELOS/MEME
    Vai querer me matar kkkkkk, mais te lembrei com muito carinho viu
    beijão

  2. Que texto lindo! É isso mesmo que entendo: a terra é um ser vivo, e cada vez que destruímos alguma coisa na natureza, estamos tornando a sua saúde mais frágil. E um dia, os seres humanos serão culpados por sua morte e destruição. Nós não estaremos aqui para ver mas os filhos dos filhos dos nossos filhos talvez estejam. Pensemos nisto.

  3. Meu amor cada vez melhor em seus textos em heheheh…

    Mt bom o post e as idéias… pena q o ser humano so aprende com dor e sofrimento (vide as religiões onde o homem tem sempre q fazer o certo ou pagar kro eternamente)… o dia q acontecer uma tragedia em larga escala a humanidade perceberá q tem de mudar… espero q naum seja tarde demais…

    Bjaum gatinha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s