Amazônia perde 754 mil km2 de floresta em 3 meses, diz Inpe

Padrão

SÃO PAULO (Reuters) – A Amazônia perdeu uma área equivalente a 75.430 campos de futebol de floresta devido ao desmatamento nos meses de novembro e dezembro de 2008 e janeiro deste ano, informou nesta segunda-feira o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Segundo dados obtidos pelo sistema Deter (Detecção do Desmatamento em Tempo Real) do Inpe, foram desmatados 754,3 quilômetros quadrados da floresta nesses três meses. Os dados levam em conta o desmatamento por corte raso ou degradação progressiva.

Segundo o Inpe, 57,9 por cento dos alertas confirmados como desmatamento constataram corte raso da floresta, enquanto 37,3 por cento indicaram floresta degradada. Outros 4,8 por cento dos alertas não foram confirmados.

Em novembro, a área desmatada atingiu 355 quilômetros quadrados. Em dezembro, ficou em 177 quilômetros quadrados e em janeiro deste ano foram 222 quilômetros quadrados.

Pelos dados do Inpe, o desmatamento total da Amazônia no ano de 2008 fechou em 7.341 quilômetros quadrados, o equivalente quase cinco vezes a área do município de São Paulo.

Os Estados que mais desmataram entre novembro e janeiro foram Pará, com 319 quilômetros quadrados, e Mato Grosso (272 quilômetros quadrados).

O Inpe ponderou no entanto que “alguns Estados como Acre, Amazonas, Amapá e Roraima praticamente não foram monitorados devido à alta proporção de cobertura de nuvens no período”.

De acordo com o Inpe, entre os meses de novembro e abril a grande intensidade de nuvens na região prejudica a observação dos satélites. Por isso, o instituto decidiu publicar trimestralmente os dados do desmatamento amazônico entre novembro e abril, quando no restante do ano a leitura é divulgada mensalmente.

Segundo o instituto, a maior área de alertas detectada no trimestre foi no mês de novembro, “quando a proporção de cobertura de nuvens na Amazônia Legal foi menor (63 por cento) em relação aos outros dois meses”.

Em dezembro, quando a cobertura de nuvens atingiu 86 por cento da região, a área desmatada detectada diminuiu para 177 quilômetros quadrados. “Em janeiro de 2009, o desmatamento detectado aumentou para 222 quilômetros quadrados, com uma cobertura de nuvens de 76 por cento permanecendo ainda bastante alta”, disse o relatório do Deter.

Para efeito de comparação, o desmatamento detectado em outubro de 2008 atingiu 587 quilômetros quadrados. Naquele mês, no entanto, as nuvens cobriam apenas 27 por cento da região.

 

Fonte: http://noticias.br.msn.com

»

  1. Muito interessante essa materia Renata…
    Gostaria de deixar o meu apelo junto aos demais pelo resto do Brasil e do mundo,para protegermos a Amazonia…nao deixarmos a sede do dinheiro acabar com esse patrimonio.

  2. Ainda bem que essa conciencia está se multiplicando entre
    as pessoas,apesar de ser um dado,relevante o desmatamento vem caindo aos poucos.
    Gostei do blog.

  3. Ola Renata, li essa materia e verifiquei no site do INPE a respeito tambem. O interessante eh que eles so conseguem constatar como desmatamente uma area maior ou equivalente a 25 hectares.
    Estamos caminhando na direcao correta. So espero que nao haja nenhum desvio nessa rota.
    O brasil e todos nos agradecemos.

  4. Ei amor… mt bom o post como sempre…

    No entanto naum temos tempo para concientizar o numero suficiente de pessoas q é necessario (apesar de q espalhar essa conciencia é uma obrigação de todos)… o governo brasileiro deve criar uma politica séria de defesa da amazônia o mais urgente possivel ou não teremos tempo suficiente para manter alguma amazônia para as gerações futuras…

    Como nosso clima atual bem atesta, o planeta esta em um ponto crítico… e infelizmente acho q naum havera uma mudança suficiente em taum pouco tempo…

    Bjus meu amor

  5. Quanta preoculpação com o Planeta,não é mesmo !
    Estadios de futebol, sendo abertos em plena floresta Amazonica !!!!!

    E depois reclamam quando a natureza se revolta !

    bjãoooo Renata!

  6. É lamentável ver manchetes como essa….. Quando essas pessoas vão perceber que essa ganancia desenfreada está nos levando a um futuro próximo perto do nada?

    É revoltante!

    Bjs Rê.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s