Arquivo diário: 9 novembro 2009

“Programa do Gugu”, da Record, alcança a liderança na audiência

Padrão

O “Programa do Gugu”, da Record, alcançou ótimos resultados no ibope no último domingo (8). A atração, exibida das 19h56 à 0h, conquistou a liderança durante 24 minutos, marcando picos de 17 pontos.

De acordo a prévia da audiência, na média geral, o programa comandado por Augusto Liberato ficou na vice-liderança isolada com 12 pontos. O ranking das emissoras foi o seguinte: Globo – 19,6, Record – 12, SBT – 9,5, RedeTV! – 9,1 e Band -1,6.

O “Programa do Gugu” exibiu o quadro “Sonhar Mais Um Sonho”, uma reportagem sobre o drama das pessoas obesas, a semana do ex-morador de rua Piu-Piu, o quadro “Vou Não Vou”, entre outras atrações. Cada ponto no Ibope equivale a cerca de 55,5 mil domicílios, na Grande São Paulo.

10 coisas que odiamos no sexo

Padrão

E eles nunca percebem, não, eles não percebem…

1- Eles nunca esfregam o clitóris da gente do jeito certo.

Sim, sim, clitóris não é manche de playstation. Muita calma nessa hora!

2- Eles abaixam a cabeça da gente quando querem… Você sabe!

Você é uma mulher ou uma bola de basquete? Não cai nessa não!

3- Eles querem transar por trás e não tem conversa.

Transar por trás que a gente deveria liberar só no Dia do Índio, e olhe lá…

4- Eles querem transar com a gente e mais uma mulher.

Ai, que raiva! Então, não tá bom só com a gente? E a gente transar com você e mais o Pelé, rola?

5- Eles transam com a gente e assistem TV ao mesmo tempo.

Concordo: essa é demais! Pra que a gente perde tanto tempo se depilando se o negócio deles é ver 11 caras peludos. Haja…

6- Eles correm para tomar banho logo depois que transam com a gente.

Vamos pensar se não tem uma certa boiolagem nesse nojo todo.

7- Eles ficam aniquilados quando gozam.

Reze para ter filmes legais passando na tv, porque, como diz o Macaco Simão, hoje só amanhã!

8- Eles querem transar de meia.

E no verão! Eu tô falando no verão!

9- Eles dão um nó na camisinha depois de usada.

Também não entende por quê. Síndrome de Houdini, o mágico?

10- Eles exigem que a gente depile as pernas e deixam a barba mal feita.

E é claro que ficamos com a cara lanhada, ardendo pra chuchu.

Claudia Leitte diz que tirou lições da confusão com repórter

Padrão

Claudia contou que gravou novo clipe com Virna, Guga e Robert Scheidt
Claudia Leitte apresentou pela primeira vez em São Paulo, na noite deste domingo (8), seu show Sette repaginado para sua nova música de verão, As Máscaras.

Claudia foi a principal estrela da festa em comemoração aos 32 anos da rádio Band FM, que contou também com shows dos grupos de pagode Sorriso Maroto e Cupim na Mesa e da dupla sertaneja Fernando & Sorocaba.

Pouco antes de subir ao palco do Espaço das Américas, na Barra Funda, diante de 6.000 pessoas, a cantora recebeu o R7 com exclusividade em seu camarim. Ela contou que adorou a notícia de que Madonna virá ao Brasil nesta semana.

O R7 perguntou se ela gostaria de aproveitar essa visita para conhecer a musa norte-americana. Claudia respondeu de pronto:

“Eu vou adorar me encontrar com ela, se isso rolar. Vou achar o máximo conhecer Madonna!”

Claudia afirmou que não esperava o sucesso tão imediato de As Máscaras nas rádios. Na Band FM a canção, lançada no último dia 31, já é a segunda mais executada.

“É muito difícil avaliar assim a música, porque sou uma das compositoras. Mas sinto uma energia muito boa no público. Nesta última semana, fiz show no Carnavotu, a micareta de Votuporanga [SP] e foi impressionante ver 30 mil pessoas cantando a música.”

Na última quinta (5), Claudia passou o dia inteiro na gravação do clipe da nova canção, realizada no Rio de Janeiro. Uma das locações foi a sede do Fluminense, no bairro Laranjeiras, na zona sul. Claudia revelou ao R7, em primeira mão, alguns dos nomes que participam da produção.

“Gravei por 24 horas ininterruptas. Resolvi convidar atletas para participar. Quero passar a mensagem de que as pessoas precisam ser elas mesmas e ir adiante e não permitir que nada as atrapalhe. Chamei a Virna, do vôlei, o Falcão, do futebol de salão, o Guga, do tênis, a [alpinista]Ana Elisa e o [velejador] Robert Scheidt.”

Questionada se já superou a discussão com um jornalista baiano, no dia de lançamento de sua música, na Costa do Sauípe [BA], a cantora respondeu:

“Acho que há males que vem para a gente tirar lições. Acho que tenho de ser menos impulsiva, mas não menos espontânea. A verdade abre qualquer porta e, quando você é verdadeira, corre riscos. As maiores virtudes muitas vezes são também um defeito. Acho que agora é bola pra frente. E isso tudo serviu para me mostrar o amor de muitas pessoas, que tiveram manifestações de respeito a meu favor. Foi o momento em que as máscaras caíram.”

Vida sexual após a menopausa

Padrão

Quando a mulher entra na menopausa – ou no período que a antecede, conhecido como climatério – enfrenta uma série de alterações hormonais que provocam desde ondas de calor e transpiração excessiva até problemas sexuais.

O desejo diminui e a falta de menstruação vira sinônimo de falta de sexo.

 Dados apresentados no XI Congresso Mundial de Menopausa, realizado em Buenos Aires em 2005, revelaram que 50% das mulheres de meia idade relatam algum tipo de disfunção sexual. As queixas de dor na penetração, decorrentes das alterações hormonais, geram dificuldades na manutenção da excitação, diminuindo ainda mais a lubrificação vaginal. Assim, reduzem as possibilidades de alcançar o orgasmo e por conta disto, diminuem ou inibem o desejo sexual.

Mas é preciso lembrar que o fato de perderem o interesse sexual não está diretamente ligado ao fato de deixarem de menstruar. “Existe a interferência dos hormônios no desejo, porém, do ponto de vista social e também psicológico, as mulheres compraram a ideia de que perderam a juventude e que não são mais capazes de despertar atração sexual”, comenta o psicólogo e terapeuta de casais e família Paulo G. P. Tessarioli.

Ele, juntamente com as médicas ginecologistas e sexólogas, Ana Lúcia Cavalcanti e Ana Paula Junqueira Santiago, desenvolveu uma pesquisa sobre a satisfação sexual em mulheres com a chegada da menopausa, intitulada “A influência do uso do tonificador na consciência do assoalho pélvico das mulheres na menopausa”. A pesquisa foi apresentada em agosto deste ano, no X Congresso da Sociedade Latinoamericano de Medicina Sexual.

O trabalho foi desenvolvido em São Paulo com oito mulheres de idade média de 52 anos, com dificuldade em ter orgasmos. Todas receberam kits com três tonificadores de diferentes pesos e diâmetros e foram orientadas a fazer exercícios diários de contração e relaxamento da musculatura do assoalho pélvico.

Esse assoalho é o “chão” ou “piso” da região pélvica, responsável por manter alguns órgãos (útero, ovários, bexiga) no devido lugar, por impedir a saída de urina, fezes e gases e também por manter a função vaginal (contração e relaxamento). “Mulheres jovens que se preocupam em manter níveis saudáveis de atividade física e postura, evitando sobrecarga do corpo, bom funcionamento do intestino, certo grau de consciência vaginal, contraindo e relaxando a vagina. Com a chegada da menopausa, estas mulheres se apresentam saudáveis dos pontos de vista orgânico e sexual. Mas caso isto não ocorra, dependendo do estado em que se encontra o assoalho pélvico, é possível fazer exercícios de contração e relaxamento da vagina com o uso dos cones, sempre com a orientação de um especialista em sexualidade”, explica Paulo.

O resultado da pesquisa realizada foi positivo, provando que o uso do tonificador facilitou a percepção vaginal e, consequentemente, reativou o interesse pela atividade sexual em cinco das oito mulheres que participaram do estudo. Um kit composto por cones de diferentes pesos, bem parecidos com o tonificador utilizado na pesquisa, pode ser encontrado do mercado brasileiro.

Fora o uso dos tonificadores, é possível também manter o desejo aceso por outras vias, reforçado por meio da própria atividade sexual. Paulo indica que relações sexuais, masturbação, leitura erótica e até os filmes ajudam nesse sentido. “Colocar o desejo sexual como uma das prioridades na vida, com sua devida importância, da mesma forma que são importantes o trabalho, o lazer e o cuidado com o corpo também ajuda na manutenção do desejo”. 

 

 Fonte: http://vilamulher.terra.com.br

Confira o Novo Visual de Ana Maria Braga

Padrão

Ana Maria Braga deveria demitir toda a equipe responsável pelo seu novo visual para a comemoração dos dez anos do seu programa na Rede Globo. Em nome de um modernismo de extremo mau gosto, a apresentadora se transformou numa estranha mistura de Malvina Cruela dos “101 Dálmatas” com a Mortiça da “Família Adams”. Acorda, menina !

 

 Fonte: http://www.portaldoleaolobo.com.br

Jesus Luz desembarca no Rio de Janeiro, sem Madonna

Padrão

Madonna ainda não chegou. Mas seu namorado, Jesus Luz, desembarcou na Cidade Maravilhosa na noite de domingo (8), no aeroporto internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador.

Vindo de Nova Iorque, o carioca foi recebido por seu agente e seguiu para o Hotel Fasano, onde Madonna se hospedará.

A cantora vem ao Rio em missão social, para participar de projetos educacionais voltados para a população carente no Rio. Já é certo o encontro de Madonna com Anderson Sá, vocalista do AfroReggae, marcado para as 16h30 em local não informado.

Um encontro com o governador do Rio, Sérgio Cabral Filho, também está agendado, bem como com o empresário Eike Batista, com quem Madonna buscará apoio para a Fundação Malawi.

Especula-se que Madonna fica no Rio até quarta-feira (11) e ainda fará visitas rápidas a São Paulo e Brasília, além de encontrar a família do namorado.

 

 Fonte: http://www.folhavitoria.com.br

Depois que Maisa virou celebridade, mãe despreza a família

Padrão

Depois que a pequena Maisa virou celebridade, parte da família não tem mais acesso à casa da apresentadora mirim do SBT. Duas tias de Maisa, irmãs de Gislaine Silva, mãe da menina, foram à Band levar a priminha dela, de três anos, para participar do Programa Raul Gil. Maisa foi lançada pelo apresentador.

Elas moram em Andradina, no interior de São Paulo. Quando a produção perguntou se precisariam de hotel ou se iriam se hospedar na casa de Maisa, em Alphaville, uma das tias respondeu, com a voz embargada, que “Gislaine mudou muito depois que a menina ficou famosa”.

“Ela nem telefona mais. Acho que tem vergonha da gente.”

A produção insistiu para que elas ficassem em um hotel e fossem embora no dia seguinte. Elas preferiram ir para casa no mesmo dia. Então, Raul Gil, que ficou sabendo do ocorrido, mandou pagar táxi até a rodoviária e as passagens de ônibus.

Por orientação do SBT, Maisa e sua família não podem dar entrevistas. A assessoria da emissora, que responde pela apresentadora, não comentou o assunto.

 

 Fonte: http://www.folhavitoria.com.br