Arquivo diário: 10 maio 2010

Sthefany Brito diz que Pato é passado e que está namorando jogador capixaba

Padrão

Parece que a atriz Sthefany Brito já conseguiu superar a separação do jogador Alexandre Pato e encontrou um novo amor.

Em entrevista à revista italiana Stadio Sport, Sthefany contou que está se relacionando com o também jogador Marcus Diniz, zagueiro do time Livorno, da Itália.

A atriz disse também que Pato faz parte de seu passado e Marcus é seu presente e futuro.

“Eu posso dizer que Alexandre é o meu passado e não quero falar mais, agora Marcus é meu presente e meu futuro. Só posso dizer que ele [Pato] inicialmente se comportou bem comigo, como Marcus agora. Quando nos encontramos, ninguém tinha me tratado assim antes “, declarou Sthefany.

Quem é Marcus Diniz?

O jovem Marcus Diniz tem 22 anos, é capixaba e iniciou a sua carreira no Caxias Futebol Clube, do bairro Itararé, em Vitória. Após 9 anos, foi para o Vasco da Gama, no Rio de Janeiro, mas acabou retornando para o Caxias, no ano de 2004.

O atleta capixaba assinou com o Milan, da Itália, no final do mesmo ano e, logo depois, foi emprestado ao time Monza Clube para ganhar mais experiência.

Mãe de Sthefany Britto é apontada como pivô da separação e ganha apelido

Padrão

A cada hora aparece mais um podre da separação de Alexandre Pato e Sthefany Britto.

E a cada momento surge mais um comentário a respeito de Sandra Britto, mãe da atriz, apontada como um dos pivôs do fim do casamento.

Ela ficava muito com o casal em Milão e interferia na vida deles, segundo amigos em comum.

Sandra ganhou até o apelido de “diaba”…

A separação foi parar na Justiça.

Isso ainda vai dar muito o que falar, né?

Hebe Camargo diz que Ivete Sangalo está grávida novamente

Padrão

Ivete Sangalo mal teve seu primeiro filho, Marcelo, em outubro de 2009, e está grávida outra vez. Pelo menos é o que afirma Hebe Camargo.

Em gravação do programa da loira no SBT, a apresentadora não segurou a língua e deixou escapar que a cantora baiana espera seu segundo filho.

– Nao sei se vocês sabem, mas Ivete está grávida de novo.

Será que este seria o motivo de Sangalo não conseguir emagrecer depois do nascimento de seu primeiro bebê?

A artista tem marcado para setembro deste ano a gravação de seu novo DVD, em Nova York.

A assessoria de Ivete Sangalo nega a segunda gravidez da cantora. Marcela Oliva, assessora de Ivete, afirmou que tudo não passa de uma brincadeira de Hebe.

Cadeira quebra e Ana Maria leva tombo ao vivo no “Mais Você”

Padrão

Ana Maria Braga pagou um mico, na manhã desta segunda-feira (10), durante a apresentação do Mais Você, da Rede Globo.

A apresentadora recebeu a presença da jornalista Glenda Koslowski para falar sobre a Copa da África do Sul. O que a loira não esperava, no entanto, era cair da cadeira. Enquanto conversava e mostrava a camiseta do evento, Ana Maria perdeu o quelíbrio e foi direto para o chão. Confira o vídeo!

Slash gostaria, mas acha difícil voltar a tocar com Axl no Guns N´ Roses

Padrão

O Guns N’ Roses passou recentemente pelo Brasil e nenhum fã da banda, novo ou antigo, nega que a cartola e os riffs do guitarrista Slash fazem falta ao lado de Axl Rose. A ideia de ver a dupla novamente unida, ainda que temporariamente, ainda alimenta sonhos dos que acompanham o grupo americano desde os anos 80, mas ela parece improvável. É o que o próprio Slash voltou a declarar.

– Estou muito orgulhoso pela banda ter todo este estigma, essa mística. Eu tento não ficar muito agitado. Há uma nova geração de fãs do Guns que nunca viram a banda (original), e seria legal fazer alguns shows para eles, mas apenas não é “logisticamente” viável – disse Slash ao site australiano Courier Mail.

O guitarrista deixou o Guns N’ Roses oficialmente em 1996, depois de intermináveis disputas internas com Axl Rose. Antes dele, da formação original do grupo, já haviam saído o baterista Steven Adler (em 1990, demitido por abuso de drogas) e o guitarrista Izzy Stradlin (cansado de Axl e dos excessos da banda). O baixista Duff McKagan saiu do Guns em 1997, para se dedicar aos seus projetos musicais.

Por outro lado, Slash usou a mesma entrevista para elogiar o mais recente trabalho da mais recente encarnação do Guns N’ Roses, Chinese Democracy, de 2008.

– É muito bom. É o álbum perfeito do Axl. (…) Ele é brilhante, e eu vejo o trabalho não como um fã, mas como ele saiu e o que ele representa na nossa relação. Acho que é um grande álbum. É muito do que eu esperada que ele (Axl) faria.

Slash vem divulgando em todo o mundo o seu primeiro trabalho solo, lançado em abril e que conta com vocalistas do porte de Ozzy Osbourne, Chris Cornell, Kid Rock, Dave Grohl, Fergie, entre outros, como convidados. Ele também segue no Velvet Revolver, grupo que deu uma pausa após a saída do vocalista Scott Weiland e ainda não encontrou um substituto para o posto.

Ainda não há confirmação oficial, mas o guitarrista e a sua banda-solo estão cotados para se apresentarem no Brasil ainda neste ano, possivelmente em novembro.

Cantora americana morre em hospital e motivo ainda é desconhecido

Padrão

A cantora americana Lena Horne morreu na noite deste domingo (9) no Hospital Presbiteriano de Nova York, informou a rede CNN nesta segunda-feira (10). Ela estava com 92 anos, mas outros detalhes envolvendo o falecimento da artista, também dançarina e atriz, não foram revelados pela porta-voz do hospital, Gloria Chin.

Lena Horne foi uma das primeiras artistas de origem negra a assinar um grande contrato com um estúdio de Hollywood, ao fechar com a MGM em 1942. Além do talento para atuar e cantar, ela era considerada um símbolo sexual na época, tendo sido ainda precursora ao ser aceita em uma grande banca formada por brancos, algo incomum em tempos de forte racismo nos Estados Unidos.

Apesar de desfilar com desenvoltura pelo mundo dos brancos americanos, Lena jamais fez questão de fazer parte desta sociedade, preferindo se voltar às suas origens negras.

– Eu era única e era o tipo de negra que os brancos podiam aceitar. Eu era o sonho diário deles. Eu tive o pior tipo de aceitação, já que nunca era pelo quão boa eu era ou pelas minhas contribuições, mas pela minha aparência – disse Lena Horne em uma ocasião.

Além de filmes e shows em Hollywood, Lena participou ativamente da cena teatral e musical da Broadway a partir dos anos 50. Embora preservasse a sua vida pessoal longe dos holofotes, a cantora abraçou a luta contra o racismo em meio às suas tentativas de integrar os dois mundos em que estava inserida. A paixão pelo que fazia acabou tornando-a um dos ícones da cultura popular americana das últimas décadas.

Lena Horne vivia uma vida longe do glamour nos anos finais de sua vida e deixa uma filha, Gail Lumet Buckley.