Arquivo mensal: fevereiro 2012

A alimentação ideal para combater o estresse

Padrão

Está bem sem ânimo? Dê uma força para a alegria elevando a serotonina, um neurotransmissor responsável pela euforia e pelo bem-estar. Segundo a pesquisadora americana Carol Hart, autora do livro “Segredos da Serotonina” (Ed. Cultrix), estudos comprovam que a baixa serotonina pode provocar ansiedade, insônia, tristeza, irritação e dor de cabeça. “O organismo fabrica essa substância o tempo todo, porém não significa que ela esteja sempre funcionando bem. Vários fatores podem comprometer sua ação: estresse, alimentação pobre em proteínas e carboidratos, cansaço, oscilação dos hormônios (comum na TPM) e tristeza”, explica Ricardo Amaral, psiquiatra e professor da Universidade Anhembi Morumbi (SP).

Menu da felicidade

O antídoto mais eficaz contra o baixo-astral é a alimentação. Precisamente os itens com aminoácido triptofano – ricos em proteínas (ovos, carnes, castanhas, laticínios e verduras).
Quando a comida é digerida, o triptofano cai na corrente sanguínea e é transportado para o cérebro e o trato gastrointestinal, que se encarregam de produzir serotonina. Com uma refeição composta também de frutas e carboidratos, você aumenta a quantidade de triptofano no organismo.

Confira a lista de alimentos que a nutricionista Maria Idati Eiró (SP) indica para deixar a sua serotonina a mil!

Cereais: eles são boa fonte de carboidratos complexos e têm farta quantidade de fibras e vitaminas essenciais. A aveia, por exemplo, por causa do carboidrato, facilita a passagem do triptofano para o cérebro. Prefira os cereais com grãos integrais e pouca quantidade de açúcar e insira-os no café da manhã.

Banana: possui triptofano, vitamina B6, magnésio e potássio, nutrientes que estimulam a produção de serotonina e ajudam a diminuir ansiedade e irritação. A frutose (açúcar encontrado na fruta) chega rapidamente à corrente sanguínea e dá pique extra. Consuma uma banana todo dia.

Chocolate: está liberado, mas sem exageros! Quanto mais cacau na composição, melhor. Além de triptofano, contém teobromina, elemento que estimula a endorfina, relacionada à sensação de prazer. Um tablete pequeno, uma vez por semana, é ideal.

Laticínios: iogurte, leite e queijo são ricos em proteínas e triptofano. Uma fatia de queijo (quanto mais branco, menor o teor de gordura) ou um copo de leite por dia combate o baixo-astral.

Ovo: ingerir uma unidade de uma a duas vezes por semana ajuda a manter o nível de triptofano no organismo. Além do aminoácido, ele possui colina, substância que compõe as vitaminas do complexo B, importantes para o bom funcionamento do sistema nervoso.

Abacate: é rico em gorduras boas e magnésio, essenciais na síntese de serotonina. Coma uma unidade uma vez por semana.

Verduras verde-escuras como brócolis, couve e espinafre são fontes de ácido fólico, cuja deficiência pode provocar depressão. Procure consumir de duas a três porções por semana.

Evite ao máximo

Alguns alimentos boicotam o nosso bem-estar. Doces, biscoitos e sobremesas com muito açúcar dão sensação de prazer imediato e explosão de energia, mas, duas horas depois, provocam uma queda acentuada do açúcar no sangue. Resultado: o pique e o astral vão embora. Evite também as frituras, que contêm gorduras do mal e surtem o mesmo efeito.

Saiba como ter bronzeado bonito e duradouro!

Padrão

 

Quer acelerar o bronze? A nutricionista  Patricia Davidson, do Rio de Janeiro, indica o consumo de alimentos ricos em vitamina A e betacaroteno. As duas substâncias estimulam a produção de melanina, um corante da pele, e colaboram na obtenção e na manutenção da cor. Dúvidas sobre o que comprar? Anote em sua listinha:

Brócolis

Ricos em betacaroteno, ajudam a reduzir a vermelhidão da pele. A porção ideal é 1 xícara (chá), consumida pelo menos duas vezes por semana.

Laranja

A vitamina C é um importante antioxidante e aumenta a produção de ceramida, uma espécie de protetor natural da epiderme. O efeito é uma pele hidratada e a minimização dos danos do sol na produção de colágeno.

Chocolate amargo

Dois quadradinhos, três vezes por semana. O chocolate amargo contêm flavonoides suficientes para estimular a circulação do sangue e dar melhor textura à pele.

Cenoura

Clássico do verão e rica em betacaroteno. Para não ficar com as mãos amareladas, consuma até 3 colheres (sopa), três vezes por semana.

Agrião

Um prato (sobremesa) da folha todos os dias reforça a quantidade de luteína no corpo, uma substância que nos protege contra os malefícios dos raios solares.

Manga

Três fatias da fruta, duas vezes por semana, já são suficientes para reforçar as reservas de carotenoides do corpo.