Arquivo diário: 27 setembro 2012

Os 10 piores alimentos para o corpo

Padrão
Nas épocas de festas, abusamos do nosso corpo, ingerindo alimentos cheios de toxinas.  os piores alimentos para o nosso organismo. Confira abaixo.
  • 1
    Refrigerante
    Se você beber um copo de refrigerante por dia estará ingerindo de 6 a 7 colheres de chá de açúcar. Muitos refrigerantes são repletos de aditivos, o que pode gerar inchaço, dores de cabeça, asma, hiperatividade e falta de concentração. Além disso, o refrigerante, seja a versão normal, zero ou light, não possui nutrientes como vitaminas e minerais de que o corpo precisa para o metabolismo funcionar.
  • 2
    Sal em excesso
    Uma das consequências do consumo excessivo do sal é a hipertensão, responsável pelo maior índice de infartos e acidentes vasculares cerebrais. Além disso, o sal retém líquido, deixando a pessoa inchada. O recomendado é ingerir no máximo 6g por dia, contando com o sal já adicionado à comida, como arroz e feijão.
  • 3
    Fast food
    Os fast food, como pizza, hambúrguer e comida chinesa delivery, têm excesso de calorias, gordura saturada, sódio e proteína. As refeições trazem gordura trans, que contribui  para  problemas cardíacos, e excesso de açúcar.

  • 4
    Açúcar em excesso
    Cuidado! O açúcar pode estar escondido em comidas que você nem imagina, como em um molho de frango, uma comida congelada ou um pote de iogurte. Quando você ingere todos os dias esse açúcar, força os seus órgãos a trabalhar mais. Primeiro, para digerir. Segundo, para normalizar a taxa de glicose no organismo. É assim que você acaba ficando diabético. Os sintomas do diabetes são sede excessiva, urina frequente, pele seca ou com coceira e fadiga extrema.
  • 5
    Pão branco
    O sabor do pão branco pode ser melhor do que o do integral, o pão branco é cheio de produtos químicos que fazem dobrar a quantidade de fermento em seu organismo. Isso pode causar infecções vaginais ou de outros tipos. Além disso, o pão branco causa inchaço, gases intestinais e problemas digestivos. Opte sempre pelo integral.
  • 6
    Carne processada
    A salsicha é um exemplo. Geralmente, essa carne processada tem até pelo do porco – da orelha, do focinho, da pálpebra ou do tecido conjuntivo. Ou seja, você nem sabe ao certo o que está comendo. Além disso, a carne processada leva água, amido, conservantes, gelatina e aditivos.
  • 7
    Salgadinhos
    Os salgadinhos e os petiscos de bar são fontes de gordura trans. Este tipo de gordura pode levar ao aumento de peso, entupimento de veias, pressão alta e até diabetes do tipo 2.
  • 8
    Chocolate
    Chocolates, doces e biscoitos têm alto teor de açúcar refinado e zero de nutrientes e vitaminas para o corpo. E ainda contêm enorme quantidade de calorias vazias. Se você comer uma barra de chocolate todos os dias, pode engordar cerca de 12 kg em um ano. E para queimar as calorias de uma barra de chocolate é preciso pedalar 45 minutos em uma bicicleta.
  • 9
    Bebida alcoólica
    O limite tolerável para as mulheres é de 14 doses por semana. Já para os homens é de 21. Uma caneca de chope pode conter a mesma quantidade de calorias de uma rosquinha doce. Se você tomar todos os dias um chope, pode engordar 6 kg em um ano.
  • 10
    Cafeína
    Café, refrigerante e bebidas energéticas contêm alto nível de cafeína, que é uma droga estimulante. Se você não estiver acostumado a ingerir cafeína em grande quantidade, sua pressão arterial pode subir, deixando você ansioso, inquieto e estressado.

Máscaras de frutas para a pele: Você pode se cuidar em casa!

Padrão


Uma refrescante cesta de frutas orna muito bem com o cenário de um café da manhã, mas os benefícios que elas podem trazer para a saúde não ficam restritos à alimentação. Investir em tratamentos de beleza para o rosto com máscara de frutas tropicais é um excelente meio de refrescar, hidratar, nutrir e revitalizar a pele.

Algumas frutas, como o limão e o kiwi, agem fechando os poros e são ricas em vitaminas A, C e E. o kiwi hidrata e nutre profundamente a pele seca, além de melhorar a circulação sanguínea. Já a tangerina contém vitamina C, magnésio, ácido fólico, vitamina B, betacaroteno e potássio, ingredientes essenciais para o rejuvenescimento da pele. A banana também é uma fruta extremamente nutritiva, sendo rico em vitaminas A, B e E; zinco, magnésio, ferro e potássio. A máscara a base de banana tem ação antienvelhecimento e refrescante.

As máscaras de frutas podem ser feitas com uma fórmula ou mesmo in natura; mas, nesse segundo caso, é importante hidratar bastante a pele após a aplicação e tomar cuidado para que não fique nenhum resíduo da fruta. No caso do limão, deve-ser ter cautela também com o sol, para evitar manchas. Rosana explica que a máscara in natura pode ser feita em casa mesmo, misturando a polpa com aveia.

Listamos abaixo os benefícios de outras máscaras de frutas oferecidas por spas. A aplicação delas consiste em uma limpeza profunda inicial, seguida pela máscara em si e também uma máscara hidroplástica. 

  • 1
    Maçã verde
    A máscara, que recebe o nome de PhytoCell, é capaz de estimular as células-tronco epiteliais e reduzir as rugas, por conta de  suas propriedades de estímulo à longevidade e dos nutrientes epigenéticos. A máscara de maçã verde tem ação de proteção contra o estresse oxidativo, reparação do DNA, atraso no envelhecimento de células essenciais, proteção da longevidade de células-tronco da pele, rejuvenescimento da pele e poder de regeneração.
  • 2
    Mamão papaia
    Essa substância tem ação remineralizante, hidratante, amaciante e auxilia na remoção de exsudatos inflamatórios e células mortas, reduzindo o período necessário para o reparo tecidual.
  • 3
    Extrato glicólico da uva
    A uva é rica em mucilagens, sacarose, frutose, glicose, vitaminas e, sais minerais. A máscara a base de uva tem propriedades adstringentes e antiseborréicas, além de hidratar e nutrir a pele.As propriedades mais nobres ficam a cargo dos flavonoides, que atuam na prevenção do envelhecimento do organismo.
  • 4
    Frulix de amora
    A amora possui alfa-hidroxiácido, que tem efeito de microesfoliação da camada córnea, proporcionando uma normalização da renovação celular. Possui ainda propriedades hidratantes, refrescantes, adstringentes e suavizantes da pele.
  • 5
    Manteiga de cupuaçu
    A manteiga de cupuaçu confere hidratação profunda e regula as atividades hídricas e lipídicas da camada superficial da pele. A substância consiste em triglicerídeos e componentes bioativos extraídos das sementes da fruta. Seu óleo é rico em fitoesteróis, um componente natural que confere a função emoliente do produto.

Gravidez: 5 dicas para voltar à boa forma após o parto

Padrão
Voltar ao peso ideal logo após o parto é o desejo de toda mãe. Dietas, exercícios e plásticas são algumas opções para remodelar o corpo, mas é preciso respeitar as alterações características do período. “Sugiro não ter pressa. O pós-parto é uma fase de acomodação para o organismo da mãe, que sofreu alterações importantes, especialmente na região abdominal” A seguir, confira nossas sugestões para eliminar a flacidez e os quilos extras da gestação.

  • 1
    Dieta
    Fazer uma dieta rigorosa nessa fase pode ser perigoso, já que o leite deve ser o alimento exclusivo do bebê até os 6 meses de idade. “Os nutrientes ingeridos pela mãe passam para o bebê através do leite, por isso é necessário continuar controlando a alimentação, assim como na gravidez. Sugiro ingerir bastante água e seguir um cardápio balanceado, mas sem radicalismos, que podem prejudicar o desenvolvimento do bebê. Vale lembrar que o excesso de certos alimentos pode provocar reações na criança. Grãos como feijão, soja e grão de bico devem ser ingeridos com moderação, já que fermentam, dão gases e o bebê poderá sentir cólicas”

  • 2
    Exercícios físicos
    Para não ganhar muito peso, o ideal é praticar exercícios regulares durante toda a gravidez. Após o nascimento do bebê, alguns cuidados devem ser tomados. “Independentemente do parto, é preciso aguardar seis semanas para voltar a praticar exercícios físicos, começando com atividades de intensidade leve a moderada. Os músculos do abdômen, assoalho pélvico e costas precisam de atenção especial, já que foram muito exigidos durante a gravidez. Caminhadas, exercícios na água e yoga são boas opções. É importante lembrar que amamentar o bebê também ajuda a eliminar os quilos extras”

  • 3
    Lipoaspiração
    O cirurgião plástico Rogério Gomes explica que a lipoaspiração é o procedimento mais realizado por mulheres que querem eliminar a gordura, mas ele ressalta que é preciso aguardar seis meses após o parto. Para ele, a chamada hidrolipo é o método mais seguro: “O procedimento permite retirada de volumes maiores de forma segura, diminui o sangramento, dor, gera menos hematomas e permite retorno precoce às atividades regulares. Geralmente, é possível ter vida normal em 5 ou 10 dias. Quando a flacidez é maior, com excesso de pele, indico uma lipoabdominoplastia, procedimento em que a gordura é aspirada através da lipo e as formas são redesenhadas com cirurgia plástica”

  • 4
    Tratamentos estéticos
    Procedimentos estéticos modernos podem ser bons aliados para a perda de medidas e a redução da flacidez no pós-parto. O dermatologista Jardis Volpe explica que os mais modernos são o V3 Contour, que usa um sistema de ultrassom guiado por software específico, o Venus, que utiliza radiofrequência, além do Coolsculpting e Proshock Ice, que reduzem a gordura localizada através do processo de resfriamento da pele. “Em geral, é preciso aguardar 30 dias após o nascimento do bebê para submeter-se aos tratamentos. O ideal é começar durante o período de amamentação. Os aparelhos são seguros e nessa fase ainda há liberação do hormônio prolactina, que estimula a produção de leite e também ajuda na perda de peso”

  • 5
    Cirurgia Plástica
    De acordo com o cirurgião plástico André Colaneri, abdômen e seios são as partes do corpo que as mulheres costumam retocar após a gravidez. Para o sucesso de intervenções cirúrgicas nessas regiões, o médico recomenda calma. “Logo após o parto a mulher encontra-se acima do peso, com flacidez dos músculos, inchada e o bebê precisa de atenção exclusiva. Nesse período, os riscos de infecções e trombose também são maiores. Recomendo aguardar 6 meses, para que os músculos retomem o tônus e o peso retorne ao que era antes da gestação. O resultado é melhor e a cirurgia muito mais segura”, recomenda o médico. Ele explica que os seios podem ser levantados, aumentados ou diminuídos. O médico recomenda a abdominoplastia para eliminação da flacidez do abdômen.