Arquivo diário: 3 outubro 2012

Saiba o significado dos buquês e arranjos de Casamento!

Padrão

Veja o significado de flores para buquês e arranjos do casamento 

 

Branquíssimas ou cheias de cores, as flores são parte importante da decoração do casamento. Presentes também no look da noiva, as espécies que compõem podem ser selecionadas pela beleza, mas também por aquilo que cada flor representa. Para ajudar na sua busca, confira o significado das flores que costumam compor buquês e arranjos em casamentos:

  • 1
    Rosa
    Representa o amor e suas nuances. Para cada cor, um significado:
    Vermelha: amor intenso, paixão ardente e coragem
    Branca: inocência, beleza e charme
    Rosa chá: respeito e admiração
    Amarela: felicidade e amizade

  • 2
    Lírio
    Está entre as mais antigas flores catalogadas. Representa o amor eterno, pureza da alma,  inocência, fertilidade e inteligência.

  • 3
    Copo-de-leite
    Simboliza a pureza, alegria, prosperidade e iluminação dos sentimentos e emoções.

  • 4
    Orquídea
    Em cores e formatos variados, as exóticas orquídeas exaltam a beleza feminina, amor e desejo. Entre mais de 30 mil espécies de orquídeas, cymbidium e phalaenopsis são as mais vistas em buquês de noiva e arranjos florais.

  • 5
    Tulipa
    Seu nome significa “o rei das flores”, o que já traduz a imponência da espécie. Resistentes, representam amor eterno, beleza, prosperidade e independência.

  • 6
    Hortênsia
    Simboliza a realização dos bons propósitos. Também representa amizade e lealdade.

  • 7
    Lisianthus
    Representam sofisticação, elegância e a sensibilidade feminina, que inclui romance, entrega amorosa e o próprio casamento.

  • 8
    Astromélia
    Simboliza a amizade e o forte vínculo que pode existir entre duas pessoas.

  • 9
    Gérbera
    Disponível em mais de cem cores, representa a beleza da vida, alegria e simplicidade.

  • 10
    Callas
    Está intimamente ligada ao momento do casamento para a mulher. Também simboliza beleza e sofisticação.

Vestidos de noiva: Confira as fotos e escolha o seu!

Padrão

Tule e modelagem sereia estão em alta 

 

Você não curte vestidos de noiva estruturados e super tradicionais? A boa notícia é que as modelagens ajustadas, como o corte sereia, estão em alta. Em um evento carioca voltado para o mercado de casamentos, o tule também desponta como a grande aposta dos estilistas. Nesta temporada, ele não surge apenas em saias de bailarina, mas também em vestidos fluidos ou com corte em A, que valoriza praticamente qualquer tipo de corpo. A seguir, selecionamos as principais tendências do evento para ajudá-la na deliciosa escolha do vestido de noiva.
  • 1
    Sereia
    • A modelagem sereia aparece em diferentes modelos. Em geral, o mix de tecidos pontua a maioria dos vestidos, com corpo em renda e saia em tule.Com decote tomara-que-caia, mangas de renda ou tule, o vestido sereia delineia as curvas e pede um corpo em dia. Vale ressaltar que, quanto mais baixo for o corte em que começa a saia, maior será o destaque para os quadris. Se não deseja evidenciar a silhueta, opte por modelagens menos justas com saias que começam na altura da bacia.

    • 2
      Tule

       

       

      • Queridinho das últimas estações, o tule surge como uma aposta para vestidos mais lânguidos, sem muito volume na parte de baixo. A saia bailarina continua em alta, mas as camadas de tecido estão menos volumosas. O tule rebordado também é destaque, em aplicações que formam degradês, a partir do decote do vestido, ou em bordados pontuais, na barra da saia.
      • 3
        Saia em camadas
        • As saias em camadas equilibram a proporção entre os ombos e os quadris de forma sutil. No evento, elas surgem em tecidos encorpados ou fluidos, que suavizam a silhueta do corte sereia e dão movimento ao andar. Se você curte a ideia de ter volume na parte de baixo, escolha um véu de tule sem arremate para dar destaque ao vestido.
        • 4
          Renda
        • Clássica, a renda sempre fez parte do universo das noivas, mas ganhou forte projeção após o casamento do príncipe William com Kate Middleton. As mangas compridas, que andavam esquecidas, são vistas com frequência em casamentos tradicionais. Durante o evento, a renda surge cobrindo todo o vestido ou pontuando os modelos com detalhes rebordados em outros tecidos, com cetim e tule.
        • 5
          Sobreposições
          A sobreposição pode ser um recurso para noivas que desejam ter outro vestido para abrir a pista de dança. O tubinho com saia mullet é uma alternativa, mas  você pode optar por camadas volumosas na parte de baixo, deixando para mostrar as pernas apenas quando retirar a saia. Durante o evento, tecidos e detalhes sobrepostos, como capas e blusas de renda, atualizam o tomara-que-caia com modelagem clean.

Lingerie: dicas para usar as peças de acordo com o tipo de corpo

Padrão

Seja para manter a mulher confortável durante o dia ou para deixá-la deslumbrante em um momento apimentado, a lingerie perde todo seu propósito se não estiver de acordo com o corpo de quem usa.

Isso porque cada corpo tem suas particularidades e o par de calcinha e sutiã errado pode acabar com o look.  pegamos algumas dicas para disfarçar imperfeições do corpo ou adequar as peças ao seu tipo de corpo. Veja abaixo:

  • Para disfarçar gordurinhas nas costas
    O modelo de sutiã mais indicado para disfarçar as gordurinhas é aquele que possui lateral e costas bem largas, de preferência com fecho triplo – e o tecido, claro, não deve ser do tipo que aperta muito. Uma peça com essas características sustenta mais e marca menos, além de dar mais conforto e maleabilidade à mulher.

    Mas a lingerie não faz todo o trabalho sozinha. Para completar o visual, é importante usar uma camisa de malha mais soltinha por cima, para que os excessos não fiquem protuberantes de forma alguma.

  • 2
    Para atenuar o culote
    O primordial para uma calcinha com esta finalidade é não apertar nem um pouco a pele. “É importante que a peça tenha um bom tamanho de circunferência, para não apertar mesmo quem for mais magra” a renda é um bom material para disfarçar o culote.

    “Alguns modelos de renda e de tule não têm elástico, o que suaviza o contato entre a lingerie e a pele. O tecido tem que ser bem macio

  • 3
    Sutiã para quem tem muito busto
    O objetivo de quem tem muito busto é sustentar os seios de forma segura. Por isso, o sutiã deve ter grande largura lateral, podendo ter aquele ferrinho que não deixa a pela enrolar e ajuda na sustentação. O modelo também pode ter uma pala abaixo dos seios e um bom elástico para segurar tudo no lugar.

    Ficam “proibidos” os enchimentos, bojo “bolha” e ferros abaixo dos seios – isso porque, se ele não for do tamanho correto, pode fazê-los sair do lugar nos movimentos. “A espuma do sutiã deve ser bem fina, para não marcar e não dar mais volume ainda

  • 4
    Sutiã para quem tem pouco busto (e quer aumentar)
    O sutiã ideal para aumentar os seios é aquele com enchimento e “bolha” na lateral. O modelo nadador push-up (que abotoa na frente) é uma ótima opção porque junta os seios, dando mais volume.
  • 5
    Calcinha para quem tem pouco bumbum (e quer aumentar)
    Quem tem pouco bumbum  pode investir no modelo fio dental duplo, que veste bem e dá volume, além de realçar as formas por causa do contorno que faz no bumbum. Calcinhas com franzidos e babados na região do bumbum também ajudam a dar um efeito de aumento.