Arquivo da tag: apresentador

Kiabbo, ex-MTV, desabafa: “Marcelo Adnet era um chato”

Padrão

Kiabbo, codinome do músico Felipe Ricotta, saiu chateado da MTV. Ele, que fazia o parceiro mascarado de Marcelo Adnet no programa 15 Minutos, disse que foi expulso do programa humorístico e da emissora. Em em uma conversa franca com R7,  Ricotta fez seu desabafo. Confira a entrevista exclusiva:

R7 – Quando você saiu da MTV foi veiculado que o motivo era sua vontade em tocar projetos musicais. Foi por isso mesmo?
Felipe Ricotta, o Kiabbo – Isso é mentira! Eles me expulsaram do programa! Eu faço meu trabalho musical, paralelamente, desde 2008. Foi uma desculpa, cara. Desde o começo, o Marcelo Adnet queria colocar um amigo dele no programa, acho que é o mesmo que me substituiu no 15 Minutos agora [Rafael Queiroga]. Na época, a MTV fez um piloto comigo e um com o amigo dele, só que a emissora bateu o pé de que queria que fosse eu o parceiro do Marcelo no programa.

R7 – Como era sua relação com Marcelo Adnet nos bastidores?
Ricotta – Eu me dou bem com todo mundo. Sou muito tranquilo até mesmo naquele universo [MTV] em que rola muita crise de ego. Mas o maluco [Marcelo Adnet] tinha onda de mandão. Ele queria ficar dando ordem. Não aceitava ideia dos outros, as dele eram sempre as melhores. Um cara chato, de chegar a um ponto em que você fala “tá bom cara, vai então”. Meu irmão, ele queria ficar impondo o que eu ia tocar no programa! O problema é que toda a vez em que eu ia contra ele, eu estava indo contra a emissora. Ele era a aposta da emissora e eu não. Era uma situação meio chata e por isso minha reputação nos bastidores era ruim. Mas se falarmos em termos de audiência, a dupla [Marcelo Adnet e Kiabbo] sempre funcionou muito melhor que ele sozinho ou do que ele com qualquer outra galera. Porque eu moldei o personagem para complementar e, já que ele fazia um humor mais popular, eu seguia justamente para um outro lado com o intuito de acrescentar. Mas ele não enxergava dessa forma. Uma vez ouvi da boca dele [Marcelo Adnet] “Eu sou f… tanto faz quem está do meu lado”. Eu ouvi isso dentro da MTV. Foi muito desagradável.
R7 – Por que você saiu?
Ricotta – Quando me convidaram, falaram que eu iria fazer dupla com o Marcelo Adnet. Mas ninguém falou que eu teria de fazer papel de escada para levantar o cara. E ele [Marcelo Adnet] queria impor isto a qualquer custo. A gente ia para o ar e o cara não deixava eu falar. E quando ele surgiu estava todo mundo deslumbrado com o cara. Foi uma grande aposta da MTV. Houve um trabalho forte de mídia em cima dele, enquanto eu fiquei totalmente de lado. Não entendi. Me botaram no ar para ser escada do cara! Não respeitaram meu trabalho mesmo sabendo que eu já tinha uma história na MTV antes do programa.

R7 – Quando você entrou na MTV?
Ricotta – Acho que em 2005. Eu trabalhava lá há um tempão. Quando fui convidado pela emissora, já escrevia em vários sites e fazia um repórter na internet, que fez um sucesso entre o público do rock. Do mesmo jeito que o Marcelo Adnet era conhecido por trabalhos no cinema e no teatro, eu também já era conhecido no meio do rock, tinha feito um barulho legal e não cheguei do nada. Foi uma p… falta de respeito o que rolou! E culpa do jogo de ego que rola lá dentro [MTV]. Me botaram no ar e em seguida me boicotaram. Não deixaram o Kiabbo crescer. Era um personagem que tinha muito mais a ver com a MTV do que essa nova geração que, com todo o respeito, não está nem aí para MTV. São pessoas que só querem espaço na TV para poder crescer e ir para outra emissora.

R7 – Você acha quer a MTV não valorizava seu trabalho?
Ricotta – Não sei, mas o que me deixou mais chateado foi que, mesmo depois do “boom” que o programa 15 Minutos deu, eles falaram claramente que eu não podia me impor muito e que meu personagem não podia crescer porque o programa era do Marcelo Adnet. E, no final da contas, ficou a impressão de que sou ruim para a TV, porque o cara se destacava muito mais. Mas na verdade eu estava me poupando. Tenho noção que rendia só 10, 20% do que posso render, pois trabalhava em prol da emissora. Eu estava do lado deles. E daí me aprontaram uma dessa, fiquei bem chateado mesmo.

R7 – Então você foi pego de surpresa? Esperava que a MTV renovasse seu contrato?
Ricotta – Eles queriam que eu tirasse a máscara dentro do programa. Mas eu não quis botar minha cara na TV para manter o personagem. Além disso, quiseram me dar um espaço no 15 minutos em Dobro, em que teria um tempo de três minutos num programa de 30. Em vez de fortalecer o personagem, eles queriam minimizar o Kiabbo mais ainda. Preferi não fazer. Não acho certo. Acho que foi por isso que eles não quiseram mais o personagem. Foi uma coisa muito estranha, por que o Kiabbo é muito querido entre o público da MTV. Quando o personagem tinha tudo para se desenvolver e crescer, eles vieram e me quebraram, parecia que queriam me f….

 

R7 – Foi você que optou por utilizar a máscara e não mostrar o rosto?
Ricotta – As pessoas confudem um pouco essa história. Na verdade, eu só topei fazer porque não ia botar a cara na TV. A chefe na época, a senhora Lilian Amarante, contou qual era a ideia do personagem, que ele ia ser meio misterioso e só por isso aceitei. Eles também queriam que eu usasse o meu nome, mas eu não quis, porque não sou humorista e estava muito preocupado com minha carreira paralela de músico.

R7 – E quais são seus projetos atualmente? Você pretende voltar para a TV?
Ricotta – Eu estou com um projeto chamado Máquina Berradora, funciona como um duelo. Eu contra um músico local. Viajo sozinho e convido as pessoas que encontro para tocar. Sem ensaio nem preparação. Mas estou dando um tempo e mais para frente quero lançar um disco. Já rolou alguns convites [para trabalhar na TV] em que preferi segurar a onda. Tenho vontade, mas depende muito da proposta.

Substituição: Justus vai apresentar programa de Silvio Santos

Padrão

Topa ou Não Topa, programa apresentado por Silvio Santos, que o SBT exibiu até o ano passado, voltará à grade da emissora em 2010, agora sob o comando de Roberto Justus.

Esta será uma das novidades que o publicitário e apresentador irá revelar à imprensa em entrevista coletiva daqui a pouco (se as chuvas em São Paulo deixarem). A outra novidade será um reality show que mistura elementos de O Aprendiz com Quem Quer Ser um Milionário?.

Justus irá apresentar dois programas no SBT em 2010, um em cada semestre. Um contra Cem, que não foi muito bem-sucedido no Ibope, acaba em fevereiro.

Tanto Topa ou Não Topa (originalmente Deal or No Deal) quanto o novo reality (e também Um contra Cem) são formatos da Endemol, a mesma de Big Brother. Topa ou Não Topa é um game show em que um participante tem de adivinhar em qual de 26 malas há o maior prêmio oferecido pelo programa (no SBT, era de R$ 1 milhão).

João Gordo fecha com a Record e integra novo programa de Marcos Mion

Padrão

A contratação mais improvável da TV brasileira acabou de acontecer. Conhecido pela língua ferina, pelos palavrões e pelas tatuagens, João Gordo fechou contrato com a Record nesta quarta-feira.

Ícone do “movimento” punk paulistano nos anos 1980 e até hoje vocalista da banda Ratos de Porão, João Francisco Benedan, o Gordo, deixará a MTV no final deste mês para integrar o elenco de Legendários, programa que Marcos Mion comandará na Record a partir de março.

A ideia de levar João Gordo para a Record foi de Mion, que tem total liberdade para montar seu time.

Felipe Solari é outro profissional da MTV que Mion está levando para a Record. Mia Melo e Marcelo Marrom, atores do grupo Deznecessários, o paraquedista e apresentador Gui Pádua e Victor Rodrigues Coelho, o Mionzinho (MTV), também estarão na equipe.

Belo: “Não gosto de TV, eu gosto é de cantar”

Padrão

Belo nega rumores de que substituiria Netinho de Paula: “Eu gosto é de cantar”
O cantor Belo esteve nos estúdios da Record nesta quinta (26) para gravar o programa Hoje em Dia. E foi em seu camarim, cercado de assessores e da namorada, Gracyanne Barbosa, que ele concedeu ao R7 uma pequena entrevista sobre seu novo CD, Primavera, um disco de 15 músicas inéditas.

 Belo está viajando o país inteiro para divulgar seu novo trabalho. Diz, com orgulho, que é o segundo CD mais vendido do Brasil.

– Estou indo já para a terceira música de trabalho, Reinventar. Este CD é a prévia do meu DVD, que eu gravarei provavelmente em abril.

Belo conta que gosta de gravar músicas de pessoas que estão com ele desde o início, como Arlindo Cruz, Sombrinha, Altay Veloso.

– Mas também gosto de dar chance pra compositores novos, como Alexandre Lucas, Umberto Tavares… O Rafael Brito começou comigo e está aí, fazendo sucesso com outros grupos.

No novo álbum, Belo assina duas músicas.

– São bem românticas. Eu só falo de coisa romântica – disse o cantor, que, apesar da afirmação, não quis falar sobre sua vida pessoal, nem uma palavrinha. Só trabalho mesmo.

Quanto à história que corre por aí, de que Belo substituiria Netinho de Paula no Show da Gente, no SBT, ele e o assessor negam, em uníssono.

– São especulações. Já tive uma experiência na TV, em 2008, e não gostei, não. Eu gosto é de cantar, é o que eu faço desde os 13 anos. E a estrada é muito longa ainda.

 

 fonte:  http://folhavitoria.com.br

Luciano Huck leva um puxão de orelha da Rede Globo

Padrão

Pegou muito mal para Luciano Huck falar sobre Gugu e arrumar “briga” com o diretor do apresentador pelo Twitter.

Ele levou uma bronca da Globo e teve de retirar do ar o bate-boca com Homero Salles. O barraco irritou a cúpula da Globo, que não aceita ver seus funcionários se expondo dessa maneira. Huck foi aconselhado a cuidar mais da imagem.

Em seu microblog, o marido de Angélica havia enviado uma mensagem para o diretor do “Programa do Gugu”.  

“Faça o bem para receber o bem. Vou acreditar que 80% do Programa do Gugu é uma `homenagem´ ao Caldeirão. Obrigado, nobre colega”, disse Huck a Homero Salles.

Ele ainda falou que o “Programa do Gugu” sofria de “falta de imaginação”:

“Agora o Gugu quer `se inspirar´ também no Lata Velha!!! Hahahaha…ô falta de imaginação!!!! Tem gente que acha que povo é burro, né não?”.

 

 fonte: http://folhavitoria.com.br/site

Faustão se irrita com baixa audiência e desconta na produção

Padrão

A equipe da Globo em São Paulo está em estado de alerta. Fausto Silva anda com alterações de humor e irá para a cidade, neste fim de semana, fazer o Domingão. No sábado (21), o apresentador vai gravar uma edição do programa e, no domingo, fará ao vivo.

O apresentador se estressa e desconta na produção, principalmente quando vê o Ibope e percebe que em momentos de picos chega a ficar atrás de Eliana, do SBT, em audiência.

A última bronca que a produção levou foi quando colocaram umas cadeiras para um quadro do Domingão do Faustão. Ele se irritou e disse que pareciam as cadeiras de postos de saúde. Outro motivo para Faustão estar irritadiço é a cirurgia de redução de estômago, que tem feito ele perder peso, o que pode mexer com o humor. Ele já perdeu quase 30 quilos.

Cantor famoso está namorando apresentador

Padrão

Minha pulguinha capixaba me contou que aquele famoso cantor brasileiro, bem rebolativo, está namorando o apresentador de um programa de culinária, que vai ao ar em Vitória, através da retransmissora de uma famosa rede de televisão. Sempre que o cantor chega  na cidade, é recebido com delicosas tortinhas de abacaxi com amêndoas, uma das especialidades do seu novo amor.

 

 Fonte: http://www.portaldoleaolobo.com.br