Arquivo da tag: banda

Hori, banda de Fiuk, está na trilha sonora de Eclipse, novo filme da saga Crepúsculo

Padrão

A trilha sonora de Eclipse será lançada no dia 8 de junho, mas os artistas foram revelados nesta quarta (12). São 15 faixas com a nata do rock indie mundial.

A autora da saga, Stephenie Meyer mostrou-se uma grande fã de Muse. Meyer divulgou exclusivamente em seu site a notícia de que o primeiro single da trilha seria uma música do grupo.

Já a banda Hori, do cantor e ator Fiuk, entrou como bônus da edição brasileira.

Eclipse é a terceira parte da saga Crepúsculo, fenômeno mundial entre adolescentes e fãs de histórias de vampiros. Bella (Kristen Stewart) novamente surge dividida entre o amor do vampiro Edward Cullen (Robert Pattinson) e o do lobisomem Jacob Black (Taylor Lautne).

Veja os nomes da trilha

1. Metric – Eclipse (All Yours!)
2. Muse – Neutron Star Collision (Love Is Forever)
3. The Bravery – Ours
4. Florence + The Machine – Heavy In Your Arms
5. Sia – My Love
6. Fanfarlo – Atlas
7. The Black Keys – Chop And Change
8. The Dead Weather – Rolling In On A Burning Tree
9. Beck and Bat For Lashes – Let’s Get Lost
10. Vampire Weekend – Jonathan Low
11. UNKLE – With You In My Head (featuring The Black Angels)
12. Eastern Conference Champions – A Million Miles An Hour
13. Band Of Horses – Life On Earth
14. Cee-Lo Green – What Part Of Forever
15. Howard Shore – Jacob’s Theme

Faixa bônus
16. Hori – Eterno Pra Você (composição de Fiuk) / Presente apenas na versão da trilha lançada no Brasil

Slash gostaria, mas acha difícil voltar a tocar com Axl no Guns N´ Roses

Padrão

O Guns N’ Roses passou recentemente pelo Brasil e nenhum fã da banda, novo ou antigo, nega que a cartola e os riffs do guitarrista Slash fazem falta ao lado de Axl Rose. A ideia de ver a dupla novamente unida, ainda que temporariamente, ainda alimenta sonhos dos que acompanham o grupo americano desde os anos 80, mas ela parece improvável. É o que o próprio Slash voltou a declarar.

– Estou muito orgulhoso pela banda ter todo este estigma, essa mística. Eu tento não ficar muito agitado. Há uma nova geração de fãs do Guns que nunca viram a banda (original), e seria legal fazer alguns shows para eles, mas apenas não é “logisticamente” viável – disse Slash ao site australiano Courier Mail.

O guitarrista deixou o Guns N’ Roses oficialmente em 1996, depois de intermináveis disputas internas com Axl Rose. Antes dele, da formação original do grupo, já haviam saído o baterista Steven Adler (em 1990, demitido por abuso de drogas) e o guitarrista Izzy Stradlin (cansado de Axl e dos excessos da banda). O baixista Duff McKagan saiu do Guns em 1997, para se dedicar aos seus projetos musicais.

Por outro lado, Slash usou a mesma entrevista para elogiar o mais recente trabalho da mais recente encarnação do Guns N’ Roses, Chinese Democracy, de 2008.

– É muito bom. É o álbum perfeito do Axl. (…) Ele é brilhante, e eu vejo o trabalho não como um fã, mas como ele saiu e o que ele representa na nossa relação. Acho que é um grande álbum. É muito do que eu esperada que ele (Axl) faria.

Slash vem divulgando em todo o mundo o seu primeiro trabalho solo, lançado em abril e que conta com vocalistas do porte de Ozzy Osbourne, Chris Cornell, Kid Rock, Dave Grohl, Fergie, entre outros, como convidados. Ele também segue no Velvet Revolver, grupo que deu uma pausa após a saída do vocalista Scott Weiland e ainda não encontrou um substituto para o posto.

Ainda não há confirmação oficial, mas o guitarrista e a sua banda-solo estão cotados para se apresentarem no Brasil ainda neste ano, possivelmente em novembro.

Cantor gay Adam Lambert é banido de programas de TV americana

Padrão

Adam Lambert foi banido dos programas da rede norte-americana ABC por conta de sua apimentada performance no American Music Awards, no último dia 22 de novembro.

O ex-competidor de American Idol beijou um dos músicos de sua banda e simulou sexo oral com outro. Agora, o canal cancelou suas aparições em Jimmy Kimmel Live! e New Years Rock Eve!, o tradicional programa da noite de Ano Novo.

Não é a primeira vez que isso acontece. No dia seguinte à apresentação, o mesmo canal havia abortado a aparição do moço no Good Morning America.

Ramones O filme!

Padrão

Olá Pessoal,

Esse post me fez imensamente FELIZ

 Como fã (Fánatica,louca de pedra que as vezes até chora ouvindo Ramones..rssr)  da Banda The Ramones desde os 13 anos, não pude conter a alegria de saber dessa noticia,a lenda que o Ramones sempre foi,será consolidada nesse filme,espero anciosa 

para que seja lançado e curiosa para saber quem serão os atores que farão parte do elenco…que seja logo!

 

 Let’s Go!

A trajetória dos Ramones vai ser contada nos cinemas. O roteiro será  baseado em “I Slept With Joey Ramone” (“Eu dormi com Joey Ramone”), biografia escrita por Mickey Leigh, irmão do líder do grupo. O projeto, que começou de forma independente, foi abraçado pela Fox Searchlight, divisão do estúdio especializada em filmes indies (exemplo: o vencedor do Oscar “Quem Quer Ser Um Milionário?”).Nascido Jeffrey Hyman, Joey Ramone morreu em 2001, vítima de um linfoma fatal. Os Ramones  foram os contemporâneos americanos dos britânicos The Clash e Sex Pistols, representando a “Época de Ouro” do Movimento Punk. O filme ainda não tem diretor nem elenco selecionados. Hey Ho

  

 By  Renata Ramone

Metallica inicia turnê mundial com energia renovada

Padrão

 

PHOENIX, Estados Unidos (Reuters) – Minutos antes de sua banda subir ao palco para o primeiro show de uma turnê mundial para divulgar seu primeiro álbum novo em cinco anos, o baterista Lars Ulrich está ocupado com coisas mais importantes.

O co-fundador e força criativa da banda está correndo ao backstage para encontrar cerca de 35 membros do fã-clube da banda. E ele também encontra tempo para várias entrevistas.

 

Enquanto quase 20 mil fãs na arena de hóquei no gelo Jobing aguardavam impacientes a chegada de seus heróis, na terça-feira, Ulrich disse à Reuters: “Sempre nos orgulhamos de ser acessíveis.”

 

“É espantoso que, depois de 30 anos, alguém ainda esteja interessado no que temos a dizer”, comentou o dinamarquês de 44 anos, que sempre tem opiniões a oferecer.

 

Durante esses 30 anos, o Metallica vendeu 100 milhões de álbuns. Ao que tudo indica, a banda ganhará um espaço no Hall da Fama do Rock and Roll quando a próxima leva de homenageados for anunciada, no início do próximo ano.

 

Seu último álbum, “Death Magnetic”, foi número 1 nas paradas em mais de duas dúzias de países, incluindo três semanas nessa posição nos Estados Unidos. Foi um retorno bem-vindo à forma para a banda, após a decepção crítica e comercial de “St. Anger”, de 2003.

 

Conhecido por sua ética de trabalho e seus show ao vivo explosivos, o Metallica sempre se esforçou para agradar aos fãs inveterados que já os seguiam muito antes de o grupo fazer sucesso junto ao grande público com seu álbum “Metallica”, de 1991, e o single de sucesso “Enter Sandman”.

 

A título de aquecimento para a turnê, que vai passar por 37 arenas na América do Norte até 1o de fevereiro e em seguida chegar à Europa, os músicos convidaram fãs e amigos para assistir a dois ensaios em San Francisco, sua cidade de adoção, e Phoenix.

 

Como sempre, a banda tocou no meio da arena, emocionando os fãs com um show pirotécnico e de laser. Ao lado de sucessos antigos como “Enter Sandman” e “One”, o grupo tocou cinco faixas de “Death Metal”, que o leva de volta a suas raízes no thrash metal, com destaque para a guitarra de Hetfield.

 

Este corria alegre pelo palco, não se parecendo em nada com o homem detonado que em 2001 se internou numa clínica de reabilitação. As provações pelas quais passou foram reveladas dolorosamente no documentário “Some Kind of Monster”, que detalhou as tensões que quase levaram a banda a implodir. Mas parece que tudo isso ficou para trás.

 

Hoje, os membros da banda que já chegou a ser apelidada de “Alcoholica” estão cuidando mais de sua saúde, chegando a levar um quiroprático com eles na turnê.

 

“Tenho 44 anos, uma namorada maravilhosa e três filhos lindos”, disse Ulrich, que tem um filho bebê de sua namorada, a atriz dinamarquesa Connie Nielsen.

 

“Claro que bebo ocasionalmente, como todo o mundo, mas hoje em dia tomo principalmente vinho tinto, não vodca tonic, como antigamente.”

 

Ulrich disse que a banda pode continuar para sempre se as condições físicas o permitirem.

 

Quando eles se aposentarem, Ulrich, que é ávido colecionador de arte, pretende trabalhar com Hollywood.

 

“Eu adoraria passar seis meses escrevendo o roteiro de um filme” disse ele. “Acho que tenho mais amigos no mundo do cinema que no mundo da música. Essa me parece ser uma direção natural a seguir.”

 Fonte:yahoonoticia

Led Zeppelin fará nova turnê, diz jornal britânico

Padrão

 

Ótima notícia para os fãs do Led Zeppelin! De acordo com o tablóide The Sun, Robert Plant aceitou se reunir com a banda para mais uma turnê, que deve acontecer no ano que vem.

 

Após a histórica reunião do grupo britânico em dezembro de 2007, na O2 Arena, em Londres, Plant havia dito que não mais faria shows com o Zep.

 

O vocalista estava irredutível e mais preocupado com a turnê com a cantora Alison Krauss, para divulgar o trabalho da dupla “Raising Sand”.

 

A banda até pensou em voltar sem Plant e o próprio The Sun divulgou que o Led Zeppelin estava ensaiando com outros vocalistas.

 

A próxima turnê da banda terá a mesma formação da reunião histórica em Londres, com Robert Plant nos vocais, Jimmy Page na guitarra, John Paul Jones no baixo e Jason Bonham, filho do falecido John Bonham, na bateria. 

Fonte:yahoonoticia