Arquivo da tag: bebê

Saiba quais são os exercícios físicos mais indicados para as grávidas

Padrão
A mulher que nunca se exercitou e sabe que os benefícios das atividades físicas durante a gestação são poderosos não só para ela, mas também para o bebê pode começar a fazer exercícios leves ou de baixo impacto. Para quem já tem uma rotina de malhação e acabou de engravidar, o ideal é manter o tipo e o ritmo dos exercícios. “Se ela já pratica esportes, pode manter o mesmo ritmo até o oitavo mês de gravidez. Essa mulher e a que nunca se exercitou precisam, sempre, ter um acompanhamento médico

Controle do ganho de peso, fortalecimento muscular – não só da região lombar evitando as dores nas costas -,  melhora do condicionamento cardiovascular e do sistema respiratório, além de melhora do retorno venoso e linfático, diminuindo o inchaço são alguns dos benefícios. Entenda abaixo quais são os exercícios mais indicados na gravidez:

  • 1
    Hidroginástica
    Hidroginástica para grávidas

    Hidroginástica é o exercício mais indicado pelos médicos para as grávidas. De acordo com Luciana Flor, a água traz conforto para as gestantes. “Na água elas não sentem o peso da barriga, o que aumenta a segurança para praticar exercícios”, diz a professora. Ela explica que o water relax, espécie de aula de alongamento dentro d’água, também é muito bem-vinda para as gestantes, já que melhora a circulação e diminui inchaços.

    Uma pesquisa realizada pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) com 50 grávidas mostrou que a hidroginástica pode ajudar a diminuir as dores no parto, já que apenas 27% das pesquisadas que praticavam exercícios na água solicitou algum tipo de analgésico para dor durante as contrações.

    Letícia Spiller fez hidroginástica durante a gravidez de Stella

  • 2
    Caminhada
    Caminhada para grávidas

    A caminhada está entre as atividades mais democráticas, já que não é necessário estar matriculada em uma academia para praticá-la.

    Após a liberação do obstetra, em geral, a gestante pode praticar exercícios físicos durante uma hora por dia, até 5 vezes por semana. O mais importante é respeitar a frequência cardíaca, que não deve ultrapassar 140bpm. Isso significa que é possível conversar com tranquilidade durante a caminhada.”, diz a professora de educação física Mariana Furtado, do Espaço Bella Gestante.

    Exercícios para gestantes evitam a flacidez

  • 3
    Musculação
    Musculação para grávidas

    A musculação não é contraindicada para gestantes. Bem orientada, fortalece os músculos, melhora a postura e diminui as dores nas costas, provenientes do peso da barriga. “Na musculação é possível trabalhar cada grupamento muscular de forma segura. Gestantes que nunca praticaram exercícios devem começar aos poucos, com 15, 20 minutos, avançando aos poucos. O ideal, sempre, é conciliar o trabalho muscular com atividades aeróbicas, como caminhada, hidroginástica e bicicleta ergométrica”, diz Luciana Flor.

    Conheça a ginástica natural, que não usa pesos ou aparelhos

  • 4
    Pilates
    Pilates para grávidas

    O exercício utiliza o próprio peso corporal para trabalhar diferentes grupamentos musculares.Apesar de parecer ser um exercício leve, o pilates não é indicado para todas as gestantes. “O pilates melhora a postura, evita dores lombares e fortalece os músculos das costas, preparando para o peso da barriga, mas só recomendamos para quem já praticava antes da gravidez. No pilates a gestante trabalhará o tempo todo com o abdômen contraído, o que pode gerar estresse desnecessário para quem nunca praticou”. Ou seja, quem deseja aproveitar os benefícios do pilates deve começar bem antes da gravidez.

    Conheça o pilates e saiba por que ele virou mania entre as famosas

  • 5
    Yoga
    Yoga para grávidas

    A yoga trabalha corpo e mente, ajudando no relaxamento da gestante. “Assim como o pilates, a yoga trabalha o abdômen e só é recomendo para aquelas que praticavam antes da gravidez.Com o passar das semanas e o crescimento da barriga, ficará mais difícil fazer determinadas posturas, mas as academias já contam com programas específicos para gestantes

    Yoga traz benefícios após o nascimento do bebê

Bebê já está chegando e você ainda não pensou no quarto? Inspire-se!

Padrão

Divulgação

Os tradicionais tons pastéis, combinados com toques de acqua, cinza, azul envelhecido e rosa chá criam um ambiente especial para o cantinho do bebê. Porém, dificilmente só o conhecimento das cores traz a inspiração que toda mãe espera para criar um lugar de aconchego para a chegada do seu anjinho.

Débora HerzogProcurar ajuda profissional pode ser uma boa saída, mas a sensibilidade maternal é essencial para fazer boas escolhas. Nesse caso, a alternativa é optar por papéis de parede de qualidade e objetos de decoração de bom gosto.

E não precisa gastar muito para conseguir isso. “O bom gosto independe de situação social. Já recebemos vários casais que chegam dizendo que querem uma proposta bonita e acessível. Isso é perfeitamente possível devido à quantidade e variedade de materiais que temos”, explicou a artista plástica Andressa Lorenzoni.

Quanto aos objetos de decoração, a dica é usar um algo mais caro para marcar a decoração e outros itens mais baratos para complementar o visual de forma agradável. “Nem sempre os papéis ou objetos mais caros dão o resultado mais bonito. O segredo está em saber combinar de forma harmoniosa os elementos, independentemente dos valores”, acrescentou.

Divulgação

Já pensando nas cores, é importante não deixar o quarto com um aspecto “triste”. Para conseguir isso, a artista plástica explica que é interessante mesclar tons de bege com cores suaves.

DivulgaçãoOs temas mais usados nos quartos ainda são os ursos. No caso das meninas, a combinação com flores é ideal. Para os meninos, use as listras. “Os temas de princesa e príncipe, além de soldadinho de chumbo e bailarina, também estão em alta. As gestantes também amam o Navy [marinheiros], que pode ser usado tanto para meninos como para meninas”

 

2° trimestre da gravidez

Padrão

Sintomas, sinais e sensações
Importante: você pode apresentar todos ou somente alguns dos sintomas descritos. Além de alguns sintomas que continuam do mês passado.
Físicos: 
  Movimentos fetais (finalmente você poderá sentir seu bebê!!);
  Aumento da umidade vaginal (leucorreia);
  Congestão nasal e sensação de entupimento do ouvido;
  Prisão de ventre;
  Âzia e dificuldade de digestão;
  Câimbras nas pernas;
  Possível inchaço dos tornozelos e dos pés, e às vezes também das mãos;
 
Possíveis dores de cabeça, às vezes desmaios e tontura;
  Surgimento de algumas veias varicosas e/ou hemorróidas;
  Grande aumento do apetite;
  Dores nas costas;
  Modificação na pigmentação da pele no abdomen e no rosto
  Aumento da pulsação (frequência cardíaca);
Emotivos:
  Maior estabilidade emocional, podendo de vez em quando sentir-se ainda um pouco irritada e com algumas mudanças de humor;
  Sentido mais amplo de aceitação da realidade de se “estar grávida”;
  Períodos de distração e falta de concentração no que se está fazendo.

Como seu Bebê Cresce dentro de Você
Finalmente você poderá saber o sexo do bebê:
Ao redor da 20a. semana, você poderá ficar conhecendo através da ecografia, se seu bebê será menina ou menino, pois o exame feito nesta fase consegue delinear os orgãos genitais com grande exatidão. É hora de começar a pensar no enxoval e na decoração do quarto do bebê!!!
O bebê vai se movimentando cada vez mais:
Nesta fase, a futura mamãe começará a sentir os movimentos do bebê, cada vez mais intensos. No início, a sensação é como movimentos das asas de uma borboleta dentro de seu ventre. E como ele começa a ter um maior período ativo, em certos períodos do dia, passa também por alguns períodos de repouso.  
Sua pele vai se definindo:
A pele do bebê, nesta fase, forma a chamada “vernix caseosa” que é uma película de gordura sobre a pele que tem a finalidade de protegê-la. Começam a surgir os pelinhos que irão formar os cílios e as sombrancelhas, assim como os cabelos.
Qual é o aspecto do bebê: 
Este mês, o bebê cresce bastante, podendo aumentar até aproximadamente 25 cms. e pesar de 340 a 500 gramas. Seu corpo, neste período, já é todo bem proporcional, cabeça-tronco-membros.
Qual é o aspecto da mamãe:
Em média, uma gestante deve aumentar aproximadamente 450 gramas por semana no segundo trimestre da gravidez. Ou seja, a cada mês um aumento de mais ou menos 2 quilos. Sua barriga agora já deve estar bem redondinha, seus seios poderão estar já produzindo um pouco de colostro. 

Algumas Possíveis Preocupações
Aparecimento de Estrias: 
Infelizmente este é um dos “acontecimentos” da gravidez que toda mulher gostaria de dispensar… Aqueles anti-estéticos sulcos levemente rosados e que se formam quase sempre nos seios, abdomen, pernas e glúteos, e que aparecem  independentemente da nossa vontade. O melhor mesmo é prevenir: como você já está sabendo, evitar um aumento excessivo de peso é bom para muitos dos “sintomas” da gravidez, inclusive no que se refere às estrias. Outra dica é manter o corpo muito bem hidratado, pois as estrias aparecem muitas vezes por falta de elasticidade da pele, principalmente durante uma gravidez, quando ocorre um excessivo estiramento dos tecidos.
Desmaios e Tonturas:
Apesar do folclore sempre nos fazer associar os desmaios de uma mulher como indicador de uma gravidez, ocorrendo portanto nos primeiros meses, na realidade é mais frequente que uma gestante sofra com estes sintomas no segundo trimestre de sua gestação, pois é quando o volume de sangue circulando aumenta de modo significativo. Ou então, a gestante poderá perceber uma certa sensação de tontura cada vez que se levantar, seja da posição sentada como deitada. Existem vários fatores que podem provocar estes desmaios ou tonturas, e o que a gestante deve tentar fazer para evitá-los é sempre se lembrar de não levantar com pressa, fazer pequenas refeições durante o dia para manter o estomago sempre saciado, e tentar evitar ficar em locais fechados, procurando estar mais tempo ao ar livre. Caso você sofra desmaios com frequência, consulte rapidamente seu ginecologista para uma avaliação.
Problemas Dentários:
Algumas gestantes sofrem de problemas dentários durante a gravidez, como por exemplo, inchaço e maior sensibilidade das gengivas, podendo até apresentarem inflamações e sangramentos. Para evitar danos maiores aos dentes e às gengivas, é necessário alguns cuidados básicos: consulte o seu dentista e conte sobre a sua gravidez, se possível faça uma limpeza geral, mas evite fazer radiografias e anestesias; faça uma cuidadosa higiene bucal todos os dias, lavando os dentes após as refeições e usando o fio dental, ou jato d’água ou bochechos; e evite comer doces, balas e guloseimas. Cuidados estes já tão proclamados como eficazes para uma dentição perfeita, durante a gravidez são absolutamente indispensáveis.
Atividades Físicas:
Muitas mulheres gestantes são dedicadas esportistas, e uma dúvida muito frequente é saber até que ponto o esporte ou qualquer outra atividade física pode ser praticada durante a gravidez. A grande maioria dos ginecologistas acreditam que a prática de exercícios físicos durante a gestação é muito importante para o bem estar da mulher, por seus inúmeros benefícios: melhora a circulação sanguínea, alivia as dores lombares, fortalece a musculatura, ajuda os problemas de sono, promove um aumento mais gradual do peso, entre outros. O importante é conversar com seu obstetra sobre quais atividades físicas são as mais indicadas e qual a intensidade e duração das mesmas. É óbvio que são desaconselháveis esportes violentos ou perigosos como lutas marciais, esqui aquático, mergulho, e qualquer tipo de atividade física que provoque um desgaste muito intenso. Os mais aconselháveis são: caminhadas, natação e ginástica para gestantes, exercícios de relaxamento.

Confira barriguinha saliente da grávida Juliana Paes

Padrão

Já está saliente a barriguinha de Juliana Paes, grávida de cinco meses. Muito elegante, a atriz e o marido, Eduardo Baptista, escolheram um programa gastronômico para encerrar este fim de semana. O casal foi clicado enquanto entrava em uma badalada churrascaria do Rio, na noite de domingo (22).

Scheila Carvalho deixa maternidade em Salvador com a filha

Padrão

A apresentadora e ex-dançarina Scheila Carvalho teve alta da maternidade na manhã desta quarta (23). Ela deu à luz a menina Giulia, fruto de seu casamento com Tony Sales, ex-vocalista do grupo baiano É o Tchan, na ultima segunda-feira (21), no hospital Aliança, em Salvador. A apresentadora do Bom D +, da TV Itapoan (afiliada da Record em Salvador), saiu da maternidade sem a criança no colo. A bebê estava no carro no colo de uma pessoa próxima à família. Esta foi a segunda gravidez de Scheila. Em novembro de 2007, ela teve Brian, que morreu um dia antes de completar dois meses de nascido.

Passo a Passo da gestação

Padrão
Fique informada de cada uma das fases de sua gravidez. Saiba semana a semana, tudo que está acontecendo com o bebê, a mamãe e o papai durante a gravidez… 
 
 

de 1 a 7 semanas
 
O método de contagem da idade gestacional começa mesmo antes de ter acontecido a concepção (fecundação). Dessa forma, a semana 1 começa com o 1º dia da sua última menstruação. Ainda não há bebê. A partir da concepção, no final da 2ª semana, pela nossa contagem, o bebê aparece e passará por uma série de transformações. >> mais
Nada ainda. Nesse momento está acontecendo o preparo do berço do bebê, ou seja, o útero estará sofrendo profundas modificações para receber o futuro embrião em desenvolvimento. >> mais
No início dessa semana acontece a concepção. Os espermatozóides encontram-se com o óvulo na trompa e o milagre da vida começa. É um processo que leva cerca de 24 horas. Um espermatozóide pode sobreviver mais de 48 horas no canal genital feminino. >> mais
No final desta semana as células do zigoto se multiplicam enquanto ele caminha pela trompa, dando origem a uma minúscula estrutura (cerca de 0,2 mm de diâmetro – 5 vezes menor que a cabeça de um alfinete) que consiste de várias células agregadas em torno de uma pequena cavidade cística denominada blastocisto. >> mais
O embrião em desenvolvimento tem 3 membranas celulares. Na membrana superior (ectoderma), forma-se o tubo neural, que posteriormente se transformará no sistema nervoso (cérebro, medula espinhal), pele, pelos e cabelos, lentes do olho, revestimento dos ouvidos interno e externo, nariz, seios da face, boca, ânus, esmalte dos dentes, hipófise e glândulas mamárias. >> mais
Os primeiros batimentos cardíacos do embrião já começaram. Ele mede cerca de 2,5 mm de comprimento no início dessa semana e tem a forma de um “S”. O embrião já apresenta o esboço da cabeça, coração e um tubo neural. O crescimento é muito rápido nessa fase. O cordão umbilical se forma. Os olhos e ouvidos começam a se desenvolver, bem como a boca e a língua. >> mais
O bebê mede cerca de 6 mm de comprimento no início desta semana (é o tamanho de um grão de arroz). A formação dos braços e pernas continua, embora os dedos das mãos e dos pés ainda não tenham se formado. As regiões da coxa, perna e pés podem ser distinguidas nos brotos dos membros inferiores. >> mais
 
 
O embrião mede cerca de 12-13 mm de comprimento no início desta semana. A face continua a mudar, aparecem as orelhas, os olhos e a ponta do nariz. Os futuros dentes se desenvolvem sob as gengivas. O coração separa-se em 4 câmaras. Os batimentos cardíacos vistos ao ultra-som são muito rápidos, cerca de 170 batidas por minuto.
  >> mais



 

de 8 a 11 semanas
(gomo de uva)

Nessa fase quase todos os órgãos e estruturas do feto estão formados. Eles continuarão a crescer e desenvolver até o parto. Os dedos das mãos e pés já se separaram e os pelos e unhas iniciam o seu crescimento. Os genitais começam a assumir seu aspecto final feminino ou masculino. O líquido amniótico começa a se acumular à medida que os rins do bebê começam a excretar urina.
  
>> mais



de 12 a 15 semanas
(ameixa)
 
 
de 16 a 19 semanas
(tomate)

Se você nunca sentiu os movimentos do bebê, é possível que já possa percebê-los, pois os seus ossos estão cada vez mais enrijecidos. Agora as pernas são maiores que os braços e ele move os membros com muita frequência. Há ainda muito espaço para se mover dentro do útero. As unhas dos dedos também estão crescendo. Há o aparecimento do couro cabeludo.
 
>> mais



de 20 a 23 semanas
(laranja)

Estamos na metade do caminho da gestação e o bebê dorme e acorda como um recém-nascido. Os cabelos do couro cabeludo começam a se formar. A presença dos pelos temporários, denominados de “lanugo”, aparecem na cabeça. O lanugo cai na segunda semana após o nascimento, permitindo o crescimento dos finos pelos do couro cabeludo.
>> mais


 
 
O feto ainda é magro e não possui muito tecido gorduroso. O bebê deve ganhar cerca de 80 gramas esta semana enquanto o corpo começa a se tornar mais rechonchudo. Esse ganho de peso é traduzido por músculos, ossos e crescimento dos órgãos e tecidos. As ondas cerebrais fetais começam a ativar os sistemas auditivo e visual.
>> mais



de 24 a 27 semanas
(beringela)

Seu bebê está crescendo e se desenvolvendo a uma velocidade incrível. As sobrancelhas e os cílios agora estão presentes, e os cabelos estão mais espessos. As pálpebras se abrem e os olhos estão completamente formados. O corpo está mais roliço e rechonchudo. Pesa em torno de 1200-1300 gramas, mede cerca de 35 cm da cabeça aos pés.
>> mais



de 28 a 31 semanas
(repolho)
 
 
de 32 a 35 semanas
(melão)
 

O feto repousa sobre o útero – não mais flutua. Os olhos se abrem na fase alerta e se fecham durante o sono. A cor dos olhos é geralmente azul, embora a pigmentação permanente ainda não esteja totalmente desenvolvida. A formação final da pigmentação dos olhos (a cor dos olhos) requer exposição à luz e usualmente acontece poucas semanas após o nascimento.
>> mais



de 36 a 39 semanas
(jaca)
 

Faltando cerca de 4 semanas para o final, o feto está quase pronto para nascer. Ele pode adentrar o canal de parto a qualquer momento a partir de agora. Nesta semana a gordura está preenchendo os ombros e joelhos bem como formando dobras no pescoço e cintura. As gengivas do bebê estão bem duras agora. Ele pesa em torno de 2800-2900 gramas e mede cerca de 46 cm.
>> mais


 
 
40 semanas
     
 
 


A última semana. O bebê pesa em torno de 3300 a 3700 gramas e mede cerca de 50-51 cm dos pés à cabeça. Nessa fase a maior parte do vérnix caseoso já desapareceu e 15% do peso do corpo é representado por gordura, 80% dos quais estão sob a pele, os outros 20% estão em torno dos órgãos; além disso o tórax se expande. No momento do nascimento, o bebe tem cerca de 300 ossos. Alguns deles vão fundir com outros mais tarde, e isto explica o porque que os adultos possuem apenas 206 ossos no corpo. O feto demonstra mais que 70 diferentes sistemas de reflexos comportamentais que são automáticos e não condicionados (não aprendidos); esses são necessários para sua sobrevida. >> mais

Cinta permite que bebê ouça música na barriga da mãe

Padrão

Já pensou em poder escolher as músicas que seu bebê vai ouvir antes de nascer? A empresa Nuvo está lançando o Nuvo Ritmo Pregnancy Advanced Sound que vai permitir com que as mães banquem DJs para os filhos que ainda não nasceram.

O equipamento é uma espécie de cinta, que funciona com alto-falantes acoplados a ele e que, ligados a um dispositivo de som – um iPod, um toca discos ou qualquer outra coisa que tenha entrada de fones de ouvidos – tocam música diretamente na barriga da mamãe. O preço sugerido pelo fabricante é de US$ 129,99 (R$ 233).