Arquivo da tag: chá

O SEGREDO DOS CHÁS

Padrão

Depois da água, o chá é a bebida mais consumida no mundo inteiro. São cerca de 36 mil xícaras por segundo! Os gregos antigos tomavam chá para tratar asma e constipações, enquanto os chineses o bebem há milhares de anos para ajudar na digestão e no desempenho físico e mental. Além de saboroso, o chá é, indiscutivelmente, um santo remédio, com efeitos terapêuticos comprovados pela Ciência – é só escolher o seu!

Reza a lenda que um imperador da China só bebia água fervida. Um dia, folhas dos ramos de uma árvore chamada Camellia Sinensis caíram na panela de água fervente, conferindo-lhe um delicioso aroma e sabor. Estava descoberto o chá! Serví-lo e bebê-lo fazem parte importante da cultura chinesa. “Há vários festivais de chá no país e alguns
locais são famosos pelo chá que produzem, como a cidade de Hangzhou, onde é produzido um dos melhores chás verdes da China. Esse tipo de chá é, inclusive, servido em vários restaurantes enquanto a comida não chega”, conta Wang Hai Yun, 26 anos, professora de Mandarim para estrangeiros na Shanghai Jiao Tong University.

Os tipos variam conforme a variedade da Camellia Sinensis e também dependem de como as folhas da árvore são processadas. Os mais conhecidos são o chá verde, branco e preto (na China, chamado de vermelho). Todos eles são ricos em catequinas e polifenóis, antioxidantes potentes. Por isso, previnem doenças como o câncer e a pressão alta.

Chá verde: “Ele reduz o colesterol ruim (LDL) e inibe a formação de coágulos sanguíneos anormais, podendo evitar a trombose”, afirma Elizeth V. D. Vorst (www.amigosdocha.com.br), consultora de chás e de Negócios relativos aos chás da empresa Treasure Tea e da Gebrüder Wollenhaupt GMBH , tradicional fabricante alemã de chás. O chá verde pode, ainda, ajudar na prevenção de cáries e placas dentárias, além de ser poderoso desintoxicante.

No entanto, atenção! De acordo com o fitoterapeuta André Resende, autor de “O poder das ervas” (Editora Ibrasa), o milagre do emagrecimento através do chá verde não é real. “Não existe chá emagrecedor. Eles são apenas coadjuvantes no emagrecimento e devem ser acompanhados por uma rotina de exercícios físicos e pela mudança dos hábitos alimentares”, alerta o fitoterapeuta. Ele chama a atenção, ainda, para o fato de que pessoas depressivas e ansiosas devem evitar o chá verde, porque ele contém muita cafeína.

Chá branco: é o “chá da saúde”, que contém os maiores níveis de antioxidantes. “Ele reduz o colesterol ruim (LDL), ajudando no fluxo sangüíneo e protegendo o coração”, afirma o fitoterapeuta André Resende. O chá branco deixa, também, os dentes mais resistentes a cáries e os ossos mais fortes. “Estudos mostram que pessoas que bebem esse chá regularmente têm densidade óssea maior do que quem não bebe, o que é bom para prevenir a artrite e a osteoporose”, esclarece Elizeth V. D. Vorst.

Ele pode, ainda, diminuir o nível de açúcar no sangue e ajudar a prevenir ou atenuar os sintomas da diabetes. Além disso, o “chá da saúde” combate vírus e bactérias, protegendo o organismo contra inúmeras doenças, como a gripe.

Chá preto (ou vermelho): tornou-se grande aliado da medicina ortomolecular, principalmente pelo efeito “depurador de gorduras”. São inúmeros seus benefícios para o bem-estar, inclusive emocional, já que ele ajuda a combater a depressão. Apresenta, também, propriedades antioxidantes, que previnem o envelhecimento celular e as doenças degenerativas.

“Tem efeito analgésico, anticoagulante, antibiótico, antidiarréico, anticárie e protege as artérias. É rico em componentes essenciais que aceleram o metabolismo e reduzem o colesterol, melhorando, ainda, a digestão”, afirma a nutrologista e médica ortomolecular Sylvana Braga. No entanto, ela faz um alerta: “Se tomado em excesso, o chá vermelho aumenta a ansiedade, a insônia, a TPM e a possibilidade de cálculos renais, por conta do alto teor de oxalatos. Ele deve ser evitado por grávidas e por pessoas com hipertensão arterial”.