Arquivo da tag: consumo consciente

A esperança chama-se Reciclagem

Padrão
A principal dúvida que as pessoas têm em relação à questão da reciclagem é se ela realmente funciona e até que ponto é essencial para a sobrevivência da população e para garantir o futuro da humanidade.
È ai que se chega à questão do desenvolvimento sustentável, ou seja, suprir as necessidades básicas da atual geração sem prejudicar a de gerações futuras. Partindo desse conceito a grande ferramenta para a garantia de vida das populações é a questão do lixo. Recentemente cientistas se basearam na utilização da teoria dos 3 R’s como tentativa para esse problema mundial. O primeiro é a redução, que se refere à economia e o consumo consciente; o segundo a reutilização, que é o máximo aproveitamento dos materiais; e por último tão importante quanto os primeiros vem a reciclagem, que faz os materiais retornar em à cadeia produtiva para um novo ciclo de utilização.
É como afirma a estudante de Saneamento e Controle Ambiental, com ênfase em reciclagem, da UNICAMP, Maria Esther Antunes de Toledo: “Antes de se reciclar é necessário pensarmos em reduzir o consumo de produtos, despertando na população a noção de consumo consciente”.
Com o aumento acelerado da população mundial e consequentemente do lixo produzido, mais do que nunca é necessária a conscientização dos cidadãos do mundo para cada um fazer sua parte. Segundo Maria Esther: “ Segregar o resíduo e destinar à coleta seletiva é uma parte deste processo e essencial mas lembrando que a mudança de hábitos é inquestionavelmente o principal, pois só assim conseguiremos preservar o meio ambiente”.
Mas de acordo com o dono da empresa GTF que comercializa materiais para reciclagem, Roberto Torres, uma noticia animadora: A população nos trás cada vez mais produtos para a reciclagem porque aumentou o conceito de cuidar do meio ambiente. São materiais que eram jogados no lixo e que hoje em dia são trazidos para transformar o velho em novo, com preocupação voltada à natureza e posteriormente serem usados para fabricação de outros produtos”.