Arquivo da tag: cor

Como mudar a cor dos cabelos

Padrão

Mudar a cor dos cabelos pela primeira vez e inesquecivel mas nao menos perigoso do que experimentar qualquer outro processo quimico buscar ajuda de um profissional e o primeiro passo para nao se arrepender mais tarde.

Algumas mulheres vivem trocando a cor dos cabelos, seja pela influência da moda ou porque gostam mesmo de ficar diferentes. Algumas não o fazem por medo ou insegurança. Se você decidiu tingir as madeixas, siga algumas dicas do hairstylist Paulo Paes, para não errar no tom.

Segundo o profissional, o primeiro passo após decidir pela coloração é procurar um especialista. “Em hipótese alguma tente fazer aplicações nos cabelos em casa. Antes de tingir os fios é necessário consultar um bom profissional”. Uma coloração bem feita evita danos à saúde das melenas, previne que os fios fiquem quebradiços e ressecados, além dos famosos cabelos manchados. “É preciso levar em consideração a tintura, o tempo ideal da aplicação, o tom adequado ao biótipo, estilo e, especialmente, a textura do cabelo”, enfatiza Paulo.

Posso me candidatar?
“Não existem restrições desde que a coloração seja bem feita. Assim, os cabelos não sofrerão com os efeitos do composto químico do produto. Além do mais, hoje em dia, a indústria de cosméticos coloca à disposição opções de qualidade, o que torna nulos os prejuízos aos fios”, esclarece o hairstylist. A coloração é recomendada especialmente àqueles que sofrem com os fios brancos, tanto da ala feminina quanto da masculina. A questão estética de insatisfação com o tom natural do cabelo é o motivo maior para que as pessoas tinjam os cabelos. Se você se encaixa nesse perfil, mudar a cor é uma boa pedida.

Cuidados que valem ouro
Quando o desejo é manter a mesma cor da primeira aplicação ou simplesmente esconder os cabelos brancos, é recomendado usar sempre a linha de produtos que foi usada pela primeira vez. Esse procedimento evitará possíveis manchas nos fios.

Outra questão é a preservação da raiz dos cabelos. Quando são usados diversos compostos químicos, os cabelos tendem a perder os nutrientes e enfraquecem.

Sempre após a tintura é fundamental uma hidratação no salão. Ela fortalecerá os fios repondo os nutrientes perdidos. Ainda assim, alguns cuidados deverão ser adotados, como o uso de produtos próprios para cabelos tingidos – xampus e condicionadores específicos para eles – facilmente encontrados no comércio especializado.

E por fim, a cada 20 dias, no máximo 30, faça uma nova aplicação para disfarçar a cor natural e o efeito “tom desbotado” e para garantir a longevidade da naturalidade, cor, brilho e maciez dos fios.

Os cuidados de cada cor

Padrão

Vermelho

 1. Lave o mínimo possível
Isso significa duas vezes por semana, a não ser que ele seja oleoso ou fino. Nesse caso, o indicado é lavar em dias alternados, e nunca com água quente. Outra opção é limpar as raízes com um xampu a seco, que higieniza os fios e acaba com o excesso de oleosidade sem usar água.

2. Evite xampus de limpeza profunda
A maioria dos tratamentos anticaspa é compatível com as tinturas, mas significa a morte do vermelho, já que acelera o processo de desbotamento.

3. Faça o retoque
Depois de duas semanas, aplique a tinta novamente. Isso manterá a cor viva e brilhante durante todo o mês.

4. Proteja os fios
Os vermelhos oxidam mais rápido que o de outras cores. Se você for passar muito tempo fora de casa, use produtos que contenham protetor solar, um chapéu ou lenço para se proteger.

5. Não pinte em tons berinjela
Vermelhos arroxeados não são naturais e quase nunca satisfazem o gosto feminino. Escolha um tom que possa ser descrito como acobreado ou acastanhado.

Loiro

1. Não ouse em casa
Se for clarear sozinha, opte por loiro-escuro ou neutro. Se escolher um tom quente, como dourado ou mel, pode terminar com um cabelo laranja.

2. Evite produtos com álcool
Cabelo loiro, em geral, fica seco e desbotado. Produtos com grandes quantidades de álcool pioram esse problema. Os principais culpados são os sprays de cabelo, gel e musse.

3. Deixe o platinado pra lá
Mesmo que o loiro palha seja considerado elegante, a realidade é que o tom platinado acentua as olheiras. Solução: pintar o cabelo de dourado e depois fazer algumas luzes mais claras.

4. Vá ao profissional
Se quer a cor dois tons mais clara que a sua natural, vá ao salão. Descolorir sozinha pode deixá-la mais para um loiro-banana do que o mel.

Aprenda alguns truques
Quando a raiz crescer, tente este truque. Compre uma caixa de loiro-cinza escuro e aplique só nas raízes com uma escova de dentes. Não deixe o produto por mais de 3 minutos. Isso quebrará a cor escura da raiz e você ganhará mais alguns dias sem precisar ir ao salão.

Castanho

 1. Combine o castanho com um belo corte
O impacto da nova cor diminui se o cabelo tiver um corte reto e sem balanço. Se estiver curto ou em várias camadas, deixe as pontas claras ou faça luzes.

2. Ao extremo
Os melhores castanhos são os muito escuros ou muito claros. Se o seu natural for um tom médio, você obtém um resultado ruim, porque ele não realça o rosto.

3. Tintura em casa ou no salão?
Um erro comum de colorir em casa é deixar os fios alaranjados, resultado freqüente com tintas de cores muito quentes, como o castanho-dourado. Nesses casos, é melhor comprar uma caixa de marrom neutro e misturar as duas cores. Ou ir ao profissional.

4. Evite o spray
Nada desbota mais os castanhos do que o spray. Se você precisa usá-lo, aplique em seguida um soro capilar.

5. Cuidado com o preto
Se pretende usar um castanho mais escuro que o chocolate, vá ao profissional. Cabelo pintado de preto-azulado não tem volta. Depois disso, para clareá-lo só gastando no salão.

 

 Fonte: http://mdemulher.abril.com.br/