Arquivo da tag: crime

Jamais agredi para machucar, diz Dado Dolabella sobre ex-mulher

Padrão

O ator Dado Dolabella falou pela primeira vez sobre a segunda acusação de agressão feita por sua ex-mulher, Viviane Sarahyba. Em entrevista à revista Veja, Dado nega todas as acusações e afirma que jamais agrediu a publicitária para machucar. Questionado sobre por que Viviane diz ter sido agredida, Dado retrucou. “Desconheço essa pessoa. De repente, pede para me tirar de casa”.

De acordo com a publicação, no pedido de divórcio, há cartas de duas empregadas descrevendo xingamentos, tapas e empurrões do ator na ex-mulher. Em um dos desentendimentos no início do ano, pessoas que trabalhavam na casa de Dado se assustaram com tapas na cabeça e no colo de Viviane, e avisaram ao pai dela, Marco Antonio Medeiros. Antonio chamou a polícia, mas a publicitária não quis prestar queixa. Dado chorou, pediu desculpas e eles acabaram se reconciliando.

Perguntado sobre seu comportamento violento, ele disse: “Não sou uma pessoa de concordar com tudo. A gente tem divergências. Cada um tem interesses diferentes, e eu não sou de acatar tudo o que a pessoa quer que eu faça”.

Ainda no pedido de divórcio, existe um relato de Viviane contando que, dia 13 de agosto, ele teria ficado com o filho deles, João Valentim, 8 meses, das 11h30 às 14h30, na piscina, debaixo de sol forte. Cada vez que a publicitária tentava tirar a criança da água, sofria xingamentos e empurrões.

Ela também teria sido jogada no chão e depois na piscina. Viviane pegou o menino, foi para a casa dos pais e pediu que seu advogado Sérgio Calmon cuidasse da medida cautelar de separação. Sarahyba apresentou fotos de seu corpo marcado, segundo ela, pelas agressões de Dolabella.

Maria Cristina Brito Lima, juíza da 1ª Vara de Família da Barra, ordenou que o ator saísse de casa. “Tenho a consciência tranquila de que jamais agredi a Viviane ou a Luana para machucar. Agora, quer falar que eu bati, quer sair de vítima, isso não é problema meu, entendeu?”, se defende Dado.

Mulher do goleiro Bruno é presa e ele tem prisão decretada pela Justiça do Rio

Padrão

A Justiça do Rio de Janeiro informou à Rede Record que aceitou, no início da manhã desta quarta-feira (7), o pedido de prisão temporária (cinco dias, renováveis por mais cinco) do goleiro do Flamengo Bruno Fernandes, que havia sido feito na noite de terça-feira (6) pelo Ministério Público. A expedição do mandado de prisão foi confirmada pelo chefe de investigações da Divisão de Homicídios, inspetor Guimarães. 

Dayanne de Souza, de 23 anos, ex-mulher do goleiro, foi presa na manhã desta quarta em Minas Gerais, segundo informações passadas à equipe de reportagem da Rede Record que está em frente à Delegacia de Homicídios de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. Por volta das 8h, ela estava a caminho da delegacia. O advogado informou que ainda não sabe em que a Justiça se baseou para decretar a prisão da mulher. Ele protestou contra a prisão e disse que a medida da Justiça é “totalmente desnecessária” porque sua cliente estava cooperando com a polícia desde o início das investigações. 

O jogador de futebol é suspeito de envolvimento no desaparecimento da ex-amante Eliza Samudio, 25 anos. Cerca de seis viaturas da Delegacia de Homicídios do Rio estão concentradas na porta da casa dele, em um condomínio no Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste carioca.

Além do pedido de prisão do casal, o Ministério Público quer que o amigo e funcionário do goleiro, Luis Henrique Ferreira Romão, conhecido como Macarrão, também seja preso. A reportagem do R7 tentou entrar em contato com o advogado do goleiro Bruno, Michel Assef, mas não obteve retorno.

Um jovem de 17 anos, primo do jogador, depôs por mais de sete horas nesta terça e tem um pedido de apreensão contra si sendo analisado. Enquanto a Justiça não dá o seu parecer, o menor segue na Delegacia de Proteção à Criança e o Adolescente, que fica no centro do Rio.

Com a detenção temporária dos três, a polícia e a promotoria esperam garantir a conclusão e esclarecimento das investigações do caso.

De acordo com a polícia, o primo de Bruno declarou em seu depoimento que Eliza Samudio está morta, mas que chegou viva ao sítio do goleiro na cidade de Esmeraldas (MG), após receber uma coronhada do jovem no trajeto entre o Rio e o sítio. O menor, em nenhum momento, citou o envolvimento de Bruno no desaparecimento da ex-namorada.

Convidadas brigam por racismo em plateia de atração da Band

Padrão

Duas mulheres estavam com os nervos à flor da pele, sábado, na gravação do programa de Márcia Goldschmidt, na Band.

Uma delas, que era negra, reclamou que a moça branca estava em lugar privilegiado.

“Por que aquela branquela está na frente?”. E jogou um copo d´água no rosto da outra.

Aí começou o bate-boca, ameaça de chamar a polícia e etc. Para acalmar os ânimos, o segurança falou que uma das duas teria de sair. A que jogou água foi embora batendo o pé.

 

  fonte: http://folhavitoria.com.br

Depois de prisão, Zina é convidado como celebridade vip em evento

Padrão

Marcos da Silva Herédia, o Zina, integrante do “Pânico na TV”, voltou a aparecer em público após ser detido em São Paulo portando cocaína. Após o incidente que ocorreu em 28 outubro, o rapaz havia sumido das festas, se afastado das gravações do programa e ainda não falou com a imprensa sobre o assunto.

De acordo o jornal “Agora São Paulo”, no entanto, agora Zina é convidado especial na matinê do próximo domingo, na balada Cabral, no Tatuapé, em São Paulo. Segundo a publicação, o integrante do humorístico da “Rede TV!” marcará presença como celebridade para tirar fotos e distribuir autógrafos.

 

 Fonte: http://www.folhavitoria.com.br

Danilo Gentili é preso durante reportagem para o CQC

Padrão

O humorista Danilo Gentili comentou há poucos minutos, pelo Twitter, que foi preso enquanto fazia uma matéria para o programa CQC, da Band. Ele contou que foi algemado e ficou quatro horas detido.

Gentili declarou, em entrevista ao portal R7, da Rede Record, que estava disfarçado para realizar uma matéria a respeito da tolerância zero, que tem como base um artigo que considera vadiagem contravenção. O humorista saiu disfarçado de mendigo para ver a reação das pessoas e tentar encontrar alguém que também já tivesse passado por isso. “A policia chegou, me abordou, fui detido e encaminhado para delegacia”, contou.

Rihanna fala pela primeira vez sobre agressão de Chris Brown

Padrão

A cantora Rihanna, 21 anos, falou pela primeira vez sobre a noite em que foi agredida pelo ex-namorado, o rapper Chris Brown, 20. “Isso aconteceu comigo… poderia ter acontecido com qualquer um”, disse ela em entrevista à Diane Sawyer para o programa Good Morning America, que vai ao ar na próxima sexta-feira (6).

Rihanna contou que o incidente foi particularmente difícil por causa do lugar especial que Chris Brown tinha em seu coração. “Ele definitivamente foi o meu primeiro grande amor”.

Em agosto, Brown foi condenado a cinco anos de liberdade condicional e serviço comunitário. A agressão aconteceu em fevereiro, na véspera da entrega dos prêmios Grammy.

Rihanna se prepara para lançar seu quarto álbum, intitulado Rater R, no dia 23 de novembro. A primeira música de trabalho, Russian Roulette, foi lançada na semana passada.

Marido de Claudia Leitte é acusado de agredir jornalista na Bahia

Padrão

Um repórter baiano acusou o marido de Claudia Leitte de tê-lo agredido em uma entrevista coletiva cedida pela cantora na Costa do Sauípe, no último sábado. Claudia estava lançando a nova música de trabalho, As Máscaras, e teria iniciado uma briga com o jornalista. A assessoria da cantora nega a agressão.

Segundo o repórter baiano André Lopes, o marido de Cláudia Leitte, Marcio Pedreira, o teria segurado pelo pescoço e o empurrado contra a parede. O jornalista não confirmou se a cantora teria apoiado a atitude do marido, mas disse que a agressão foi conseqüência de uma discussão que ele teve com Claudia.

O Jornalista e a cantora teriam iniciado uma discussão em meio a uma entrevista que Claudia concedia. André Lopes disse também, que teria sido convidado pela própria Claudia Leitte para participar da entrevista, mas que ela teria iniciado o “bate-boca”, perguntando por que o jornalista não gostava dela, já que sempre a criticava. “Eu falei que não tinha nada contra ela, mas contra os fãs dela. Aí começou o bate-boca.”

O jornalista também afirmou que a cantora teria o acusado de não ter ética e que ele teria falado que na faculdade havia aprendido a ter liberdade de expressão.   “Eu já não tenho um bom relacionamento com Claudia Leitte, ela não gosta das matérias que escrevo no site Universo Axé”, disse.

A assessoria de Claudia nega a agressão de Marcio e afirmou que o marido da cantora apenas teria separado os dois após a discussão. “Em respeito com o público, que aguardava o show de Claudia, Márcio apenas separou os dois, porque eles estavam discutindo e ela precisava começar o show”, confirmou Paulo Roberto Sampaio, assessor de Leitte.

Após agressão, Netinho pagará indenização a Vesgo, do “Pânico na TV”

Padrão

O apresentador Netinho de Paula foi condenado pela Justiça do Rio, em maio deste ano, a pagar uma indenização de R$ 30 mil ao repórter Vesgo, do “Pânico na TV!”. A decisão ocorreu devido a um soco dado por Netinho em Vesgo, durante a festa de premiação do troféu Raça Negra, em 2005.

O sambista, que comanda o “Show da Gente”, no SBT, e é vereador na cidade de São Paulo, entrou com recurso de apelação mas, por unanimidade, o recurso foi negado na última quarta-feira (28).

Representado por Sylvio Guerra, conhecido como advogado das estrelas, o repórter do “Pânico” receberá indenização e Netinho ainda terá que arcar com as custas do processo, despesas dos advogados e multas, resultando em aproximadamente R$60 mil.

Segundo Guerra, a sentença havio sido dada pela Juíza Dra. Maria Luiza Oliveira Sigaud Daniel, e foi confirmada agora pela 14ª Vara Cível, com três votos. Em seu perfil no microblog Twitter, Vesgo afirmou: “vou doar todo o dinheiro”.

 

 Fonte: http://www.folhavitoria.com.br

 

Antes de integrar o “Pânico”, Zina processou RedeTV! por danos morais

Padrão

Marcos da Silva Heredia, o Zina, integrante do “Pânico” que foi detido na manhã desta quarta-feira (28) portando cocaína, processou a Rede TV! por danos morais um mês antes de entrar para a equipe do programa de humor.

Em maio deste ano, ele processou a emissora exigindo ser indenizado em R$ 232,5 mil. Zina alegou que “o seu modo de falar o nome Ronaldo foi alvo de chacota e gozação dos entrevistadores”.

O integrante do humorístico havia sido entrevistado sobre a chegada do jogador Ronaldo ao Corinthians no início de 2009, período em que sua imagem começou a ser usada na atração em forma de vinhetas e sua foto foi estampada em camisetas, vendidas na loja virtual do “Pânico”.

Segundo Alexandre Magno de Toledo Marinho, advogado que representou Zina no processo, a ação foi extinta em junho deste ano após seu cliente integrar a equipe do programa.

“Após a gravação da entrevista, considerada engraçada pelos apresentadores do programa, sem qualquer autorização ou mesmo conhecimento do requerente, a mesma foi veiculada nos programas seguintes e devido ao seu `sucesso´ a imagem e fala do requerente passaram a ser constantemente veiculadas em forma de vinheta nos quadros do programa para reforçar o suposto humor do quadro”, diz o processo.

Consta, também no processo, um laudo médico atestando que Zina tem graves problemas mentais.

Processo Extinto

Zina apareceu pela primeira vez no palco do “Pânico” em 28 de junho e, no dia seguinte, ele pediu para que o processo contra a RedeTV! fosse extinto.

De acordo com o advogado do rapaz, ele pediu a retirada do processo por ter se acertado com a emissora.

Logo depois, os integrantes do “Pânico” lançaram uma campanha para dar uma casa a Zina ainda em junho, quando ele começou a aparecer constantemente em matérias e durante a transmissão do programa da RedeTV!.

Integrante do “Pânico” é detido suspeito de portar drogas em SP

Padrão

Zina, integrante do “Pânico na TV”, que vai ao ar pela Rede TV!, foi detido em São Paulo na madrugada desta quarta-feira (28).

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Militar, o rapaz foi detido após uma denúncia anônima de que um homem estava armado nas proximidades da Capela da Lagoa, no bairro Parque Panamericano.

Ao chegar no local e abordar o suspeito, os PMs descobriram que se tratava do integrante do programa humorístico da Rede TV! e que ele portava cocaína.

A notícia de que Zina estava armado no momento da detenção não foi confirmada. Ele resistiu à prisão e ficou detido na manhã desta quarta-feira (28) no 74º Distrito Policial, em Jaraguá. O fato ocorreu por volta das 7h. Caetano Bedaque, diretor de comunicação da emissora, não confirma que o rapaz tenha sido preso e preferiu não comentar o caso.