Arquivo da tag: dieta

Verão é tempo de hidratação com sucos naturais!

Padrão

Verão é tempo de se hidratar, pois mesmo chovendo está muito abafado. A melhor hidratação é’ a feita com água pura. Mas se você quiser incluir um suquinho natural ao seu lanche da manhã e da tarde, muito cuidado com as calorias. Ele pode ser usado, mas com atenção para não aumentar muito a quantidade calórica da sua dieta.

Pensando nisso, busquei para vocês uma listinha que contém a quantidade calórica dos principais sucos de frutas. É ver para crer.

Todos os sucos estão sem açúcar, podendo adicionar sucralose ou stevia. As calorias são referentes a 1 copo de 300 ml.

Limonada suíça – 38 cal
Melão – 60 cal
Cupuaçu – 72 cal
Morango – 78 cal
Maracujá – 80 cal
Goiaba – 86 cal
Maca com clorofila – 90 cal
Caju – 92 cal
Cacau com morango – 92 cal
Graviola – 94 cal
Melancia com gengibre – 96 cal
Abacaxi com hortelã-  100 cal
Açaí – 116 cal
Laranja com pitanga – 127 cal
Mamão com acerola – 130 cal
Laranja com cenoura e beterraba – 139 cal
Tangerina – 160 cal
Uva verde com água de coco – 184 cal
Laranja com manga – 198 cal
Coco com água de coco – 250 cal

Saiba o valor Calorico e Nutritivo das Frutas

Padrão

 Açaí

   

 Embora venha de longe (da Amazônia), está conquistando o gosto das demais cidades brasileiras.
Há duas variedades de açaí: o roxo e o branco. O roxo tem polpa cor de vinho. Isso justifica o nome do suco que se extrai dessa polpa. Do açaí branco faz se um suco creme-claro.
O conteúdo em fibras é alto, o que favorece o trânsito intestinal.
É rico em cálcio e boa fonte de sais minerais como fósforo e ferro.
Cem gramas de açaí fornecem 247 calorias.

   

 Abacate

   

 Contém boas quantidades de sais minerais como cálcio e ferro. Possui mais gordura que qualquer outra fruta.
Seu acentuado valor energético é relacionado ao seu conteúdo em gorduras, responsável pelo aumento do colesterol HDL (considerado o bom colesterol, pois protege as artérias ao invés de destruí-las).
Cem gramas de abacate fornecem 162 calorias.

   

Abacaxi

   

 O abacaxi, também chamado de ananás e nativo da América do Sul. Seu fruto é, na verdade, uma frutescência, cada gominho e um fruto independente que se juntou com os demais durante o processo de crescimento.
É rico em vitamina C. Contém boas quantidades de sais minerais como cálcio, fósforo e ferro e vitamina A.
O abacaxi facilita a digestão de produtos protéicos como carnes, peixes e aves pela alta porcentagem de celulose.
Cem gramas de abacaxi fornecem 52 calorias

   

Ameixa

   

 Há diversas variedades de ameixa. As mais conhecidas são: a vermelha, a amarela e a roxa.
Contém boas quantidades de minerais como cálcio, fósforo e ferro e vitaminas A, C e do complexo B.
Tem alto poder laxativo.
Cem gramas de ameixa fresca fornecem 47 calorias.

   

Amora

   

 Há amoras brancas e pretas, mas só as segundas são comestíveis. As brancas servem apenas para alimentar animais.
O comércio da amora natural é praticamente inexistente. Em supermercados pode ser comprada sob forma de geléias, compotas ou xaropes.
É rica em cálcio e fósforo. Contem ainda vitaminas A e C.
Cem gramas de amoras fornecem 53 calorias.

   

Banana

   

 Símbolo dos países tropicais e muito conhecida no mundo todo, a banana, fruto da bananeira, é a fruta mais popular do Brasil.
A banana é uma fruta de alto valor nutritivo, muito rica em açúcar e sais minerais; principalmente cálcio e ferro, e vitaminas A, B1, B2 e C.
Existem cerca de cem tipos de banana cultivadas no mundo todo, porém os mais conhecidos no Brasil são:
– banana d’água, fornecendo 87 calorias em cem gramas.
– banana figo fornecendo 90 calorias em cem gramas.
– banana maçã fornecendo 100 calorias em cem gramas.
– banana-ouro, fornecendo 125 calorias em cem gramas.
– banana-prata, fornecendo 89 calorias em cem gramas.
– banana-nanica, fornecendo 87 calorias em cem gramas.
– banana-são-domingos, fornecendo 70 calorias em cem gramas.

   

Cajú

   

 São conhecidas cerca de vinte variedades de caju e classificadas segundo a consistência da polpa, o formato, o paladar e a cor da fruta (amarela, vermelha ou roxo-amarelada, dependendo da variedade).
É riquíssimo em vitaminas C. Rico em vitamina A e do complexo B. Além de boa fonte de sais minerais como cálcio, fósforo e ferro.
É rico em fibras.
Cem gramas de caju fornecem 46 calorias.

   

 Caqui

   

 Atualmente, o caqui é cultivado principalmente nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, sendo o estado de São Paulo o maior produtor.
Sua cor varia do amarelo esverdeado ao vermelho alaranjado. Quando verde ele é amargo e adstringente. Depois de amadurecido, sua polpa fica macia. e muito saborosa. Há algumas variedades de caqui que não tem sementes.
É uma fruta de sabor doce e agradável é rica em vitamina A e C. É fonte de sais minerais como cálcio, fósforo e ferro.
Os mais conhecidos tipos são:
– Caqui Fuyu.
– Caqui chocolate.
– Caqui japonês.
– Caqui rama forte.
– Caqui Kyoto (pouco conhecido em São Paulo).
Cem gramas de caqui fornecem em média 78 calorias.

   

 Carambola

   

 É fonte de vitaminas A e C. fornece ainda sais minerais como cálcio, ferro e fósforo.
Tem sabor agridoce e sua cor varia do verde ao amarelo, dependendo do seu grau de maturação.
A carambola é uma fruta muito bonita e bem diferente, tem uma forma delicada e cinco gomos. Desde pequenas, como miniaturas de cera, mantém sua forma delicada: sempre com cinco gomos longitudinais bastante pronunciados, A polpa da carambola é, em geral, de consistência rígida.
Cem gramas de carambola fornecem 29 calorias.

   

Cereja

   

 A cereja é uma fruta pequena, redonda e comumente vermelha (existem cerejas amarelas e roxas), muito apreciada na Europa.
É fonte de Vitamina A e C. Além de fornecer sais minerais como cálcio, ferro e fósforo.
Pode ser classificada segundo seu grau de acidez. A doce, de polpa macia e suculenta, é servida ao natural, como sobremesa. A ácida, de polpa bem mais firme, é usada na fabricação de conservas, compotas e bebidas licorosas.
Cem gramas de cereja fornecem 63 calorias.

   

Coco

   

 Do coco, tudo é aproveitável. A parte comestível do fruto são a polpa branca e a água, que podem ser consumidas quando o fruto ainda está verde ou depois de maduro.
O valor nutritivo do coco varia de acordo com o seu estado de maturação. À medida que a polpa amadurece, aumenta o seu teor de gorduras. Apresenta bom teor de sais minerais (Potássio, Sódio, Fósforo e Cloro), e fibras, importantes para o estímulo da atividade intestinal.
Cem gramas de coco maduro fornecem 266 calorias e 100 gramas de água de coco 22 calorias.

   

Figo

   

 É rico em sais minerais como cálcio, ferro e fósforo. Boa fonte de vitaminas A e C.
A casca do figo é porosa, e varia de cor segundo a espécie, podendo ser roxa, esverdeada, vermelha e, em alguns casos, amarela. De maneira geral, o figo é consumido ao natural.
Cem gramas de figo fornecem 62 calorias.

   

 Framboesa

   

 A Framboesa é uma fruta pequena, arredondada, de cor vermelho-escura e muito suculenta. É originária da Ásia, onde há mais de duzentas espécies.
Apenas 10 % da produção brasileira é comercializada ao natural. O restante é utilizado para fabricar geléias, doces, compotas e licores.
É rico em sais minerais como cálcio, ferro e fósforo. Contem ainda vitaminas A e C.
É rica em fibras.
Cem gramas de framboesa fornecem 57 calorias.

   

 Fruta-de-conde

   

 Conhecida também como pinha, é uma fruta que contém muito açúcar, portanto não é recomendada para quem faz regime de emagrecimento. O fruto tem casca verde e é coberto de saliências em forma de cone.
Boa fonte de sair minerais como cálcio, fósforo e ferro e de vitamina C.
Cem gramas de fruta-de-conde fornecem 96 calorias.

   

Goiaba

   

 A goiaba é uma fruta fácil de se encontrar em todas as regiões do Brasil. Tem forma arredondada ou ovalada, casca lisa ou ligeiramente enrugada e a cor pode variar entre o verde, o branco ou o amarelo. Conforme o tipo, a cor da polpa também varia entre o branco e o rosa-escuro ou entre o amarelo e o laranja-avermelhado.
É riquíssima em vitamina C. É rica em vitaminas A e do complexo B e de sais minerais como cálcio, ferro e fósforo.
Cem gramas de goiaba fornecem 69 calorias.

   

 Graviola

   

 A graviola é uma fruta tropical de origem americana.
É rica em vitamina C e sais minerais como cálcio, ferro e fósforo. É pobre em vitamina A.
Os frutos tem forma ovalada, casca verde-pálida, são grandes, chegando a pesar entre 750 gramas a 8 quilos e dando o ano todo. Contém muitas sementes, pretas, envolvidas por uma polpa branca, de sabor agridoce, muito delicado e semelhante a fruta-do-conde.
Cem gramas de graviola, fornecem 60 calorias.

   

 Jabuticaba

   

 É fonte de sais minerais como cálcio, ferro e fósforo. Além de vitamina C e vitaminas do complexo B.
A jabuticaba é uma fruta silvestre, de cor roxo-escura ou negra, segundo a variedade da planta, e polpa suculenta, mole e esbranquiçada. Pode ser consumida ao natural ou usada para fazer doce, geléia, licor ou vinho.
Cem gramas de jabuticaba, fornecem 43 calorias.

   

Jaca

   

 É rica em vitamina A, do complexo B, fibras e em sais minerais como cálcio, ferro e fósforo. O fruto é enorme – chega a pesar até 15 kg -, de forma ovalada ou arredondada, e nasce no tronco e nos galhos mais baixos da jaqueira. Cem gramas de Jaca fornecem 61 calorias.

   

Kiwi

   

 O formato do fruto pode ser esférico, ovóide ou alongado. Possui a superfície coberta de pêlos, de coloração marrom parda, geralmente macios. A polpa é suculenta e de cor verde esmeralda que contem muitas sementes com substâncias nutritivas, que não precisam ser retiradas. O fruto é colhido ainda imaturo, pois não amadurece na planta.
Rico em vitamina C, potássio e pectina (fibra solúvel que ajuda a controlar os níveis de colesterol no sangue). O kiwi pode ser consumido cru ou em sucos, sorvetes e saladas.
Cem gramas de kiwi fornecem 67 calorias.

   

Laranja

   

  Laranja é o nome genérico dado a várias frutas que pertencem ao grupo dos citrus (dentro deste grupo estão também o limão, a lima, a cidra, o grapefruit, etc.). Quase todas as variedades de laranja têm forma arredondada, casca fibrosa e polpa suculenta.
Essa fruta é riquíssima em vitamina C e de sais minerais como cálcio, ferro e fósforo. É fonte de vitamina A e do complexo B.
No Brasil, as variedades mais cultivadas e conhecidas são: laranja-da-baia, laranja-pêra, laranja-da-terra, laranja-cavala, laranja-lima, laranja-seleta e laranja natal.
Cem gramas de laranja-da-baia fornece 42 calorias.

   

 Limão

   

 Provavelmente, o limão é a fruta mais conhecida e usada do mundo.
Em geral, todos os tipos de limão têm aspecto semelhante, embora mudem no tamanho e na textura da casca, que pode ser lisa ou enrugada. Quanto à cor, variam do verde-escuro ao amarelo-claro, exceto uma das espécies, que se assemelha a uma mexerica. As variedades de limão mais conhecidas são: limão-galego, limão-sicíliano, limão-cravo e limão-tahiti.
O limão é rico em vitamina C e em sais minerais como o cálcio, fósforo e ferro. É pobre em vitamina A.
Cem gramas de limão fornecem 29 calorias.

   

Maçã

   

 No Brasil, as variedades de maçã mais conhecidas são a amarela ou dourada, a vermelha e a verde.
Fruta das regiões temperadas, a maçã, além de saborosa, tem considerável valor nutritivo. Contém vitaminas B1, B2, Niacina e sais minerais como Fósforo e Ferro.
Dentre as variedades, podemos citar:
– Estrangeiras: Starkinson, New Zealand, Golden, Hungara, Red Del (EUA), Francesa, Red Canada, Granny Smith, Red Espanhola, Red Del (Chilie).
– Nacionais: Anna, Eva, Brasil, Fuji, Gala, Granny Smith, Golden, Melrose.
Cem gramas de maçã fornecem 58 calorias.

   

 Mamão

   

  É encontrado durante o ano todo e, dependendo da variedade a que pertence, tem tamanho, peso, sabor e cor diferentes. A polpa, macia e muito aromática, também varia de cor, entre o amarelo-pálido e o vermelho, passando por diversos tons de laranja e salmão.
É rico em vitaminas A, C e do complexo B. é fonte também de sais minerais como cálcio, ferro e fósforo.
O formato do mamão varia segundo a espécie. O mamão-da-baía é alongado, lembrando uma grande pêra. O mamão-da-índia tem saliências no sentido longitudinal. O mamão-macho, também conhecido como mamão-corda, é fino e comprido. O mamão-fêmea é bem maior e com forma arredondada. O mamão papaya tem formato periforme e de tamanho reduzido, porém mais adocicado. O mamão formosa rico em betacaroteno (responsável pela formação de vitamina A no organismo).
Cem gramas de mamão, fornecem 32 calorias.

   

Manga

   

 As mangas variam muito de tamanho, cor e forma, mas quase todas apresentam polpa suculenta e sabor definido.
No Brasil, existem cerca de quinhentas variedades de manga, entre as quais as mais conhecidas são:
– Manga-coquinho – de cor verde-amarelada, pequena e arredondada, muito doce e quase sem fibras.
– Manga-haden – grande, de cor vermelho-amarelada, em forma de coração, doce e sem fibras.
– Manga-rosa – um pouco menor que a manga-aden, de cor amarelo-rosada e polpa fibrosa.
– Manga-espada – de forma alongada e achatada nos lados, cor verde (mesmo quando madura) e polpa muito fibrosa.
– Manga-coração-de-boi – muito parecida com a manga-bourbon, tem forma de coração, grande, de cor amarelo-esverdeada e polpa sem fibra.
– Manga Tommy atkins – apresenta a polpa de cor amarelo-escura, e com textura firme e consistente, com fibras finas e abundantes.
É rica em vitaminas A, C e do complexo B. Boa fonte de sais minerais como cálcio, ferro e fósforo.
Cem gramas de manga fornecem 59 calorias.

   

Maracujá

   

 É rico em vitaminas A, C e do complexo B. É fonte de sais minerais como cálcio, ferro e fósforo.
Os poderes sedativos do maracujá são bastante conhecidos. Ele funciona no organismo como um suave calmante.
Existem muitas espécies de maracujá, que variam de tamanho e cor. Entre as mais conhecidas encontram-se: maracujá mirim, maracujá melão, maracujá do igapó, maracujá guaçu e maracujá comprido.
Cem gramas de maracujá fornecem 90 calorias.

   

 Marmelo

   

 O marmelo é uma fruta ácida (mesmo depois de cozida), de perfume forte, mas agradável, e de polpa dura. Geralmente, o marmelo não é consumido ao natural. No entanto, é uma fruta ótima para fazer doces em pasta (marmelada) ou geléia, xaropes e licores.
O marmelo cru é uma boa fonte de vitamina C, mas, durante o cozimento, se perde grande parte dessa vitamina. Também contém vitaminas do complexo B e alguns sais minerais.
Cem gramas de marmelo fornecem 63 calorias.

  Melão

   Tem forma variável, podendo ser redondo, oval ou alongado, mas em geral todos os tipos têm entre 20 e 25 cm de diâmetro.
A cor da casca varia do verde ao amarelo e a da polpa também muda segundo o tipo, havendo melões amarelados, esverdeados e esbranquiçados.
É rico em vitamina A e boa fonte de vitaminas C e do complexo B. É fonte de sais minerais como cálcio, ferro e fósforo.
Cem gramas de melão fornecem 25 calorias.

 

    Melancia

   Fruta pode ser arredondada ou alongada, com tamanho variável entre 25 e 75 cm. casca é lisa, lustrosa, verde-clara, com estrias de um verde mais forte no sentido do comprimento. Sua polpa é vermelha, com muitas sementes, achatadas e pretas.
A melancia é fonte de vitaminas A, C e do complexo B. além de sais minerais como cálcio, fósforo e ferro.
Cem gramas de melancia fornecem 22 calorias.

 

    Morango

   O morango é uma das frutas mais conhecidas no mundo.
É rico em vitamina C e boa fonte de vitaminas A e do complexo B e de sais minerais como cálcio, ferro e fósforo.
Por ser fruto rasteiro, convém lavá-los cuidadosamente para eliminar eventuais impurezas.
Cem gramas de morango fornecem 36 calorias.

 

    Nectarina

   A nectarina é uma fruta que resulta do cruzamento do pêssego com ameixa vermelha.
É rica em vitamina A. boa fonte de vitaminas C e do complexo B, além de sais minerais como cálcio, ferro e fósforo.
Cem gramas de nectarina fornecem 64 calorias.

 

    Nêspera

   A nêspera é uma fruta pequena, de cor amarela e casca aveludada, erroneamente chamada de ameixa-amarela ou ameixa-japonesa.
É rica em vitaminas A e C e sais minerais, como cálcio e fósforo. A nêspera é consumida ao natural ou em saladas, misturada com outras frutas.
Cem gramas de nêspera, fornecem 44 calorias.

 

    Pêra

   Com seu sabor delicado e baixo valor calórico a pêra é muito apreciada no Brasil.
Contém quantidades razoáveis de vitaminas A, C e do Complexo B.É fonte também de sais minerais como Sódio, Potássio, Cálcio, Fósforo, Enxofre, Magnésio, Silício e Ferro.
É rica em fibras.
Cem gramas de pêra, fornecem 56 calorias.

 

    Pêssego

   Há várias espécies de pêssego que, segundo a variedade, tem forma arredondada ou alongada. A pele da fruta é aveludada, de cor que varia entre o branco, o amarelo e o vermelho.
É rico em fibras, importantes para o bom funcionamento do intestino.
Possui apreciável teor de vitaminas A, C e D e sais minerais (principalmente potássio).
Cem gramas de pêssego fornecem 43 calorias.

 

   Pitanga

   O fruto da pitanga apresenta-se em forma de bagas, achatadas nos dois pólos e divididas em gomos salientes. A fruta corresponde a uma única semente, redondo-achatada, coberta por uma pele fina e uma coloração vermelho-lustrosa, quando madura.
É rica em vitamina A e em sais minerais principalmente o fósforo. Boa fonte de vitamina C e do complexo B.
Cem gramas de pitanga fornecem 38 calorias

 

    Tamarindo

   É um fruto originário da Índia, como o diz o nome: tâmara da Índia.
Sua polpa avermelhada, fibrosa, de gosto agridoce, com alto teor de ácido tartárico (um estimulante das glândulas salivares). É rico em sais minerais, como cálcio, fósforo, ferro e cloro.
Cem gramas de tamarindo fornecem 272 calorias.

 

    Tangerina

   A tangerina, conforme a variedade, é chamada de mexerica, mexerica cravo, polkan e polkan extra.
O valor nutritivo também varia de acordo com a espécie, mas é sempre fonte apreciável de vitaminas A, B e C, e em menor grau de sais minerais como Cálcio, Potássio, Sódio, Fósforo e Ferro.
Cem gramas de tangerina fornecem 43 calorias.

 

    Uva

  A uva é uma das mais antigas e abundantes frutas do mundo. A maior parte de sua produção é fermentada para produzir o vinho.
Pode ser encontrada em diferentes tonalidades de amarelo, de verde, de rosa, de roxo e até mesmo de preto. No Brasil, especialmente nos Estados de São Paulo e Rio Grande do Sul, são cultivadas algumas variedades de uva, como a niágara-rosada (a mais consumida), a niágara-branca, a moscatel comum, a moscatel de hamburgo, a moscatel rosada,a itália e a rubi.
É fonte de vitaminas A, C e do complexo B e de sais minerais.
Cem gramas de uva fornecem 68 calorias.

Veja como conquistar uma barriga de “tanquinho”

Padrão

 

Qual o homem que nunca desejou ter uma barriga sarada, toda cheia de gominhos? A aparência de “tanquinho”, além de atrair a mulherada, pode ainda ser sinônimo de qualidade de vida, pois fortalece a musculatura da região.

Segundo o educador físico Wilmar dos Santos Villas, o homem é mais agressivo do que a mulher durante o treino, devido � quantidade de testosterona. “É uma questão hormonal mesmo”, comenta. Além de dar um gás durante o treino é esse o hormônio que ajuda na facilidade que o homem tem em ‘definir’ os músculos do corpo. “Com raras exceções, mesmo que um homem e uma mulher tenham exatamente o mesmo treino e a mesma alimentação, é o homem quem define primeiro”, conta Villas.

Os músculos do abdome são exercitados por meio de séries de abdominais repetidas e diferentes. “Toda série de abdominais trabalha os músculos da região abdominal. A diferença é que as séries enfocam músculos diferentes da região, mas sempre trabalhando todos eles”, explica.

Villas recomenda duas séries de 20 repetições de dois tipos diferentes de abdominais para quem está apenas começando, de duas a três vezes por semana. Com o tempo, o ideal é que a dificuldade dos exercícios seja aumentada.

Cuidados durante o treino de abdominais
Assim como qualquer outro exercício físico, um médico deve sempre ser consultado antes do início dos treinos. Mas é importante que alguns cuidados sejam sempre tomados. São eles:

– trabalhe sempre respeitando seu nível de aptidão física.
– mantenha uma distância entre o queixo e o peito de, aproximadamente, um punho fechado.
– mantenha os cotovelos afastados um do outro (distância máxima que você, com o perto aberto, conseguir).
– mantenha a região baixa das costas sempre no chão.
– evite movimentos muito rápidos. O ideal é que você mantenha um ritmo de moderado a lento.
– começe os exercícios sem carga e vá acrescentando conforme for adquirindo resistência.
– respire sempre de forma adequada: expire na fase de subida e inspire na fase de descida.

Mate a vontade de comer bobagem sem engordar

Padrão

Uma lista cheia de guloseimas deliciosas, com 100 calorias no máximoA primeira medida que muita gente faz quando decreta a dieta é elevar doces, massas e tudo que não é light para a categoria dos alimentos proibidos. Comê-los significa centímetros a mais na silhueta. Mas será que essa regrinha é de fato verdadeira? Bem, as estatísticas demonstram que regimes radicais contribuem para aumentar a ansiedade e a irritação.
A maior conseqüência é que você joga tudo para o alto antes de completar uma semana de programa alimentar.

Permita-se cair em tentação uma vez ou outra. “Toda dieta drástica é mais difícil de ser seguida. Não precisa ficar em abstinência total” , explica a nutricionista Selva Fierro, da consultoria em alimentação Setha, de São Paulo. Quando não estiver resistindo, coma um pedaço pequeno da sobremesa ou uma porção menor da massa. E, quando tiver mais opções, opte pela alternativa menos calórica. O segredo é a moderação , explica a nutricionista.

Foi pensando nisso que preparamos uma lista de guloseimas que chegam a, no máximo, 100 calorias. Numa dieta de 1200 calorias diárias, isso equivale a 8,3% do seu consumo calórico. Com um pouco de movimento e nem precisa ser malhando na academia você pode torrar esse pequenos pecados.

Tabela de delícias permitidas

Salgados
Brioche (30 g): 80 Kcal
1 Polenguinho: 60 Kcal
Esfiha fechada de verdura (60 g): 67 Kcal
Marisco com limão (50 g): 50 Kcal
2 califórnias: 66 Kcal
1 missoshiro: 90 Kcal
1 porção de shimeji com manteiga: 80 Kcal
Bruschetta sem mussarela: (50 g) 75 Kcal
Crostine com sal e alecrim: (50 g) 55 Kcal
1 fatia (50 g) de rosbife magro: 83 Kcal
2 col. (sopa) de tremoço: 44 Kcal
1 porção de picles: 40 Kcal
1 fatia média de torta de queijo: 93 Kcal
2 col. (sobremesa) de patê de presunto: 42 Kcal
2 pães de queijo: 96 Kcal�

Doces
1 Danoninho de chocolate: 60Kcal
2 brigadeiros médios: 100Kcal
1 chocolate Baton, Garoto: 90 Kcal
Barra de chocolate Maxi, Bauducco: 90 Kcal
1 docinho Beijinho (20 g): 68 Kcal�
Sorvete Carte Dor Coco com Doce de Abóbora, Kibon (40 g): 78 Kcal
Sorvete misto (creme e chocolate) na casquinha McDonalds: 100 Kcal Sorvete Napolitano Light Kibon (100 g): 76 Kcal
Gota de chocolate branco Kisses (1 unidade): 25 Kcal
Bola de sorvete de chocolate (40 g) e 1 col. (sopa) de Kcalda: 99 Kcal
1 alpino: 70 Kcal
1 minibiscoito de amaretto 53: Kcal
1 chocolate Surpresa Bichos, Nestlé: 70 Kcal
1 Chokito: 71 Kcal
1 fatia de marrom glacê: 100 Kcal
3 biscoitos maisena: 66 Kcal

Bebidas
1 capuccino com chantilly e adoçante (50 ml): 98 Kcal
1 cappuccino pequeno com açúcar: 93 Kcal
1 copo (100 ml) de coquetel de frutas: 78 Kcal
Suco de Uva Del Valle Light: 59 Kcal
Suco de melão (300 ml): 80 Kcal
Água-de-coco (200 ml): 48 Kcal
Taça de champanhe (100 ml): 70 Kcal
Para gastar fácil:

Calorias gastas por atividade
Costurar: 48
Cozinhar: 87
Descer escadas: 210
Subir escadas: 108
Dirigir:66
Lavar louça:78
Lavar roupa:78
Dormir:30
Passar roupa:66
Escrever a mão:48
Falar:42
Fazer compras:72
Fazer sauna a vapor:114
Fazer sauna seca:102
Fazer sexo:144
Jogar bilhar:81
Jogar boliche:90
Jogar videogame:54
Ler:48
Tomar sol:36

36 dicas para começar o ano (e a dieta) com o pé direito (Ano Novo)

Padrão

Você picou a dieta e jogou os pedacinhos de papel pela janela na virada do ano, certo? Tudo bem, agora você tem 36 ótimas oportunidades de começar tudo de novo e transformar 2007 no ano da boa forma. A seguir, a nutricionista do Minha Vida, Roberta Stella, reúne três dúzias de dicas simples e deliciosas para você passar o ano inteiro com tudo em cima e até arriscar uma ceia mais caprichada no próximo Natal, sem culpa.   

1)) Nada de se desesperar: esqueça as dietas muito restritivas ou que prometem um grande emagrecimento em um período pequeno de tempo. A longo prazo o resultado é desastroso.

2)) Comece fazendo um diário com os alimentos que você ingere todos os dias. Você perceberá os erros e se autocorrigirá. Além disso, só o fato de fazer o controle, fará com que você coma menos alimentos calóricos demais, tipo chocolates, doces e salgadinhos.  

3)) Estabeleça uma rotina alimentar.

4)) Estipule cinco refeições por dia, com horários para que elas aconteçam. E cumpra.

5)) Analise os rótulos dos alimentos. Muitas vezes, os alimentos light contêm uma pequena diferença na quantidade calórica, que nem compensa a troca.

6)) Prefira os alimentos integrais. Eles contêm mais nutrientes e fibras, que fazem um bem danado para o seu organismo. 

7)) Opte por leites e derivados desnatados. A menor quantidade de gordura significa menos colesterol e calorias na sua alimentação.

8)) Cuidado com os embutidos (mortadela, salame, presunto). Eles carregam uma quantidade considerável de gordura, colesterol e sódio.

9)) Escolha embutidos com menor quantidade de gordura como, por exemplo, o peito de peru.

10)) Não fique mais do que 4 horas sem se alimentar.

11)) Faça lanchinhos entre as refeições, hábito essencial para uma alimentação saudável.

12)) Para esses lanches, opte por alimentos fáceis de serem obtidos e carregados na bolsa, como iogurte, barrinha de cereais, frutas e bolacha salgada.

13)) Coma pelo menos 2 frutas por dia.

14)) Consuma as frutas (maçã, pêra, uva) com casca. 

15)) Saladas e legumes devem fazer parte da sua alimentação diária.

16)) Evite preparações altamente calóricas como gratinadas, fritas, à parmegiana, à milanesa e quatro queijos.

17)) Tempere as saladas com suco de limão e vinagre.

18)) O azeite tem gorduras boas para o coração. Mas isso não quer dizer que ele não seja calórico. Se a intenção é emagrecer, use com muita moderação.

19)) Doces devem ser evitados, principalmente bolos recheados, tortas, bomba de chocolate.

20)) Prefira os sanduíches naturais aos oferecidos pelos fast-foods. 

21)) Atum e sardinha em conserva são ótimos para uma salada ou um sanduíche. Mas lembre-se: utilize a versão light, conservada em água, não em óleo.

22)) Prefira as carnes menos calóricas, como peixe, frango e cortes magros de carne bovina.

23)) Retire a pele do frango.

24)) Cuidado com os molhos à base de maionese para temperar saladas.

25)) Prefiras os picolés ao sorvete de massa.

26)) Sucos naturais são uma ótima pedida para se refrescar. 

27)) No verão, abuse da água de coco.

28)) Evite bebidas gaseificadas, mesmo as que não contêm calorias, como água e refrigerantes light.

29)) Durante a refeição, beba somente um copo pequeno (200 ml) de líquidos. Assim a digestão não ficará prejudicada.

30)) Um grama de álcool tem 9 calorias. Já um grama de carboidratos ou proteínas contém apenas 4 calorias: ou seja, aquele copinho de cerveja engorda bem mais do que um pedaço de pão. Portanto, evite as bebidas alcoólicas se o objetivo é emagrecer. 

31)) Se for a um barzinho, evite os petiscos fritos, amendoins e castanhas de caju.

32)) Não vá ao supermercado com fome. Isso somente fará com que não resista quando passar pela gôndola de doces e salgadinhos.

33)) Beba muita água, pelo menos, 2 litros por dia.

34)) Cuidado com o café. Beba, no máximo, 4 xícaras por dia.

35)) Inicie a refeição com um prato grande de saladas (folhas e legumes cozidos).

36)) Se exagerar em algum dia, não desista. Recomece novamente no dia seguinte.

SALADAS QUE ENGORDAM

Padrão

 

É só pensar em dieta que todo mundo já lembra da famosa e velha saladinha. Mas, o que muitas pessoas nao sabem, é a quantidade de calorias que esse prato, aparentemente inocente, pode esconder.
Fundamentais para o bom funcionamento do corpo, as frutas, legumes e verduras possuem grande parte dos nutrientes necessários ao indivíduo. Por isso, preste muita atençao nos ingredientes que você vai incluir na salada para nao transformá-la numa fonte de gordura e, dessa forma, estragar o regime que durou meses:


* Carne Vermelha e Frango

Sempre que for utilizá-las, retire a gordura e a pele antes do preparo, pois sao ótimas fontes de colesterol e gorduras saturadas (difíceis de serem digeridas).

Só para ter uma idéia, uma porçao (100 gramas) de carne de boi possui 140 calorias, enquanto que uma colher de sopa de ervilha tem 18 calorias. Ambos os alimentos sao fontes de proteínas e, embora nao seja recomendado substituir totalmente um alimento, pode-se reduzir a quantidade de um e aumentar a quantidade de outro.


* Queijos

Quanto mais amarelo o queijo, mais colesterol, gordura e sal ele possui. Portanto, dê preferência ao queijo branco, ricota, cottage ou mussarela de búfala.


* Embutidos / Enlatados

Fique longe do presunto, lingüiça, salsicha e mortadela e substitua-os pelo peito de peru, peito de chester e salsicha de peru light.

Por ser peixe, muita gente se engana em relaçao ao teor calórico do atum enlatado. Portanto, deve-se ter cuidado, pois aqueles conservados em óleo fornecem mais calorias; e, aqueles mantidos em água e sal, podem prejudicar quem tem pressao alta.


* Gema de Ovo

Devem ser consumidas moderadamente em funçao da taxa de colesterol que possuem. A quantidade ideal gira em torno de duas a quatro gemas por semana. 

FONTE/AUTOR: Redaçao do Saúde Informaçoes

Ex-BBB pretende perder 14 kg em novo reality show

Padrão

Há uma semana, a balança confirmava: a ex-BBB 9 e atual apresentadora da Rede TV! Ana Carolina Madeira ostentava 70,55 kg distribuídos por 1,70 m. Insatisfeita com seu peso, a loira teve a ideia de registrar seu esforço para se livrar das gordurinhas a mais num quadro do programa feminino Manhã Maior, comandado por Arthur Veríssimo, Daniela Albuquerque e Keila Lima. Corra, Ana, Corra! estreou na quinta-feira, dia 26 de novembro, e segue toda semana até ela alcançar sua meta: 56 kg. Em entrevista ao R7, Ana Carolina contou como perderá os 14 kg na silhueta.
 
– Não gosto de malhar. Então, estou experimentando outros tipos de exercício físico, como caminhada, corrida, andar de bicicleta, pilates e até aula de circo. Fiz uma reeducação alimentar e em uma semana já perdi 1,5 kg! 
 

O quadro funciona como um reality show, acompanhando o dia a dia da apresentadora. Mas não são 24 horas por dia.
 
– Me filmam quando eu vou ao mercado fazer compras, quando eu vou na clínica de estética, quando estou me alimentando e fazendo as atividades físicas, mas não é o dia inteiro. Eu preciso ter a minha vida também.
 
Quando Ana Carolina viaja, ela mesma grava as cenas, com o auxílio de uma câmera portátil em alta definição.
 
– Agora, por exemplo, estou em Florianópolis. Vim cuidar de um cachorro meu que está doente. Como não posso descuidar do meu esforço para emagrecer, gravo tudo. O cinegrafista fica direto só em São Paulo, onde estou morando atualmente.
 
Mas a pergunta que não quer calar é: por que ela decidiu emagrecer?

– Todo mundo que trabalha na televisão é magro. Pessoalmente, mais ainda, já que o vídeo engorda. Não estou gorda, mas na TV eu apareço gorda. As pessoas quando me veem nas ruas falam que eu não sou tão gordinha quanto aparento na TV.
 
Para conquistar a nova silhueta, Ana Carolina foi até um médico e não está tomando remédios para emagrecer.
 
– O médico quer que eu perca 8 kg, mas por questões de estética posso perder os 14 kg que eu quero. Estou tomando muito cuidado com a alimentação. Não como mais macarrão, pão nem arroz à noite e coloquei legumes na minha vida, que quase não comia. Sofri muito no começo, mas estou com muita força de vontade.
 
Mesmo com as férias coletivas na Rede TV!, a partir do dia 18 de dezembro, o esforço de Ana não vai parar. Ela vai viajar de férias para os Estados Unidos e vai continuar registrando tudo com sua microcâmera. Na volta, em janeiro, ela mostra as imagens, e seu quadro vira mensal. Até perder os tais 14 kg.