Arquivo da tag: dinheiro

Justiça dá a Sthefany Britto 20% dos ganhos de Alexandre Pato

Padrão

A separação de Sthefany Britto e Alexandre Pato, que corre em segredo de Justiça por ser litigioso, ganhou mais um capítulo.

A juíza Maria Cristina de Brito Lima concedeu uma nova pensão provisória no valor pedido pela atriz “sem prejuízo” à decisão anterior, que já dava R$ 5 mil.

Em maio, o jogador entrou com uma ação de oferecimento de alimentos de R$ 5 mil durante um ano, voluntariamente. O juiz Antônio Aurélio Abi Ramia Duarte aceitou o valor e fixou o provisório na forma ofertada por Alexandre Pato, embora Sthefany tivesse achado absurdo, o que levou o advogado da atriz, Ricardo Brajtermann, a entrar com uma reconvenção, pedindo 20% sobre os ganhos do atleta Milan.

Agora, a juíza da 1ª Vara de Família da Barra da Tijuca aceitou o pedido de Brito.

A juíza Maria Cristina de Brito Lima fixou, por tempo indeterminado, os alimentos provisórios da atriz em 20% sobre os ganhos e contratos firmados por Pato. Com isso, a atriz passa a receber um percentual do salário do jogador no Milan, como também sobre qualquer contrato com outro clube ou de publicidade que Alexandre Pato assinar.

De acordo com o jornal italiano “Corriere della Serra”, o salário de Pato é estimado em 4 milhões de euros por ano, algo em torno de R$ 8,9 milhões. Assim, Sthefany teria direito a R$ 1,78 milhões anuais ou R$ 148 mil por mês.

Adriana Bombom revela que não recebeu sua parte na separação

Padrão

Após nove meses de separação, Adriana Bombom ainda passa sufoco para receber de Dudu Nobre parte dos bens que são, segundo ela, seus por direito. A dançarina contou ao R7 que tenta, junto com as filhas, Thalita e Olívia, se adaptar a nova realidade.

As três deixaram a mansão onde moravam com o pagodeiro, no Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste do Rio, para morar num apartamento alugado, na Barra da Tijuca, também na zona oeste.

– Estamos aguardando o dinheiro da venda da casa para começar algo novo. É um momento delicado. Estamos nos adaptando. Tenho feito o possível para que as minhas filhas não sintam essa nova fase.

Na entrevista, Bombom ainda disse que sempre foi uma mãe dedicada e sempre esteve ao lado das filhas, ao contrário de Dudu, que de acordo com a dançarina, é um pai mais ausente.

– O Dudu que não ficava quase com as crianças. Todas às vezes que precisei ficar longe delas foi para trabalhar.

Casal faz filme pornô para pagar o casamento dos sonhos

Padrão

Vale tudo para concretizar um sonho? O casal britânico Lisa Brand e Tommy Barnes acham que sim. Os dois já fizeram três filmes pornográficos e pretendem participar de mais quatro para fazer a cerimônia de casamento que sempre quiseram em Cancun, no México, no próximo mês de junho.

O casal, que tem quatro filhos, já se fingiu de fotógrafo e modelo de lingerie em um dos filmes e também apareceu em um ménage.

Barnes deixou até mesmo a mulher depilar seu peito cabeludo com cera quente, para simular uma cena de um filme da Madonna.

Lisa diz ao jornal The Sun que contou para os amigos e para a família sobre sua nova profissão.

– Eles nos entendem. Sabem que sempre foi nosso sonho fazer um casamento como nos contos de fadas.

Barnes diz que o que fazem é algo que ficará guardado para sempre.

– São os nossos cinco minutos de fama. Algo que nos lembraremos quando ficarmos mais velhos. Além do que, foi algo que nos deixou ainda mais juntos.

Luva de Michael Jackson é leiloada por 350 mil dólares

Padrão

Uma das mais famosas luvas brancas de Michael Jackson foi leiloada e como as outras superou as expectativas de seus vendedores. Mas o item arrematado no sábado, em Nova Iorque, foi muito além do esperado, conseguindo um cheque de seis dígitos.

Pois é, leitor. A luva usada pelo Rei do Pop na primeira vez em que fez o moonwalk, em 1983 estava avaliada em 60 mil dólares, mas foi leiloada por 350 mil.

De acordo com site “Fox 23”, o fã Hoffman Ma, de Hong Kong, ainda vai ter que desembolsar mais 70 mil dólares, devido a taxas e impostos.

Simpatia para Arrumar Emprego e para não faltar Dinheiro em Casa

Padrão

Sabemos que a sorte e a conquista de algum objetivo é uma das virtudes mais desejadas pelos seres pensantes do mundo. Quando temos sorte é por que poucas coisas nos faltam. Mas… Quando falta, será por quê? Destino, karma, falta de sorte. Somente quando alguma coisa não vai bem é que tentamos de tudo principalmente as populares simpatias.

Mas temos que acreditar, ter algumas regras, pois a sorte e o resultado não vêm sozinhos, depende de sua atitude mental, principalmente do pensamento da vontade e da fé. Lembre-se que todos têm direito a sorte. Portanto tente com fé mudar alguma coisa em sua vida, mesmo que seja através de uma simpatia, pois é simples, fácil. A sorte existe e com certeza está ao alcance de todos.

Para arrumar emprego

Pegue uma maçã, enfie dois pregos novos em cada um dos lados como se fosse uma antena de tv. Em seguida enterre-a num jardim próximo de sua casa. Quando conseguir o emprego desenterre-a, retire os pregos e jogue tudo em água corrente.

Para não faltar dinheiro em casa

Arrume um vaso e plante um brotinho de guiné no meio de um triângulo feito com três moedas, e diga todos os dias: Guiné… Guiné cresça e contigo cresça também o meu dinheiro.

Dica: É bom dizer esta frase ao sair para o trabalho.

“Vem, pede nossa grana e aí?”, reclama integrante do “Pânico” sobre Madonna

Padrão

O humorista Evandro Santo, que interpreta o personagem Christian Pior no “Pânico na TV”, desabafou em seu site pessoal sobre a postura de Madonna no Brasil. Fã confesso da cantora, Evandro ainda não conseguiu entender os projetos da popstar em terras brasileiras.

“Amo a Madonna de verdade, desde 1985. Mas, acho uma folga dela não dar uma coletiva sobre os seus projetos sociais. Vem, pede nossa grana e aí?”, indagou o humorista, que disse também:

“Não faz a simpática, (tem) um puta esquema de segurança, que faz sentido, é verdade, mas pô, uma (entrevista) JB, Veja, Folha de São Paulo, algo que pudéssemos entender”, reclamou Santo.

Segundo o colunista Bruno Astuto, Madonna veio ao Brasil para arrecadar US$ 10 milhões para expandir sua ONG “Sucess For Kids” por aqui. O jornalista afirma também que na noite desta quinta-feira (12) a diva tem um jantar agendado na mansão do empresário Eike Batista, que servirá um cardápio francês para 20 convidados, entre eles o Governador Sérgio Cabral com Adriana Ancelmo, o Prefeito Eduardo e Cristiane Paes e até o apresentador Luciano Huck e a mulher Angélica.

 

 Fonte: http://www.folhavitoria.com.br

Jornal indenizará a atriz Maitê Proença em R$ 70 mil, diz STJ

Padrão

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) reduziu para R$ 70 mil o valor que Maitê Proença receberá de indenização, após a publicação indevida de fotos da atriz na primeira página do jornal “Zero Hora”.

As duas imagens foram publicadas na edição dominical do jornal, em 29 de setembro de 1996, com Maitê Proença seminua, originalmente em um ensaio feito para a “Playboy” de agosto daquele ano. Inicialmente, um primeiro julgamento estipulou o valor de R$ 250 mil, no entanto, o Tribunal de Justiça reduziu a indenização para R$ 140 mil.

De acordo com o STJ, o relator do processo ressaltou que o valor da indenização deve ser reduzido ainda mais, pelo fato de as imagens terem sido publicadas nacionalmente por outro veículo. “Não há dúvida de que houve uso indevido da imagem”, comentou o ministro. “A empresa recorrente pede somente a redução da indenização”, ou seja, o “Zero Hora” assume que fez uso indevido das fotos.

 

 Fonte: http://www.folhavitoria.com.br/site/

Panicat nega divisão de cachê da Playboy com integrante do “Pânico”

Padrão

Após boatos de que Juliana Salimeni, assistente de palco do “Pânico na TV”, embolsaria apenas metade do cachê fruto de seu ensaio para a edição de janeiro da “Playboy”, caíram como bomba nos bastidores da Rede TV!. Foi divulgado na coluna Diário da Fama, do jornal Diário de São Paulo, que a Panicat teria sido obrigada a entregar parte do dinheiro para um dos integrantes do humorístico e, segundo a publicação, a mesma regra vale para toda Panicat que decidir posar nua.

A modelo Juliana Salimeni, no entanto, procurou o R7, megaportal da Record, e desmentiu os boatos. “Isso é ridículo. Nenhuma das meninas do programa têm que dar porcentagem de trabalhos feitos fora daqui. Quando fechamos qualquer contrato quem ganha um percentual é o nosso empresário. Não há relação com as pessoas da emissora”.

Alan Rapp, diretor do “Pânico na TV!”, chegou a telefonar para a assistente de palco para saber o que aconteceu. “Ele ficou chateado e me ligou para prestar apoio. Essa história não tem o menor cabimento. Fiquei muito triste”. Sem revelar detalhes sobre o ensaio, Juliana Salimeni contou ao R7 que receberá R$ 200 mil para estampar a capa da revista masculina. “O que posso dizer é que terá relação com o verão e o mar”.

 

 Fonte: http://www.folhavitoria.com.br/site/

Participantes ficam revoltados ao pagar para entrar no auditório do Pânico na TV

Padrão

Participantes de uma das caravanas que veio do interior de São Paulo, domingo, para fazer parte do auditório do Pânico, mas ficaram revoltados. 

Foi o maior barraco na porta da Rede TV!. Chegaram a cobrar até R$ 120 por pessoa. Teve um que estava revoltado, fazendo ameaças. “Vou denunciar na Sonia Abrão!” 

Alan Rapp, diretor do Pânico, diz que desconhece o assunto e que não é a produção do programa que cuida das caravanas. “Tem um caravanista na Rede TV! que faz essa parte.” 

A assessoria da emissora não comentou o assunto. Na Globo, por exemplo, isso é proibido, apesar de que já teve gente tentando fazer a mesma coisa nos programas de Faustão, Xuxa e Luciano Huck. A entrada era de R$ 50. Mas tudo foi feito sem a Rede Globo tomar conhecimento.

Crise nos EUA: entenda quando começou e como nos afeta

Padrão

Os primeiros sinais da atual crise financeira mundial surgiram em 2004, quando devido a alta dos juros nos Estados Unidos, houve um aumento da inadimplência no mercado imobiliário americano. Esta crise no mercado imobiliário está diretamente relacionada com a inadimplência em empréstimos do tipo subprime (crédito de risco hipotecário), que se alastrou para várias instituições financeiras que quebraram.

 

O resultado foi que, com a falência destas instituições, houve uma crise de confiança no mercado e os bancos congelaram os empréstimos para evitar calotes.

 

A crise no setor imobiliário norte-americano prosseguiu pelos anos seguintes com perdas significativas em título ligados a hipotecas. Mas o momento mais agudo ainda estaria por vir. No início de setembro, as empresas hipotecárias americanas Fannie Mae e Freddie Mac revelaram que poderiam quebrar e receberam uma ajuda financeira do Tesouro Americano, que procurava contornar a situação.

 

Em seguida, o banco Lehman Brothers, que não obteve a ajuda do governo norte-americano pediu concordata. A venda do Merrill Lynch ao Bank of America, a ajuda bilionária à seguradora AIG, e a venda do Wachovia ao Citigroup, completaram o quadro de agravamento da crise. Quedas expressivas no mercado financeiro mundial e no índica Dow-Jones revelaram a gravidade da situação do sistema financeiro.

 

O presidente George W. Bush reconheceu que sem uma ajuda do Tesouro Americano, seria impossível debelar os efeitos nocivos da crise. Mas a rejeição pelo Congresso norte-americano do pacote de US$ 700 bilhões parecia mostrar que a solução não iria ser tão simples. Mesmo com a aprovação da ajuda, após apelos do presidente Bush e dos candidatos à presidência dos Estados Unidos, as perdas nos mercados financeiros mundiais prosseguem. E o mundo se pergunta: aonde nos levará esta crise?

 

Esta crise nos afeta?

Apesar do presidente Lula dizer que os fundamentos da economia brasileira estão sólidos e que a crise norte-americana é um problema de George W. Bush, na verdade, a crise pode nos atingir.

 

A dificuldade de se obter dinheiro, uma das marcas desta crise de confiança, pode fazer com que empresas e bancos não consigam captar recursos através de empréstimos no exterior. Com menos linha de crédito, algumas empresas podem diminuir a produção e novas contratações, o poderia diminuir o ritmo da economia e aumentar o desemprego.

 

Outro efeito pode ser uma diminuição dos empréstimos para pessoa física, o enfraquecimento das exportações e o aumento da inflação e a redução do poder de compra com a alta do dólar.

 Fonte:yahoonoticia