Arquivo da tag: dormir

Curiosidades Sobre o Sonho

Padrão

10. Cegos também sonham

Pessoas que se tornaram cegas após o nascimento podem ter sonhos com imagem. Pessoas que nasceram cegas não vêem quaisquer imagens, mas também têm sonhos vívidos envolvendo seus outros sentidos como sons, cheiro, toques e emoções. É difícil para uma pessoa que vê imaginar, mas a necessidade de sono é tão forte que o corpo é capaz de lidar com praticamente todas as situações físicas para que isso aconteça.

9. Você esquece de 90% dos seus sonhos

Depois de 5 minutos acordado, você esquece metade dos seus sonhos. O famoso poeta, Samuel Taylor Coleridge, acordou de uma manhã, depois de ter tido um sonho fantástico – pegou uma caneta e papel e começou a escrever a “visão de um sonho”, no qual tornou-se um dos mais famosos poemas ingleses: Kubla Khan. Parte do poema havia sido escrito (54 linhas para ser mais exato), quando ele foi interrompido por uma pessoa. Coleridge voltou ao seu poema, mas não podia lembrar o resto do seu sonho. O poema nunca foi concluído.

8. Todo mundo sonha

Todo ser humano sonha (exceto em casos de extrema desordem psicológica), mas homens e mulheres têm diferentes sonhos e diferentes reações físicas. Homens tendem a sonhar mais sobre outros homens, enquanto as mulheres tendem a sonhar igualmente sobre os homens e as mulheres. Além disso, tanto os homens como as mulheres relacionaram reações físicas aos seus sonhos mesmo que ele não seja sexual; os homens costumam ter ereções e as mulheres aumentam o fluxo de sangue vaginal.

7. Sonhar previne psicose

Em um recente estudo, os alunos que foram acordados no início de cada sonho, mas ainda conseguiram dormir por mais 8 horas, enfrentaram dificuldade de concentração, irritabilidade, alucinações e sinais de psicose depois de apenas 3 dias. Quando finalmente foi permitido seu sono, recuperando o tempo perdido, aumentaram consideravelmente o percentual gasto na primeira fase.

6. Nós só sonhamos com o que conhecemos

Nossos sonhos estão frequentemente cheios de rostos estranhos – você sabia que sua mente não está inventando esses rostos? – eles são rostos de pessoas reais, que você viu durante sua vida, mas pode não saber ou se lembrar. O assassino do seu último sonho pode ser o cara que abasteceu o carro de seu pai quando você ainda era criança.

Todos nós já vimos centenas de milhares de rostos durante nossas vidas, por isso, temos uma infinidade de personagens para o nosso cérebro utilizar durante nossos sonhos.

5. Nem todos os sonhos são coloridos

12% da população sonha exclusivamente em preto e branco. O restante da população sonha com todas as cores. As pessoas também tendem a ter temas comuns em sonhos, como: escola, correndo devagar / no lugar, experiências sexuais, caindo, chegando tarde demais, uma pessoa que está viva – aparecendo morta, dente caindo, voando, em um acidente de carro, etc.

Ainda não é conhecido se o impacto de um sonho relacionado à violência ou a morte é mais emocionalmente para uma pessoa que sonha em cores do que aquela que sonha em preto e branco.

4. Os sonhos não são exatamente sobre o que eles são

Os sonhos falam em uma língua profundamente simbólica. A mente, inconsciente, tenta comparar o seu sonho a algo mais, que é semelhante. Portanto, qualquer que seja o seu sonho, é provável que seja somente um símbolo.

3. Pessoas que deixam algum hábito tem sonhos mais vívidos

As pessoas que fumaram por um longo tempo, e pararam, relataram ter sonhos mais vívidos do que o normal. Além disso, de acordo com o “Jornal de Anomalias Psicológicas”, em um grupo de 293 fumantes em abstinência entre 1 e 4 semanas, 33% relataram ter pelo menos 1 sonho que estava fumando. Na maioria dos sonhos, os indivíduos eram capturados pelos próprios fumantes e sentiram fortes emoções negativas, como pânico e culpa.

2. Estímulos externos invadem nossos sonhos

Chamado “incorporação no sonho”, é a experiência que a maioria de nós temos onde um som do mundo real é ouvido e incorporado no sonho, de alguma forma.

1. Você está paralisado enquanto dorme

A chamada paralisia do sono acontece durante o sono, como forma de evitar que o corpo se mova durante os sonhos. É um fenômeno natural que ocorre todas as noites, embora seja raramente notado pela própria pessoa enquanto se dorme. Momentos antes da mente despertar, a paralisia cessa. Por isso, raramente se tem consciência da sua existência. Se, porventura, a mente despertar antes do mecanismo de paralisação ser desativado, ocorre a consciência da paralisia do sono.

Esta consciência pode ser muito perturbadora, pois o indivíduo dá por si mesmo completamente paralisado, incapaz de mover os membros. A mente ainda está a atravessar um período de transição entre o estado de sono e o estado de vigilia (ou vice-versa) e nessa altura podem surgir alucinações hipnagógicas: presença de uma pessoa, ouvir vozes ou sons, sensação de flutuação ou de se sair do próprio corpo, imagens de pessoas, visualização de objetos, sensação de ver em redor mesmo tendo os olhos fechados, etc. Tanto as alucinações como a própria paralisia são inofensivas, existindo quem aproveite esta fase para induzir sonhos lúcidos ou alucinações agradáveis, e acontecem ocasionalmente, como resultado de uma má alimentação, maus hábitos de sono, estresse, etc. Por vezes, podem indicar a existência de um outro problema maior, como, por exemplo, a narcolepsia.

Estima-se que até 60% da população mundial já tenha passado por essa experiência pelo menos uma vez na vida. Em algumas culturas, isso significava pré-disposição ao xamanismo e contato com o mundo dos espíritos.

Interessante né?

Fonte: http://www.blogadao.com

O que os sonhos eróticos querem dizer?

Padrão

 

Até mesmo mulheres mais liberais acordam com a pulga atrás da orelha quando despertam de um sonho erótico. Para garantir a você um sonho tranqüilo, leia como interpretar as mensagens de seu inconsciente.

Que uma coisa fique bem clara: nem sempre o que sonhamos corresponde exatamente ao que a nossa mente está tentando nos dizer. “As imagens de um sonho não podem ser interpretadas de forma alguma ao pé da letra. Na maioria das vezes é mais importante prestar atenção no cenário do que no ato sexual que está se desenvolvendo na hora de interpretar”, declara Oswaldo Rodrigues Júnior, Diretor da Associação Mundial de Sexologia (WAS – World Association for Sexology).

 

Os sonhos são a forma como o inconsciente entra em contato conosco e esse diálogo é praticamente todo feito através de imagens simbólicas, metáforas. “Não dá pra dizer, por exemplo, que se você sonhou com uma cobra isso quer dizer que alguém está te traindo. Se a pessoa é do interior, sonhar com uma cobra pode indicar um perigo. Se ela é um médico, a cobra é um dos símbolos da profissão. A pessoa precisa tentar relacionar os aspectos do sonho com o seu dia-a-dia para tirar uma interpretação correta”, declara Fátima Regina Riani Costa, conselheira do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo. 

 

Logo, não é porque você está sonhando com sexo que está acontecendo algum problema na área. “É até comum que uma pessoa com problemas sexuais não sonhe com sexo como forma de proteção, já que ela passa a maior parte do tempo acordada preocupada com isso. É preciso ver o que está acontecendo com você. Por exemplo, se você tem sonhos eróticos e há alguém doente em sua família, para você a idéia de sexo está ligada à vida. Logo, você está pensando em vida, em saúde para a pessoa enferma”, explica Rodrigues.

A maior parte das pessoas acaba se fixando no aspecto erótico do sonho, mas ele só tem conotação sexual se você realmente estiver focado nesse aspecto de seu cotidiano naquele momento específico de sua vida. Por exemplo, se você sonha que está fazendo sexo com o seu chefe, está muito satisfeita e ele te paga, isso pode querer significar que você quer ter condições melhores em seu ambiente de trabalho”, diz Rodrigus. Nem mesmo sonhos recorrentes com sexo querem dizer sempre a mesma coisa. “Mesmo que você tenha o mesmo sonho diversas vezes, você deve analisar o que está acontecendo com você naquele momento exato

 

 

Outra dúvida que sempre aparece é em relação ao parceiro do sonho. Será que você tem alguma atração por ele? Segundo Rodrigues, o inconsciente seleciona elementos em sua mente para “montar” o cenário de seu sonho de forma randômica: “Se você sonhou que estava fazendo sexo com a sua irmã isso não afirma que você tem atração por ela. Para colocar um parceiro no sonho, o inconsciente pode até mesmo selecionar alguém que você viu rapidamente na rua e nem se lembra. De repente o sonho quer dizer alguma coisa sobre uma amiga ou amigo próximo”.

“O sonho faz uma condensação simbólica, ele mescla elementos para representar várias ou uma única pessoa. Você pode sonhar que está discutindo com alguém, mas na verdade o que o sonho está querendo apresentar são as suas várias facetas em um debate”, diz Fátima.

Dicas para interpretar o sonho

Ter um caderninho na mesa de cabeceira pode ser um bom método de lembrar o que você sonhou. “O hábito de anotar os sonhos pode ajudar na hora de relacioná-los ao que está acontecendo na sua semana”, lembra Rodrigues.

Contar para alguém o sonho pode ajudar a lembrar de partes que ficaram esquecidas ou perceber detalhes. “Quando você conta um sonho você fixa a história e a elabora”, aconselha Fátima.

Mas cuidado! Nada de contar para o escritório inteiro que você sonhou com o chefe. “Contar um sonho erótico, além de expor muito a pessoa, pode causar situações constrangedoras. Melhor dividir o sonho com alguém de confiança”, alerta a psicóloga.

Se você for muito próximo do parceiro no sonho, contar para ele o que aconteceu pode ajudar a interpretar as mensagens e até mesmo resolver questões. “Se você teve uma discussão com a pessoa ou um assunto mal resolvido com ela, contar o sonho pode ser uma boa forma de retomar a discussão”, completa Fátima.

Finalmente, tente isolar os elementos sexuais do sonho. Como você se sentiu? Você teve essa mesma sensação nos últimos tempos? Onde você estava? Você reconhece algum móvel, algum elemento do cenário? “O sonho muitas vezes é um reflexo de situações que não receberam atenção e que não necessariamente estão relacionados com sexo”, diz Rodrigues. Tente analisar os elementos secundários do sonho, mas não se sinta pressionado por ele. “Não fique aflito, só o fato de sonhar já ajuda a regular a mente, elaborar as emoções”, lembra Fátima. Bons sonhos! 

 Fonte: http://delas.ig.com.br

nsagem”, completa o diretor da WAS.

10 dicas para você dormir melhor

Padrão

Você acorda irritado, nervoso, indisposto. No decorrer do dia tem dificuldade para se concentrar e sofre com a sonolência excessiva. Também, não é para menos: depois de passar a noite em claro, admirável seria exibir um pique de atleta. Mas nem precisa entrar em desespero, achando que está sozinho. Ao contrário, o clube dos insones vive recheado de sócios.(um bom banho ajuda a adormecer, veja aqui como prepará-lo)

Existem mais de 80 distúrbios do sono descritos, porém os mais freqüentes são a insônia, o ronco e a apnéia. A insônia se dá por causa das preocupações diárias, o ronco em função de alguma obstrução da via aérea superior e a apnéia é o que se pode chamar de pausas respiratórias durante o sono , explica Rogério Silva, biólogo pós-doutorando da disciplina de Medicina e Biologia do Sono do departamento de Psico-Biologia da Unifesp. (ronco, ouça o que esse barulho quer dizer)

Mas, às vezes, basta alguma mudança simples nos hábitos antes de dormir, no travesseiro ou no colchão ara resolver o problema da falta de sono ou do cansaço pela manhã.
Travesseiro, o melhor amigo
Acredite: o seu apoio para cabeça é fundamental para se ter uma boa noite de sono. Na hora de escolher, você precisa considerar o material deque ele é feito e, claro, a posição em que é colocado. A melhor posição para se dormir é de lado.

Nesse caso, a altura do travesseiro tem que ser igual à distância entre o pescoço e a parte externa do braço. Já para quem dorme com a barriga para cima, o melhor é levar para a cama um apoio mais baixo, preenchendo o espaço entre o pescoço e a nuca, sem comprimir a coluna.(reequilibre seu corpo com ajuda do rolfing)

De bruços, jamais!
A pessoa que dorme de barriga para baixo acorda cansada e toda dolorida, pois o rosto não pode ficar afundado no travesseiro. Além disso, as regiões torácica e a lombar são prejudicadas nessa postura.
Até ele se aposenta
O travesseiro deve ser trocado, no mínimo, a cada dois anos. Na hora de escolher o melhor modelo, é importante observar algumas regras. Apoios de pena, por exemplo, podem exalar um odor forte capaz de incomodar olfatos mais sensíveis, embora muita gente se adapte a ele.
Ideal, sempre, é dar preferência a enchimentos que se deformam com menos facilidade (como espumas mais resistentes).

O tamanho também conta. É melhor que seja largo para não sair do lugar com qualquer movimento do seu corpo durante a noite. E, mesmo que possa parecer um mico, o ideal é experimentar o modelo escolhido ainda na loja. (podemos aquilo que queremos, nosso consultor abre o debate)

Travesseiro: certo e errado

De lado (CERTO): Mantenha a coluna alinhada e os braços abaixo do queixo. Os joelhos devem estar flexionados e com um travesseiro fino entre eles para impedir a sua rotação. Isso também evita que a região lombar fique estendida, o que, a longo prazo, pode provocar hérnia de disco.

De lado (ERRADO): Nunca deixe a mão sob a cabeça, porque essa postura compromete a circulação no braço e força o travesseiro contra o rosto, o que favorece o aparecimento de linhas de expressão. Procure, ainda, não dormir com o corpo todo encolhido. (faça um bom alongamento antes de deitar)

Barriga para cima (CERTO): Coloque um travesseiro fino ou um rolinho de espuma sob os joelhos para que permaneçam semi-flexionados durante a noite, deixando os quadris bem posicionados e os músculos da região lombar relaxados.

Barriga para cima (ERRADO): Não é correto dormir com as pernas muito esticadas, porque isso força a região lombar. Além disso, nunca dobre o travesseiro para que ele fique mais alto porque aí a tendência é repousar a cabeça sobre a dobra, forçando demais a região cervical. A regra de não dobrar, aliás, é válida para todas as pessoas.

Colchão sem pressão
O colchão ideal para um sono tranqüilo não pode ser muito macio nem muito firme, ou seja, deve simplesmente se amoldar ao corpo confortavelmente , ensina a diretora da Copespuma, Gisele Sapiro. Prefira os de látex, que tem como benefício principal o fato de se adaptarem com perfeição aos contornos do corpo, aliviando os pontos de pressão .

Dicas para dormir bem
Pode parecer bobagem, mas alguns conselhos básicos podem ajudar você a ter um sono perfeito.

1- Antes de ir para o quarto, é fundamental aplacar as ansiedades do dia-a-dia. Não vá para a cama assim que chegar do trabalho. Primeiro tome um banho morno, procure relaxar, para só então ir se deitar. (veja combinações para relaxar)
2- Desligar a TV e o computador é um método bastante eficaz. A luz desses aparelhos atrasa a produção das substâncias responsáveis pelo aviso de que é hora de dormir. (diferencie o mau humor da distimia)
3- Exercícios físicos devem ser feitos até quatro horas antes de ir dormir, ou o corpo ainda estará agitado. Na cama só vale a atividade sexual que, aliás, é ótima para relaxar. (veja os benefícios do sexo à sua saúde)
4- Um chá também ajuda, porém, é preciso escolher as ervas certas. Nada de tomar chá preto ou verde. Infusões de melissa e camomila induzem ao sono e ainda melhoram a sua qualidade. (ervas aromáticas são reconhecidas pela medicina tradicional)
5- Coma pouco à noite. Faça uma refeição leve, usando, por exemplo, aspargos, palmito, arroz, batata, aveia e soja. Tomar sopas com esses ingredientes é uma excelente pedida, principalmente nas noites mais frias. (veja receitas de sopas típicas)
6- Aquele bife suculento jamais deve ser comido à noite, porque a proteína que compõe esse alimento ativa o sistema nervoso simpático, responsável, entre outras funções, por deixar seu corpo em estado de alerta, favorecendo, assim, maior descarga de adrenalina. (conheça outras fontes de proteína)
7- Um ritual interessante é depois do banho morninho, acender uma lâmpada azul e pingar algumas gotas de óleo de lavanda no travesseiro. Essa técnica acalma os pensamentos, relaxa o corpo e induz a um sono melhor. (conte com a aromaterapia para o seu bem-estar)
8- Um copo de leite morno também ajuda a encontrar o caminho para um sono tranqüilo, porque o alimento possui (em concentração não muito grande, é verdade), o triptofano, que é um precursor de serotonina, outro neurotransmissor que está fortemente associado ao relaxamento profundo. (conte com o poder de purificação das flores e torne o ambiente mais leve)
9- Não se engane com aquela relaxadinha gostosa que o álcool oferece, porque, após alguns goles, essa substância pode afrouxar estruturas da região da faringe comprometendo a respiração. O resultado é o insuportável ronco, que prejudica as fases do sono, ou o efeito rebote, que é quando a pessoa acorda várias vezes no meio da noite. (fique por dentro dos prejuízos do álcool à sua saúde)
10- Procure dormir, ao menos, sete horas por noite. (o sedentarismo arrasa sua saúde, saiba por quê)

Como dormir mais e melhor

Padrão

Vá para a cama e acorde aproximadamente todos os dias no mesmo horário.

Garanta que suas condições, incluindo sua cama, são tão confortáveis quanto possível.

Vista roupas largas e confortáveis para dormir e mantenha o quarto escuro.

Mantenha o quarto o mais silencioso possível. Se você não conseguir bloquear ruídos externos, abafe-os com um som interno familiar, como o de um ventilador.

Evite deitar com fome. Um lanche leve (por exemplo, leite morno) pode ajudar.

Evite a ingestão de bebidas alcoólicas antes de dormir.Quando o álcool é eliminado durante a noite, você poderá sofrer períodos de despertar.

Evite muita estimulação mental durante aproximadamente 1h antes de dormir. Escute música, leia uma leitura leve, não discuta as finanças da família, nem termine seu trabalho de escritório.

Evite usar o seu quarto para trabalhar ou assistir televisão. Aprenda a associar o quarto com o sono.

Se você não consegue adormecer, levante e procure uma atividade relaxante, como ler ou fazer trabalhos manuais, até que você sinta sono.

Evite sonecas diurnas, que tendem a fragmentar o sono noturno.

Evite todas as bebidas que contém cafeína após o meio dia (café, chá preto, refrigerantes)

Tente fazer algum exercício durante o dia, como caminhadas regulares e andar de bicicleta. Evite exercícios vigorosos antes de dormir.

Problemas do sono podem indicar ansiedade, depressão e outros distúrbios clínicos e psicológicos. Diagnóstico e tratamento adequado da causa de base são de importãncia fundamental.

Medicamentos para dormir devem ser usados com cautela, sempre com indicação médica.

Alguns medicamentos têm efeito prolongado e prejudicam a capacidade para dirigir. Exija orientações claras para o uso adequado.

Medicamentos para dormir devem ser usados apenas durante o tratamento a curto prazo da queixa do sono. O uso crônico (toda noite) geralmente é ineficaz após algum tempo. Não se automedique ou aumente independentemente as doses prescritas. Se você sentir que sua medicação está perdendo o efeito, procure o seu médico.

Fonte:Saudenainternet