Arquivo da tag: gaza

ONU pede cessar-fogo unilateral de Israel em Gaza

Padrão

Porta-voz israelense diz que país espera o fim do conflito ‘o mais rápido possível’. O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, pediu, nesta sexta-feira, que Israel declare um cessar-fogo unilateral na Faixa de Gaza. Ban fez o apelo logo após se reunir com o primeiro-ministro da Autoridade Palestina, Salam Fayyad, em Ramallah, na Cisjordânia, e também depois de notícias de que negociações no Cairo estariam emperradas. Horas antes, o porta-voz do governo de Israel, Mark Regev, disse à BBC que espera que o conflito na Faixa de Gaza esteja entrando em seu “ato final”. “Os esforços diplomáticos estão a toda força… nós queremos que tudo isso acabe assim que possível”, afirmou Regev. Ele voltou a insistir, no entanto, que Israel precisa ter certeza de que o grupo palestino Hamas não vai voltar a disparar foguetes após um cessar-fogo. “No minuto em que estivermos certos de que a solução não será apenas um ‘band-aid’, que haverá uma paz sustentável, vamos fazer a nossa parte”, disse. Dia da Ira Ainda nesta sexta-feira, o principal negociador israelense, Amos Gilad, volta a se reunir com mediadores egípcios no Cairo, e a ministra do Exterior, Tzipi Livni, se encontra com a secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, em Washington. Enquanto isso, um dos principais líderes do Hamas, Khaled Meshaal, participa de um encontro da Liga Árabe em Doha, no Catar. Há informações de que o Hamas estaria oferecendo uma trégua de um ano se Israel se retirar da Faixa de Gaza e suspender o bloqueio ao território. Durante a noite, aviões israelenses realizaram 40 ataques na Faixa de Gaza. O Exército de Israel também fechou todos os acessos à Cisjordânia até às 24h de sábado (hora local, 20h em Brasília), depois que membros do Hamas fizeram um apelo para que todos os palestinos aderissem ao que chamou de “Dia da Ira”. O grupo pediu que a população realizasse protestos anti-Israel em suas rezas desta sexta-feira. Fontes dos serviços de saúde palestinos dizem que pelo menos 1.105 pessoas morreram e 5,1 mil ficaram feridas desde o início da ofensiva, em 27 de dezembro. Do lado israelense, 13 pessoas morreram, sendo apenas três delas civis, segundo o Exército do país.

Fonte:Texto BBC Brasil/retirado do site:http://noticias.br.msn.com/

Forças israelenses intensificam ofensiva em Gaza

Padrão
GAZA (Reuters) – As forças de Israel reforçaram na terça-feira o controle sobre o entorno da Cidade de Gaza, e o militar mais graduado de Israel disse que “ainda há trabalho” a ser feito contra o Hamas, após 18 dias de uma ofensiva que já matou mais de 900 palestinos.
O ruído de explosões e metralhadoras ecoava por esta cidade de meio milhão de habitantes, depois que os tanques israelenses se aproximaram do centro, mas não o invadiram, segundo moradores.
Equipes médicas disseram que 12 atiradores palestinos, alguns deles integrantes do grupo islâmico Hamas, que governa o território, foram mortos em combates pela manhã.
O Hamas disse ter detonado explosivos sob blindados de Israel e enfrentado forças apoiadas por disparos de helicópteros, aviões e navios.
Os militares de Israel disseram ter bombardeado por ar 60 alvos, inclusive postos de comando do Hamas, fábricas de armas e túneis usados para contrabandear material bélico do Egito para a Faixa de Gaza
Dois foguetes disparados por militantes atingiram a cidade israelense de Beersheba, sem fazer vítimas.
“Conseguimos muita coisa no sentido de atingir o Hamas e sua infraestrutura, seu regime e sua ala armada, mas ainda há trabalho pela frente”, disse o general Gabi Ashkenazi, chefe do Estado-Maior de Israel, a uma comissão parlamentar.
“Estamos trabalhando para aprofundar o golpe contra seu braço militar, para reduzir o fogo (do Hamas), fortalecer a dissuasão e melhorar a situação de segurança para os moradores do sul de Israel que vivem sob a ameaça dos ataques (dos foguetes de militantes)”, afirmou.
Um outro general israelense disse antes a jornalistas na frente de combate que suas forças estavam “reforçando o círculo” em torno da Cidade de Gaza.
O secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, está a caminho da região para uma semana de discussões sobre uma eventual trégua com Egito, Israel, Jordânia e Síria.
“Minha mensagem é simples, direta e no ponto: a luta deve parar. Para ambos os lados eu digo: parem agora”, disse Ban a jornalistas antes de embarcar.
Fontes médicas palestinas disseram que pelo menos 925 palestinos já morreram desde o início da ofensiva por mar e ar, no dia 27. O ministro da Saúde do governo palestino do Hamas disse que quase 400 mortos são mulheres e crianças.
Desde o início do conflito, Israel registrou 13 mortes –sendo 10 soldados e 3 civis atingidos por morteiros e foguetes.
(Reportagem adicional de Ari Rabinovitch, Adam Entous, Ori Lewis, Alastair Macdonald, Luke Baker, Alistair Lyon, Jeffrey Heller e Joseph Nasr em Jerusalém, Dan Williams em Gaza e Alaa Shahine no Cairo)
Comentario pessoal:Essas cenas te total destruição e desumanidade,acontece cada vez com mais frêquencia e não só la fora,mas aqui dentro do Brasil,as vezes até mesmo dentro de nós mesmos,desejo que todos usem essa guerra inutil como exemplo a não ser seguido e nem aceito,basta nos unirmos e que poderemos fazer algo,pela VIDA e pela PAZ!!!
(Renata Ramone)