Arquivo da tag: geladeira

Sono e corpo pesados

Padrão

Podemos comer carboidratos à noite? Ficar sem jantar ajuda a emagrecer? Podemos sucumbir, sem maiores culpas, aos desejos de atacar a geladeira depois de colocado o pijama? Essas e outras perguntas são freqüentes no cotidiano de quem quer perder peso, manter um corpo bonito e levar uma vida saudável. Mas o que realmente deve ser levado em conta nas escolhas alimentares que fazemos à noite? O que é mito e o que é verdade nas histórias que se ouvem por aí sobre a alimentação noturna?

Isto depende de diversos fatores. Se você comer alimentos gordurosos e ricos em açúcares durante o dia, não fizer nenhuma atividade física e repetir as extravagâncias à noite, é claro que vai engordar. O ideal é fazer três refeições principais ao dia (café da manhã, almoço e jantar), intercaladas por pequenos lanches, de preferência pobres em carboidratos. À noite, como o metabolismo é mais lento, é preferível fazer opções mais leves, com menos gorduras e carboidratos. Mas a medida disso é individual: depende do organismo e do estilo de vida de cada um.
Cada pessoa responde de um jeito ao que come ao longo do dia e à noite. Uns perdem peso com facilidade, outros já demoram um pouco mais pois têm o metabolismo mais lento. Cerca de 40% das pessoas têm uma capacidade incrível de ingerir alimentos ricos em carboidratos e não engordar. Mas os outros 60% não podem ceder às tentações dos doces do mesmo jeito porque vão ganhar peso. Esses dados foram constatados observando os mais de 40 mil pacientes que já tratei.

Percebo também uma dúvida freqüente: quem exagerou nas massas no almoço pode compensar os “estragos” deixando de jantar? Ficar sem jantar é uma falta grave. Trata-se de uma refeição indispensável. É um erro deixar de realizá-la para perder peso. Ela deve ser feita, sim, de forma saudável e balanceada, sem exageros. Um programa de alimentação bem calculada, com carboidratos de baixo valor glicêmico, proteínas, vitaminas, sais minerais e fibras, associado à prática de exercícios regulares, é sempre o melhor remédio para emagrecer da forma mais saudável.

Outro mito comum é dizer que não se deve comer carboidratos depois das 18h para não engordar. O carboidrato é a principal fonte de energia e deve ser consumido sempre, principalmente por quem pratica esportes e atividades físicas. O segredo é não comê-lo em excesso, mas saber comê-lo, diferenciando o bom do mau carboidrato. Uma dica para quem deseja perder peso é diminuir a quantidade de carboidratos à noite, dando preferência, após às 18 horas, aos alimentos ricos em “carboidratos do bem”, como saladas, batatas cozidas e arroz integral (rico em fibras), em porções frugais. Feijão e grão-de-bico também entram na lista mas, à noite, se ingeridos em excesso, podem pesar no estômago.

Dormir logo depois do jantar pode provocar desconfortos e prejuízos ao sono. É melhor fazer a última refeição duas ou três horas antes. Para quem tiver vontade de comer alguma coisa antes de se deitar, um iogurte desnatado pode ser uma boa opção. Aproximadamente duas horas depois de dormirmos libera-se no sangue o hormônio do crescimento, que transforma os alimentos em músculos. O aumento da taxa de açúcar no sangue, causado pelo excesso de carboidratos na alimentação, inibe a ação deste hormônio e favorece o acúmulo de gordura no corpo. Portanto, à noite, o que não pode faltar no cardápio é bom senso.

 Fonte: http://msn.bolsademulher.com/