Arquivo da tag: novo

João Gordo fecha com a Record e integra novo programa de Marcos Mion

Padrão

A contratação mais improvável da TV brasileira acabou de acontecer. Conhecido pela língua ferina, pelos palavrões e pelas tatuagens, João Gordo fechou contrato com a Record nesta quarta-feira.

Ícone do “movimento” punk paulistano nos anos 1980 e até hoje vocalista da banda Ratos de Porão, João Francisco Benedan, o Gordo, deixará a MTV no final deste mês para integrar o elenco de Legendários, programa que Marcos Mion comandará na Record a partir de março.

A ideia de levar João Gordo para a Record foi de Mion, que tem total liberdade para montar seu time.

Felipe Solari é outro profissional da MTV que Mion está levando para a Record. Mia Melo e Marcelo Marrom, atores do grupo Deznecessários, o paraquedista e apresentador Gui Pádua e Victor Rodrigues Coelho, o Mionzinho (MTV), também estarão na equipe.

Há 20 anos no ar, “Os Simpsons” ganha novo personagem

Padrão

O seriado americano “Os Simpsons”, no ar há 20 anos, ganhará um novo personagem no último episódio da vigésima temporada. 

O novo integrante do desenho animado será Ricardo Bomba, criação de Peggy Black, americana de Connecticut, vencedora de um concurso promovido pelos produtores para apresentar sugestões de novos personagens para fazer parte da série.

Bomba será o mulherengo de “Os Simpsons”. Peggy disse ter pensado na personalidade do personagem por achar que estivesse faltando uma espécie de Casanova no seriado.

O episódio no qual Bomba estreará vai ao ar nos EUA no dia 31 de janeiro de 2010. Segundo os produtores do programa, foram recebidas mais de 25.000 sugestões de novos personagens para integrar o círculo da família Simpson.

Confira o Novo Visual de Ana Maria Braga

Padrão

Ana Maria Braga deveria demitir toda a equipe responsável pelo seu novo visual para a comemoração dos dez anos do seu programa na Rede Globo. Em nome de um modernismo de extremo mau gosto, a apresentadora se transformou numa estranha mistura de Malvina Cruela dos “101 Dálmatas” com a Mortiça da “Família Adams”. Acorda, menina !

 

 Fonte: http://www.portaldoleaolobo.com.br

Novo papel é 500x mais forte que aço e 10x mais leve

Padrão

Um novo papel de nanotubos marcará o como o material mais forte do mundo a ser usado na construção de aeronaves.

 

Nanotubos de carbono é uma destas tecnologias que se tornará onipresente e ganhará um vasto leque de aplicações nas próximas décadas. Uma das possíveis aplicações é utilizar folhas de nanotubos como material para a construção.

O material chamado de buckypaper parece um fino filme muito frágil. No entanto ele pode revolucionar a cara dos automóveis, aviões e mais produtos nos próximos anos.

O novo papel é feito de nanotubos de carbono entrelaçados. Graças à grande maleabilidade dos nanotubos ele tem excelente flexibilidade e se dobra como papel comum, mas pode ser 500 vezes mais forte do que o aço, seus criadores prevêem, enquanto tem apenas a décima parte do peso.

A super força do papel ocorre por causa da sua superfície concentrada de moléculas de nanotubos. Segundo um dos pesquisadores se você pegar apenas um grama de nanotubos e desdobrar cada tubo em uma folha de grafite poderá cobrir dois terços de um campo de futebol.

Os nanotubos já tem sido usados em uma quantidade limitada de aplicações como raquetes de tênis e bicicletas, mas esses produtos usam os nanotubos em pó em concentrações com 1 a 5% de nanotubos. O buckypaper contém quase 50% de nanotubos. Mas apesar de mais útil, também é mais caro.

As possíveis aplicações do material são como blindagem elétrica na indústria aeronáutica. Por ser muito mais leve do que as blindagens atuais, o papel de nanotubos eliminará peso da aeronave economizando combustível.

A equipe também pretende usar o material para substituir as folhas de grafite em notebooks, pois o buckypaper seria mais eficaz para na dissipação de calor. Eles também esperam usar o material em eletrodos de células de combustível, super capacitores e baterias.

O próximo passo será construir aeronaves inteiras, carros e revestimento para armaduras militares com o papel de nanotubos de carbono. Os militares já expressaram interesse. Os pesquisadores pensam que produtos comerciais poderão estar à venda em um ano. [DailyTech]