Arquivo da tag: receitas

Alimentação para diabéticos

Padrão

Não é novidade nenhuma que o portador do diabetes vive muito bem se mantiver uma alimentação regrada e o índice de glicemia nos patamares ideais. Mas o que pouca gente sabe é que para fazer isso não é necessário um sacrifíco absurdo, desde que o paciente mantenha uma dieta saudável muito semelhante às que são indicadas para quem quer se alimentar bem e ter qualidade de vida.

Confira alguamas dicas de alimentação:

Arroz, pães e massas integrais:  Os carboidratos complexos presentes nesses alimentos são digeridos mais lentamente pelo organismo, liberando a glicose em pequenas doses. Isso é benéfico para o diabético, que não terá picos de índice glicêmico quando comer esse nutriente.

Leite desnatado: para reduzir o consumo de gordura, a recomendação é trocar leite integral por desnatado e preferir derivados mais magros. Não caia no mito de que a versão desnatada do leite tem menos quantidade de cálcio e proteínas que a integral. Na verdade, você ingere apenas menos gordura e não perde os benefícios.

Legumes e verduras à vontade: ricos em fibras, vitaminas e minerais antioxidantes, os legumes e verduras são importantes à nutrição e à saúde de todas as pessoas, mais ainda dos diabéticos, cuja dieta deve ser rica e variada nesses alimentos.

Atenção às frutas:As frutas, muitas vezes, são uma armadilha para a dieta dos diabéticos. É muito comum a pessoa achar que pode consumir frutas à vontade, pois são alimentos muito saudáveis.
Todas as frutas têm carboidratos simples, como a glicose. Só que, por conta das fibras e outros diversos nutrientes presentes nelas, podem ser consumidas em quantidades maiores que as de outros carboidratos simples. A recomendação para os diabéticos é ingerir no máximo três a quatro porções de fruta por dia, e sempre optando pelas menos calóricas.

Não exagere nas porções: o diabético pode estar fazendo uma dieta correta e rica em alimentos saudáveis, mas, se exagerar nas porções, estará caminhando na direção oposta. O excesso de calorias é nocivo ao diabético, mesmo que ele esteja comendo os alimentos mais indicados.

Caipirinhas sofisticadas

Padrão

Barmen criam combinações inusitadas para evitar a mesmice na mesa do bar

A brasileiríssima caipirinha casa tão bem com o calor, que o verão vira tubo de ensaio dos barmen. É nesta época que os experts na bebida inventam novas receitas e aprimoram as combinações consagradas. Embora a tradicional (cachaça, limão e açúcar) ainda seja a mais conhecida no Brasil e fora, misturas exóticas tem ganhado cada vez mais espaço nos cardápios de bares e restaurantes.

Por exemplo, o Boteco Rabo de Peixe, em São Paulo, tem várias opções do drink que é referência brasileira no mundo todo: a Caribenha leva rum, abacaxi, hortelã e licor de coco; a Caipiry aposta na combinação de vodca, St. Remy e tangerina; e a Charmosa é feita com vodca, amora, carambola e uvas Itália.

 

A uva, aliás, é uma tendência para as caipirinhas deste verão. O Veredicto Bar deposita suas esperanças em uma combinação refrescante de cachaça, uva e gengibre.

E o fenômeno das novas caiprinhas vai além das cozinhas tradicionalmente brasileiras. A rede de restaurantes Outback, que serve comida australiana, também investiu na uva como ingrediente base. A fruta é combinada a cachaça e manjericão. O resultado é um drink leve, ideal para aquela tradicional esticadinha após o trabalho.

 

No restaurante marroquino Tanger, a chef Ariela Doctors e o barman Bruno dos Santos criaram uma carta especial de caipirinhas. O xodó da carta é a Caipiroska amarela, feita com vodca, abacaxi, maracujá, manga e gelo de garapa. Mas outras opções também valem a pena, como a Caipiroska real, com vodca, manga, pimenta rosa e gengibre fresco; e a Caipitanger, que leva vodca, tâmaras e raspas de limão.

 

Fonte:  http://msn.onne.com.br/