Arquivo da tag: relacionamento

Orgasmo inusitado: sonho, beijo e até o toque nos seios podem levar a ele

Padrão

Nem só de penetração vive o orgasmo. E tem explicação científica para isso. “Tudo que é mucosa tem terminação nervosa: na vagina, no ânus, na glande do pênis e na boca. E todo lugar com terminação nervosa tem potencial para ser estimulado a ponto de provocar o orgasmo”, fala o ginecologista e terapeuta sexual Dr. Amaury Mendes Júnior “O clitóris centraliza mais, porque é o único órgão do corpo humano completamente voltado para o prazer”, complementa.

Não é à toa que, no início da vida sexual, ainda sem provar do ato propriamente dito, uma adolescente pode alcançar o prazer máximo apenas com o beijo. É o que acontece quando o clima começa a esquentar e os corpos são friccionados, um no outro.“A propósito, a boca tem o mesmo número de terminações nervosas encontradas na vagina”, acrescenta o especialista.

Para a mulher, a coisa é menos complicada ainda, nesse sentido. “A mulher tem uma capacidade muito maior de se envolver com a fantasia, com as sensações. O homem centraliza todo o prazer no uso do pênis”, analisa. Abaixo, quatro maneiras inusitadas de alcançar o orgasmo:

  • 1
    Pelo toque nos seios
    Segundo pesquisa divulgada pelo Journal of Sexual Medicine, a estimulação do mamilo ativa uma área do cérebro conhecida como o córtex sensorial genital. Esta é a mesma região do cérebro ativada pela estimulação do clitóris. O que significa que o cérebro das mulheres entende a estimulação do mamilo e dos genitais da mesma forma. Isso pode ser suficiente para levar ao orgasmo.
  • 2
    Enquanto dorme
    Não temos controle sobre os nossos sonhos, mas nossos sonhos podem ter controle sobre nosso corpo. Um sonho erótico é capaz de mexer com o subconsciente a ponto de ultrapassá-lo e alcançar o consciente. Com isso, o que era sonho, vira realidade – na medida do possível. Você não conseguirá transportar um parceiro para a sua cama, por exemplo. Mas não é incomum acordar ‘molhada’. E, acredite, é possível chegar além, sem querer, querendo. “O inconsciente não tem freio. Uma fantasia que não se consegue realizar acordada, pode acontecer no sonho. Sem perceber, quem dorme se mexe, como manda a imaginação, estimulando as regiões erógenas. E a consequência desse toque pode ser o orgasmo”, explica o Dr. Amaury Mendes.
  • 3
    Com o beijo na boca
    Tudo que é mucosa tem terminação nervosa. E toda terminação nervosa tem potencial para estimular a ponto de levar ao orgasmo, explica o terapeuta sexual. “A propósito, a boca tem o mesmo número de terminações nervosas que tem a vagina”, continua. De posse dessa informação, não é difícil chegar à conclusão de que um beijo na boca pode levar ao orgasmo. “Se o gosto da saliva agrada, é mais estimulante ainda”, conclui o especialista.
  • 4
    Falar ao pé do ouvido
    “A voz é um condutor muito interessante. É sugestivo. Se você já teve prazer com aquela pessoa, sabe quem aquela pessoa é, facilita ainda mais o jogo”, explica o ginecologista e terapeuta sexual. Segundo o Dr. Amaury Mendes, como o ouvido está muito próximo do cérebro, facilita o estímulo da imaginação. “Mas como não é uma região de mucosa, o ideal é dar um empurrãozinho estimulando em uma das áreas com terminações nervosas”, sugere.

     

Conheça 10 tipos de homens de quem é melhor manter a distância

Padrão

Às vezes, a mulher insiste em levar adiante o relacionamento com aquele cara que, desde sempre, deu indícios de que era uma roubada. Para ajudar a identificar esses rapazes, separamos algumas pistas que eles deixam no caminho.

Tem homem, por exemplo, que não faz a mínima questão de disfarçar o tanto de mulheres que já passaram pelo seu lar, deixando mil objetos femininos espalhados pelos cantos. E ex-namorado de amiga? Isso tem muitas chances de não dar certo.

Também tem aquele cara casado que vive prometendo uma vida a dois com você. E aquele outro que você nunca consegue encontrar durante o dia. Como diz Caetano Veloso na canção, “aquele tipo de amor que não pode dar certo na luz da manhã”. Confira a lista e fuja deles.

  • 1
    O cara que mantém a pia do banheiro cheia de escovas de dentes
    É claro que o seu pretendente teve outros casos de amor antes de você. Mas é muito desconfortável esbarrar com o passado dele toda vez que você vai ao banheiro escovar os dentes. Ou quando, desavisada, abre aquela gaveta cheia de artigos femininos. É muito constrangedor quando o cara não faz a menor questão, sequer, de disfarçar que você é apenas mais uma, de muitas.
  • 2
    O cara que você não consegue encontrar à luz do dia
    Você está saindo com um rapaz há algum tempo e, de repente, se dá conta de que os encontros são sempre noturnos. Se vocês só se veem entre as 21h e 3h, tenha em mente que, até então, vocês não estão namorando. Isso é coisa de homem que fica carente quando os amigos estão ocupados e trata de arrumar uma companhia de emergência. Você acaba virando a famosa fuck buddy, aquela menina que só serve para encontros sob o edredom.
  • 3
    O cara que tem autorretratos na cabeceira
    Para as desatentas, esta pista pode passar despercebida. Mas, diga se não é muito estranho chegar à casa do pretendente e encontrar fotos emolduradas dele sozinho? Pois fique ligada, porque esse é o alerta vermelho de que você está lidando com um “narcisista em fúria”, aquele tipo que pensa ser o centro do universo.
  • 4
    O cara que é ex-namorado da sua amiga
    Não importa se o namoro entre eles acabou. Não importa se foi ele quem insistiu e você só cedeu. Se você se envolver com o ex-namorado de uma amiga, aos poucos, será excluída do grupo a que também pertencia. O constrangimento de encontrarem vocês dois juntos será para todos e, com isso, vocês não serão mais bem vindos. Vamos combinar que isso tem muita chance de não ir longe e, de quebra, ainda deixar o mal estar de herança.
  • 5
    O cara que é casado
    Você conhece o rapaz, se interessa por ele e, quando vê, estão envolvidos um com o outro. Papo vai, papo vem, ele revela que é casado. Mas logo emenda com aquele papo de que o casamento não vai bem e de que você, sim, é a mulher que ele sempre sonhou. Estatísticas de mesa de bar indicam que eles nunca abandonam uma união estável por uma aventura. Mulheres são mais passionais e acabam cometendo alguns desatinos do tipo. Mas eles, não. Portanto, não se deixe enrolar e fique de olho em suas intenções reais.
  • 6
    O cara que não tem nem um livrinho na estante para contar história
    O escritor e diretor de cinema John Waters estava certo quando dizia: “Se você vai para casa de alguém, e esse alguém não tem livros, não transe”. O cara não precisa ter uma biblioteca cheia de primeiras edições, mas, no mínimo, é preciso que haja alguma evidência de que ele lê, de que ele tem interesse por algum tipo de literatura, alguma fome de cultura. Quem nunca leu um livro, bom sujeito não é.
  • 7
    O cara que omite a verdade
    Se ele anda evitando determinados assuntos, aparentemente polêmicos para o relacionamento, é porque ele prefere não ter que dizer a verdade. É mais fácil fugir da situação e, se sofrer acusação, alegar que não mentiu, apenas omitiu. Truques desse tipo são coisa para tribunal, não para relacionamentos amorosos.
  • 8
    O cara que constrói a sua identidade em torno de um time de futebol
    Nenhum absurdo ele ser fã de futebol e torcer pelo seu time do coração. O problema é quando a sua identidade é construída em torno disso. O que quer dizer? Personalidade fraca e, principalmente, o seu universo de entretenimento se limita àquele esporte e suas respectivas festividades, nada mais. Esse tipo é bem chato, hein.
  • 9
    O cara com a ‘síndrome do Peter Pan’
    É bom se você tem uma queda por homens mais velhos, mas tenha certeza de que sua idade corresponde à maturidade emocional. Não se prenda a um cara só porque ele parece ser mais experiente e está profissionalmente estabilizado, caso perceba que ele se recusa a crescer emocionalmente.
  • 10
    O cara obcecado com uma alimentação saudável
    Qualquer obsessão é chata, obviamente. E obsessões sempre dizem muito sobre alguém. Uma coisa é ser consciente com a saúde. Outra coisa é usar essas restrições alimentares como uma desculpa para esconder um problema de autocontrole. E, cá entre nós… se uma mulher de dieta já é um saco, imagina se o pretendente está nessa também. A vida social vai complicar.

     

Só acreditem no que sair da minha boca, diz Luan Santana

Padrão

Após especulações de que estaria namorando a atriz global Mariana Molina, o cantor Luan Santana postou uma mensagem em seu Twitter pedindo para seus seguidores acreditarem apenas no que ele diz.

– Amores, dia corrido demais. Já estou sabendo de tudo, só acreditem no que sair da minha boca! Amo vocês demais!

O R7 procurou a assessoria de Luan, que preferiu não falar sobre a vida pessoal do cantor.

– O Luan não está namorando. Mas ele se aproximou dos atores da novela fora dos bastidores.

Recentemente, Luan e Mariana, atriz da novela Malhação, foram vistos aos beijos em um restaurante japonês, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. A revelação sertaneja conheceu a jovem durante as gravações da novela em janeiro, quando ele fez uma participação na trama.

Luan Santana e Mariana Molina estão se conhecendo melhor, dizem amigos

Padrão

O meio artístico pode ganhar um novo casal. O cantor Luan Santana e a atriz de Malhação (TV Globo), Mariana Molina, foram vistos aos beijos em um restaurante japonês, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio.

Amigos da atriz contaram ao R7 que os dois estão saindo juntos toda vez que o cantor vem ao Rio para cumprir sua agenda de compromissos. O relacionamento, segundo eles, ainda não é um namoro.

Santana e Mariana se conheceram nas gravações de Malhação em janeiro – ele fez uma participação na trama. Mas os dois só ficaram um tempo depois, quando o artista reencontrou o elenco fora do set da novela.

O R7 procurou a assessoria de Luan Santana, que preferiu não falar sobre a vida pessoal do cantor.

– O Luan não está namorando. Mas ele se aproximou dos atores da novela fora dos bastidores.

Alexandre Frota termina noivado com Dani Sperle

Padrão

O ator e diretor Alexandre Frota e a modelo Dani Sperle terminaram o noivado nesta quarta-feira (14). A decisão partiu do diretor da Record, que “amadureceu a ideia durante a noite”.

O R7 conversou com Frota. Ele contou que “chegou à conclusão de que esse não era o caminho que deveria seguir”.

– Ontem à noite eu pensei muito e hoje resolvi colocar um ponto final nessa história.

Ele contou que a reação dela foi semelhante “à de todas as mulheres que escutam do noivo o pedido para terminar um relacionamento às vésperas do casamento”. Os dois iriam se casar em maio e já viviam juntos em um apartamento em Pinheiros, na região oeste de São Paulo.

– A reação dela foi a mesma que todas as mulheres têm. Ela ficou surpresa. Acho que ela não esperava que eu fosse fazer isso, até porque tudo estava caminhando para um casamento. Mas achei melhor tomar essa decisão, mesmo que pareça radical. Tenho de fazer o que meu coração manda. Continuo admirando a Dani como mulher.

O R7 perguntou a Frota se houve traição.

– Não houve traição nenhuma, apesar de existirem boatos de que eu teria uma relação fora desse noivado. É só boato. A Anamara [ex-BBB] não tem nada a ver com isso. O lance com ela é só trabalho [o calendário para o qual os dois posarão juntos]. É só para ganhar dinheiro.

Frota afirmou que não pretende expulsar a noiva de seu apartamento.

– Se ela quiser continuar morando lá, eu saio.

Ele ainda disse que pode continuar amigo da ex.

– Se ela quiser me ter como amigo, eu posso até ser, como sou da maioria das minhas ex-mulheres. Se ela não quiser, tudo bem.

O R7 ainda perguntou ao diretor se há chance de o casal reatar o romance.

– Nenhuma chance de volta. É uma coisa muito definida. Foi um estalo no meu coração. Eu pensei: não é isso que eu quero.

A reportagem telefonou para Dani Sperle e perguntou se ela queria comentar as declarações do ex-noivo. Ela preferiu manter o silêncio.

– Ele falou para você que terminou comigo? Então, pergunte para ele. Eu prefiro não comentar esse assunto.

Oficial: Chega ao fim o casamento de Ana Maria Braga

Padrão

Ana Maria Braga vai mesmo se separar de Marcelo Frisoni, com quem esteve casada por mais de dois anos. Quem confirma é o próprio empresário ao jornal O Dia na manhã desta terça-feira, dia 8.

Os boatos de que o casal iria se divorciar surgiram desde o final do mês de novembro, mas, até então, nenhum dos dois havia comentado sobre o assunto. Agora, Frisoni resolveu esclarecer os motivos que fizeram ambos optar pela separação.

– Não é falta de amor nem sacanagem, mas é difícil manter um relacionamento de longe. O meu beijo não chega a 600 km de distância.

Desde que houve a mudança do estúdio do programa Mais Você, da Globo, para o Rio de Janeiro, Ana Maria tem passado grande parte da semana lá, enquanto Frisoni permaneceu em São Paulo, onde o casal reside.

Ana Maria e Marcelo estiveram juntos na capital paulista no último final de semana, dormiram na mesma casa e conversaram a respeito da situação do relacionamento.

– Estivemos debaixo do mesmo teto, mas separados. Não brigamos. A gente se ama. Estou sofrendo e acho que Ana também. Mas vivíamos uma solidão a dois.

Frisoni já está vendo outro imóvel para morar e acrescentou que faz questão de levar fotos e algumas peças de roupas da apresentadora para senti-la por perto quando bater a saudade. A assessoria de Ana Maria Braga comentou que ela não vai se pronunciar sobre o assunto.

Cantora foi o pivô da separação de atores

Padrão

Os atores Rafael de Almeida e Pérola Faria, mais uma vez, terminaram o relacionamento que já durava três anos e que teve início durante as gravações de “Páginas de Vida”. Enquanto a atriz, que está no elenco de “Bela,a Feia” garante que o motivo do rompimento foi a incompatibilidade de agenda, minha pulguinha ficou sabendo que o “pivô” pode ter sido a cantora luso inglesa Mia Rose, que foi dirigida por Rafael num vídeo clipe.

 

 fonte:  http://www.portaldoleaolobo.com.br

Como lidar com o fim do relacionamento?

Padrão

A psicóloga Maria Cristina Capobianco explica as diversas situações de um término e como lidar com cada uma delas. 
O fim de uma relação é um momento muito delicado que exige cuidados pois freqüentemente envolve tristeza e sofrimento.  Para alguns este sofrimento se deve ao sentimento de perda de um ser muito significativo e para outros esta perda representa um alivio. Quando a relação em si é conflitiva, por vezes sentida como destrutiva a separação significa uma libertação deste sofrimento.

Neste sentido o término de uma relação precisa ser visto como um momento de um processo, que precisa ser delicadamente cuidado; exige reflexão e análise para que possa acontecer a partir dela uma transformação, uma renovação das pessoas, explica a psicóloga Maria Cristina Capobianco.

É comum perceber que algumas pessoas, imediatamente após a separação mergulham em outros relacionamentos ou no trabalho ou na academia, como forma de amenizar a dor, o vazio. Outras caem em um desânimo profundo, a vida perde o sentido e sentir só torna-se insuportável.  Especialmente na adolescência, período de grande vulnerabilidade e impulsividade, as tentativas de suicídio são freqüentes.

A psicóloga alerta que essa vontade de querer fazer tudo ao mesmo tempo para esquecer o ex, nem sempre é bom. Cristina explica que no primeiro caso, o alivio da sensação de peso que o relacionamento despertava faz a pessoa pensar que ter “descartado” a relação foi uma atitude mais saudável.  Em muitos casos, a separação é necessária e aponta para a ampliação dos modos de viver a vida. Porém, se a pessoa não tenta compreender como foi entrando e permanecendo numa relação que se tornou destrutiva, ela poderá eventualmente continuar escolhendo este tipo de relação e repeti-la com outras pessoas. Aparecem em muitos casos outras “dependências”, de álcool, do trabalho, da tirania da imagem de um corpo esbelto, potente.

As pessoas, que pelo contrário, passam por períodos de sofrimento profundo, depressão, tristeza, também precisam de cuidados intensos, ressalta a terapeuta. Provavelmente esta pessoa se sente abandonada, sua autoestima despenca e perde a confiança no seu potencial e desejo de seguir vivendo. Nestes casos, o que houve provavelmente foi que a relação era o que denominamos de um tipo “simbiótico”; similar aquela que acontece entre uma mãe e um bebé recém nascido. O bebê não tem recursos próprios para sobre viver, ele não discrimina quem é quem, mãe e bebé se fundem numa única pessoa. Quando pessoas adultas mantêm este tipo de relação, na qual existe uma indiscriminação intensa entre quem é quem, quando acontece a separação, ela é vivida como se se perdesse uma parte de si próprio ao se desligar do outro. A pessoa se confundiu tanto com seu parceiro, que ao se separar dele, perde seus próprios recursos e sente-se um bebê sem a proteção da mãe.

Após a separação, o período de luto pela perda do ser amado varia e é comum chegar a nove, dez ou doze meses. É importante ter paciência e não tentar acelerar o processo. As pessoas têm o costume de olhar de maneira negativa para as experiências de sofrimento.

Porém é fundamental respeitar o ritmo que cada um precisa para elaborar este momento e poder se abrir para novas experiências. Homens e mulheres variam muito na sua forma de vivenciar este momento. “Os homens sofrem sozinhos; enquanto as mulheres se apóiam uma nas outras, eles, por razões culturais, se fazem de durões”, observa a psicóloga Maria Cristina Capobianco.

Homens ensinam como ser feliz no amor

Padrão

Para eles, o amor é um filme de ação. E o final feliz depende de algumas iniciativas que cada casal deve tomar no dia a dia. Confira a lista masculina do que faz o relacionamento dar certo

Há um novo modo masculino de pensar a vida a dois que pode surpreender as mulheres. Foi o que aconteceu comigo quando comecei a fazer esta reportagem: confesso que não esperava que os homens demonstrassem tanta disposição para discutir a relação. Mas, a cada conversa com um entrevistado, os depoimentos se aprofundavam, trazendo à tona uma visão prática da arte do convívio. Meio desconfiada, fui checar com um especialista. Constatei que, silenciosamente, o sexo oposto tem passado por uma transformação social e também pessoal. E isso faz toda a diferença quando o assunto é namoro ou casamento. “O homem está buscando mais intimidade consigo mesmo.

Esse processo inclui intensificar o papel de pai e valorizar outras esferas da vida. O aspecto profissional não é mais o único foco importante”, esclarece o psicanalista Sócrates Nolasco, autor dos livros O Mito da Masculinidade e A Desconstrução do Masculino (ambos Editora Rocco). Esse contexto favorece um bom encontro com as mulheres. Mas, para viver um amor adulto, ambos enfrentam desafios. “O casamento convoca os casais a gerenciar as frustrações e expectativas – às vezes irreais – em relação à vida a dois. É um exercício para um vínculo maduro”, diz o psicanalista. Se os homens estão vibrando numa frequência nova, é hora de atualizar o arquivo feminino. Com vocês, os sete verbos para uma relação feliz na versão deles. E não é simplesmente teoria. Cada verbo foi definido com base nas experiências com a mulher amada.

Saiba o que os homens não toleram nas mulheres

Padrão

Há coisas que os homens não toleram. Não, não é a TPM ou o mau-humor típico de segunda-feira pela manhã. São coisas que julgamos relativamente sem importância, mas que vão desgastando a convivência ou por serem escatológicas, ou terem a ver com manhas e chatices típicas de mulheres implicantes.É sempre bom dar uma olhada nesta listinha que reproduzimos do blog Entre Paredes, do jornalista Leó Dias e fazer um balanço de quantas vezes cometemos deslizes como esses no dia-a-dia. Preparada?

Avisar que vai fazer xixi
 
Por que, sem exceção, todas as mulheres quando vão ao toalete anunciam? Seja na mesa do bar, no restaurante, numa noite romântica, num momento mais esquisito que seja, ela levanta-se e anuncia sem cerimônia: – Vou fazer xixi. Ora bolas, precisa? Avise que vai ao toalete e retire-se discretamente. E aos homens, não precisam rasgar o verbo também, tal como: -vou mijar! Péssimo para ambos.

Depilar as pernas com a lâmina de barbear, principalmente a nossa

Agora quando se está num momento prazeroso, na cama, aquele encontro de corpos e de repente você sente uma lixa (isso mesmo, para nós parece lixa!) na sua perna, afirmo que não é nada agradável a sensação. Tem mulheres que por preguiça ou pressa acabam removendo os pelos das pernas no banho, com a lâmina de barbear, assim como nós fazemos a barba. Mas isso engrossa o pêlo, ou acha que eu “pinico” quando fico sem fazer a barba por qual razão? E se usam a nossa lâmina? Acabam com o fio. Mulheres, cera nas canelas! É higiênico, dura mais e a sensação no toque é ótima! E nada de lâmina nas axilas também!!!

Cismar que há sempre mulheres maravilhosas onde trabalhamos, vamos ou estamos
 
Eu, como homem solteiro, vou perguntar para os amigos casados ou que estão namorando onde as respectivas deles acham que estão todas essas mulheres maravilhosas, gostosas e atenciosas que elas acham que virão para cima de nós como uma leoa caçando uma presa. Seja no trabalho, no happy hour, no estádio, no jantar de negócios e até na entrevista de emprego, elas sempre acham que haverá um mulherão que irá nos seduzir e abusar de nossos corpos. Expliquem isso para os solteiros, porque raramente isso acontece e essa insegurança toda cansa muito.

Demorar para se arrumar ao ponto de atrasarem
 
E por fim, a natureza foi bondosa com as mulheres fazendo-as lindas, maravilhosas, mas que por uma razão mal explicada até hoje demoram mais de uma hora para se arrumar. É o banho com um condicionador especial, o cabelo, a maquilagem, eventualmente remover algum pelinho (com a pinça, por favor!), a escolha da roupa, o conjunto sapato e bolsa, o creme para o corpo, o hidratante, etc. Entendo que vocês fazem isso para vocês mesmas, que é importante e que também pensam em nós ao fazerem isso. Adoramos, juro! Mas precisam começar tarde e atrasar para sair? Comecem antes, não nos façam ficar olhando para o nada, amarrotados no sofá ou no quarto enquanto você reclama que não está contente com os brincos que colocou. Queremos vê-las lindas, mas não precisa ser em 3 horas.

Nós temos as nossas gafes imperdoáveis:
1) Usar aquele camisetão largado e pantufas;
2) Entrar  no banheiro e fazer xixi/cocô enquanto ele toma banho;
3) Arrotar e ter crises de flatulência;
4) Fazer aquele jantarzinho delicioso e não tomar banho antes de sentar à mesa;
5) Falar mal ou fazer piadas dele em frente aos amigos.
E aí? Passaram no teste?

 Fonte: http://www.dicafeminina.com