Arquivo da tag: Sertenejo

Fãs de Luan Santana protestam pela heterossexualidade do sertanejo

Padrão

Um grupo barulhento de fãs resolveu protestar em prol da heterossexualidade do cantor sertanejo Luan Santana, na noite desta sexta (4), em Pedro Leopoldo, cidade da Grande Belo Horizonte (MG).

O músico se apresentou para cerca de 40 mil pessoas, segundo os organizadores, no Pedro Leopoldo Rodeio Show, evento que vai até o próximo domingo.

Exaltadas, as fãs gritaram que eram mentira os boatos sobre a sexualidade do músico e levantaram suas faixas de apoio à heterossexualidade de Luan.

O jovem músico leu algumas das mensagens no microfone e agradeceu a todas as fãs que “acreditam nele”.

Sem afirmar qual é sua orientação sexual, Santana disse apenas estar “solteiro”. As fãs deliraram com a declaração.

Wanessa Camargo: “Não me identifico e não ouço sertanejo”

Padrão

Wanessa Camargo deu uma entrevista ousada para a RG Vogue de novembro, em que mostrou um lado diferente daquele do começo de sua carreira, da menina ingênua que cantava músicas melosas.

Logo de cara, a cantora contou que já aprontou muito quando mais nova:

“Não fui santinha, quis experimentar a vida. Não fiz nada que nenhum jovem não tenha feito, só que era mais exposta”.

Atualmente casada com o produtor Marcos Buaiz, a cantora se declara mais família e caseira, mas garantiu que tem o controle sobre sua própria vida e negou a suposta briga de seu pai, Zezé Di Camargo, com o marido dela.

“Acho que tem gente que torce por isso mas, graças a Deus, eles se adoram. Passamos Natais juntos, com a família do Marcus. Não tem essa de brigar pela minha carreira; nem meu pai nem o Marcus mandam em mim. Sou e sempre fui independente, não nasci para ser Amélia, gosto de pagar minhas contas, batalhar pelo meu espaço, estar de igual para igual”, desabafou.

Sucesso nas rádios com o hit Fly, que canta em parceria com o rapper Ja Rule, Wanessa está numa fase ‘hip hop pop’ de sua carreira. Sobre as músicas sertanejas que ouviu desde criancinha em sua casa, por causa de seu pai, ela confessou:

“Eu gosto de sertanejo, tenho muito respeito e carinho pela música, um orgulho imenso do meu pai, mas não sou fã do gênero, não me identifico e não ouço”.

 

 Fonte: http://www.folhavitoria.com.br/