Arquivo da tag: sucesso

Luan Santana aparece de mãos dadas com morena

Padrão

Luan Santana foi um dos muitos famosos que compareceu a 17ª edição do Prêmio Multishow de Música Brasileira nesta terça-feira (24) à noite na HSBC Arena no Rio de Janeiro. O cantor do sucesso Meteoro deixou o local de mãos dados com uma bela morena desconhecida.

Luan Santana foi um dos muitos famosos que compareceu a 17ª edição do Prêmio Multishow de Música Brasileira nesta terça-feira (24) à noite na HSBC Arena no Rio de Janeiro. O cantor do sucesso Meteoro deixou o local de mãos dados com uma bela morena desconhecida.

Luan levou o prêmio de cantor revelação em uma noite em que os consagrados Samuel Rosa, líder do Skank e Ana Carolina ganharam os troféus como melhores cantor e cantora respectivamente.

No último domingo (22), Luan fez revelações sobre sua vida no programa De Frente Com Gabi (SBT). Durante a entrevista, ele disse que perdeu a virgindade aos 16 anos e deixou claro:

– Sou homem demais, gosto de mulher.

Anúncios

Novo clipe da Stefhany “Tanta Loucura”

Padrão

A cantora do Piauí Stefhany parece não se cansar se lançar clipes. A jovem colocou na internet o vídeo da canção Tanta Loucura. A música faz parte do novo CD da cantora, Vol 3, que deve chegar às lojas ainda neste ano.

Paranormal Activity “o melhor filme de terror dos últimos tempos”

Padrão
“Paranormal Activity”, segundo esta sendo veiculado na grande mídia, custou apenas 11 mil dólares e tem potencial para se tornar o filmes mais lucrativos da história do cinema. O título atual pertence a Bruxa de Blair, com seus 35 mil dólares de custo e mais de 250 milhões dólares em faturamento.
“Paranormal Activity” narra a história de um casal que se muda para uma casa e logo nos primeiros dias percebem coisas estranhas acontecendo. Para melhor investigar os acontecimentos noturnos, os pombinhos instalam câmeras de vigilância pela casa. Enquanto dormem, coisas cada vez mais assustadoras vão se revelando. Um detalhe interessante é que o filme foi filmado na própria casa do diretor, o estreante Oren Peli.
Se a história não tem nada de muito original, ao menos o filme parecer ter uma direção extremamente eficiente e sustos garantidos, assim como aconteceu com o espanhol REC, um dos melhores filmes de terror que tive o prazer de assistir.
Agora torcer para que o filme não demore muito para chegar ao Brasil, pois as minhas expectativas já são grandes.

 Fonte: http://www.sedentario.org

Metallica inicia turnê mundial com energia renovada

Padrão

 

PHOENIX, Estados Unidos (Reuters) – Minutos antes de sua banda subir ao palco para o primeiro show de uma turnê mundial para divulgar seu primeiro álbum novo em cinco anos, o baterista Lars Ulrich está ocupado com coisas mais importantes.

O co-fundador e força criativa da banda está correndo ao backstage para encontrar cerca de 35 membros do fã-clube da banda. E ele também encontra tempo para várias entrevistas.

 

Enquanto quase 20 mil fãs na arena de hóquei no gelo Jobing aguardavam impacientes a chegada de seus heróis, na terça-feira, Ulrich disse à Reuters: “Sempre nos orgulhamos de ser acessíveis.”

 

“É espantoso que, depois de 30 anos, alguém ainda esteja interessado no que temos a dizer”, comentou o dinamarquês de 44 anos, que sempre tem opiniões a oferecer.

 

Durante esses 30 anos, o Metallica vendeu 100 milhões de álbuns. Ao que tudo indica, a banda ganhará um espaço no Hall da Fama do Rock and Roll quando a próxima leva de homenageados for anunciada, no início do próximo ano.

 

Seu último álbum, “Death Magnetic”, foi número 1 nas paradas em mais de duas dúzias de países, incluindo três semanas nessa posição nos Estados Unidos. Foi um retorno bem-vindo à forma para a banda, após a decepção crítica e comercial de “St. Anger”, de 2003.

 

Conhecido por sua ética de trabalho e seus show ao vivo explosivos, o Metallica sempre se esforçou para agradar aos fãs inveterados que já os seguiam muito antes de o grupo fazer sucesso junto ao grande público com seu álbum “Metallica”, de 1991, e o single de sucesso “Enter Sandman”.

 

A título de aquecimento para a turnê, que vai passar por 37 arenas na América do Norte até 1o de fevereiro e em seguida chegar à Europa, os músicos convidaram fãs e amigos para assistir a dois ensaios em San Francisco, sua cidade de adoção, e Phoenix.

 

Como sempre, a banda tocou no meio da arena, emocionando os fãs com um show pirotécnico e de laser. Ao lado de sucessos antigos como “Enter Sandman” e “One”, o grupo tocou cinco faixas de “Death Metal”, que o leva de volta a suas raízes no thrash metal, com destaque para a guitarra de Hetfield.

 

Este corria alegre pelo palco, não se parecendo em nada com o homem detonado que em 2001 se internou numa clínica de reabilitação. As provações pelas quais passou foram reveladas dolorosamente no documentário “Some Kind of Monster”, que detalhou as tensões que quase levaram a banda a implodir. Mas parece que tudo isso ficou para trás.

 

Hoje, os membros da banda que já chegou a ser apelidada de “Alcoholica” estão cuidando mais de sua saúde, chegando a levar um quiroprático com eles na turnê.

 

“Tenho 44 anos, uma namorada maravilhosa e três filhos lindos”, disse Ulrich, que tem um filho bebê de sua namorada, a atriz dinamarquesa Connie Nielsen.

 

“Claro que bebo ocasionalmente, como todo o mundo, mas hoje em dia tomo principalmente vinho tinto, não vodca tonic, como antigamente.”

 

Ulrich disse que a banda pode continuar para sempre se as condições físicas o permitirem.

 

Quando eles se aposentarem, Ulrich, que é ávido colecionador de arte, pretende trabalhar com Hollywood.

 

“Eu adoraria passar seis meses escrevendo o roteiro de um filme” disse ele. “Acho que tenho mais amigos no mundo do cinema que no mundo da música. Essa me parece ser uma direção natural a seguir.”

 Fonte:yahoonoticia

10 COISAS QUE NUNCA VAMOS ENTENDER EM LOST

Padrão

Já são quatro temporadas de mistérios e mais mistérios. A cada capítulo, um nó é acrescenteado para injetar mais suspense na trama. Lá pelo meio da segunda temporada, quando os espectadores começaram a fazer greves e manifestações contra falta de respostas, os roteiristas resolveram colaborar, e apresentaram até os famigerados Outros, escondidos por tanto tempo atrás daquelas árvores. Mesmo assim, algumas questões nunca serão resolvidas, nem com mais 15 temporadas:

1. FRATURA EXPOSTA? TRAGA ÁGUA!
Todo e qualquer mal-estar na ilha de Lost é resolvido rapidamente. A taxa de mortalidade, aliás, é até menor do que a de muitos lugares sem tantas ameaças – urso polar havaiano, monstro de fumaça negra, os olhos malvados de Ben. O segredo para tanto sucesso? O nosso Ministro da Saúde da ilha, Jack Shephard se apressa em pedir aos seus figurantes de plantão, sempre que surge uma nova vítima: traga mais água! Será que as ondas de magnetismo do lugar afetaram até a qualidade da água?
2. CURSO DE COREANO GRÁTIS
No começo era difícil porque os roteiristas precisavam disfarçar. Passou-se o tempo e os habitantes da ilha parecem ter virado verdadeiros especialistas em coreano. Vez ou outra aparece um norte-americano (ou escocês, ou canadense, ou australiano) qualquer, que consegue se comunicar com Jin. Aliás, o mais engraçado de tudo é que todo mundo fala inglês no vôo 815, menos ele. Se não fosse a Sun por perto, ele não teria, provavelmente, sido promovido ao elenco de primeiro escalão por razões práticas.
3. OS OUTROS ODEIAM RESPOSTAS DIRETAS
Qualquer coisa (leia-se qualquer mesmo) que Jack perguntava aos Outros no começo da terceira temporada era imediatamente ignorada. Se bobeasse, era capaz de ninguém saber o próprio nome para contar para o médico. Tudo bem que eles queriam esconder seus segredos do bonitão, mas precisava mesmo de tanto mistério? Ao final de dois capítulos, já soava enrolação dos roteiristas. E como fã de Lost é bem mais impaciente que os de outras séries, o esquema ficava difícil de engolir.
4. SUPERPODERES DE DESMOND
Um escocês sai da prisão e resolve que vai participar de uma regata. Aprende a velejar sozinho, ganha um barco, mas acaba parando na ilha de Lost. Passa três anos apertando um botão e, quando foge, consegue velejar seu barco (sim, aquele mesmo) sem ajuda, e ainda sobreviver duas semanas sem comida para isso. Quando volta para nossa história, sobrevive a uma implosão bem em cima dele e acorda pelado no meio da selva. A partir daí, começa a dar pistas do que vai acontecer no futuro da ilha. Heroes? Não, este ranking ainda trata de Lost. É que nosso querido Desmond parece ter superpoderes.
5. A TEORIA DO PURGATÓRIO
Uma coisa que ninguém nunca vai explicar tem mais a ver com os fãs do que com a série. Os roteiristas já juraram de pés juntos que o mistério de Lost não se resolve com a teoria de que eles estariam no purgatório. Mesmo assim, ela continua sendo a mais difundida na internet, e entre os telespectadores da série. Dá para entender porque as pessoas ainda não desencanaram de final tão sem imaginação?
6. POR QUE O PAULO EXISTIU?
O fracasso televisivo do ano em 2007, Paulo, personagem de Rodrigo Santoro na série, é um dos maiores mistérios de Lost. Por quê? O moço entrou sem maiores explicações e foi morto por conta das reclamações da audiência. Enquanto esteve lá, não provocou grandes transformações na trama. Quando saiu, roteiristas e o ator principal (Matthew Fox) assumiram que Paulo foi um erro. Por que então colocar ele na ilha? Ainda bem que eles se arrependeram a tempo.
7. FARMÁCIA COM ESTOQUE ETERNO
Lá pela metade da primeira temporada, quando os sobreviventes ainda estavam se organizando na ilha, Jack e Sawyer (mais Jack do que Sawyer) fizeram uma expedição dentro da fuselagem do avião atrás dos remédios que os passageiros carregavam. De lá para cá, uma infinidade de sobreviventes ficou doente e precisou dos antibióticos, analgésicos (dúzias e dúzias), etc, prontamente doados pelo médico de plantão. Como o estoque da farmácia ainda não acabou?
8. UM CORTE DE CABELO PARA HURLEY
O Jack tem uma tesoura. Não dá para negar isso, portanto, não é uma desculpa aceitável. Ela já foi filmada várias vezes, inclusive. Então porque Hurley ainda não cortou esse bendito cabelo? Ele tem suas razões, claro, mas a ilha não é lugar para isso. De sol a sol, Hugo está lá, suando às bicas e reclamando do calor. Mas nada de aproveitar a tesourinha de Jack para dar uma aparada nas madeixas
9. NINGUÉM VIU A SEGUNDA ILHA?
Não foram uma, duas, nem dez expedições que inspecionaram a ilha de cima a baixo. Só o Saydi teve ter uns quatro ou cinco mapas do lugar, de tanto que explorou aquelas praias. Isto sem falar no caçador de javalis mais querido (e único) da TV, John Locke, que é outro expert em Lost. Deste jeito, como eles podem ter passado duas temporadas inteiras (dois terços da série até agora), sem avistar a ilha onde os Outros habitam?
10. ONDE O SAWYER ARRUMA TANTOS LIVROS?
Não importa a que horas alguém vai incomodar o Sawyer em sua barraca. Ele sempre tem um livro na mão. E, para provar que o bonitão tem mesmo conteúdo, ainda faz citações de literatura inglesa. Provocou, inclusive, Ben com uma passagem de Ratos e Homens, lembra? Tudo bem que as pessoas deviam levar livros no avião (e que ele saqueou tudo devidamente antes de queimarem a fuselagem), mas tantos assim?

Fonte: site acidezmental