Arquivo da tag: tudo

Um pouco sobre tudo…

Padrão

..Eu…
…Parei um segundo para refletir sobre mim,
Sobre o meu lado bom e o meu lado ruim
Hoje, não sou como antes.
E nem no antes me imaginava
Como estou no agora
Porque a vida toma mesmo rumos
Completamente inesperados
Pode ser trash, brega, frase feita
Mais não tem jeito
Mais dia menos dia
Acaba-se chegando a conclusão de que
Somos instrumentos dos nossos destinos
E que por mais que nos esforcemos pra continuar
Teimando e lutando contra essa inevitável verdade
Em algum momento virá tona o que tiver que vir
Mudaremos conforme for necessário
E nos moldaremos conforme os erros e aprendizados
No qual nos confrontamos ao longo dessa jornada
Porque estamos vivos de qualquer forma
E não importa de que forma você escolheu viver
No fim você saberá se valeu a pena ou não
Quando olhar para trás e conseguir enxergar
O quanto foi forte ou covarde
No que realmente foi bom e no que era apenas razoável
As pessoas que realmente te importaram e as que apenas
Passaram pelo seu caminho em vão…
Quando se olhar no espelho verá o reflexo de alguém diferente
Do que fora dez anos antes
E lamentará por alguma coisa que tenha perdido
Sem esquecer o que tenha ganhado nesse meio tempo
Amadurecimento?Decepções?Filhos?

Eu não concordo com essa coisa
De que se perde tempo demais pensando
Somos racionais por alguma razão
É claro que ás vezes isso não presta pra nada
Na vida, muitas vezes perdemos a razão muito fácil.
Ou por mais que resistimos
Mais parar de vem em quando pra prestar atenção em quem
Está ao seu lado
Há quanto tempo não dá uma risada de verdade
Daquelas que depois quando você lembra sozinho
Dá até risada de novo
Dos motivos pelos quais você deveria parar de ser orgulhoso
E simplesmente reconhecer
Ou dos sonhos que você costumava ter
E que acabou desistindo
Porque não tentar de novo?
Um Não por pior que seja
Não se compara a satisfação
De quando se recebe um Sim…
Sim você pode mudar no momento em que quiser
Ou que decidir que já passou da hora
Sim você pode ser você mesmo
Sem precisar se preocupar com os outros
E Sim você pode ser feliz
Se realmente estiver disposto
A encarar a vida de frente
…sem medo…

Fale mais besteira
Quem pensa demais pra falar
Nunca acaba falando o que realmente gostaria
Palavras engasgadas
Com o tempo
Sufocam…
Sorria…
Você pode “desperdiçar” um segundo do seu dia
Mesmo se for pra rir de você mesmo(a)
E ria de você mesmo
Mesmo se tiver pagado aquele mico
Ou feito aquela cagada…
Porque é melhor você rir antes do que os outros riam
Isso lhes dará a opção de não achar mais tão engraçado
Surpreenda…
Porque a mesmice é muito chata
Se AME…
Porque se não ninguém vai te amar
Acredite na sorte…
Superstição pode atrair sorte…
E quando chegar naquele ponto do seu dia em que tiver vontade
De sair correndo ou de gritar
Pense apenas: FODA-Se
Amanhã é outro dia…

Renata R. Dos Santos

Anúncios

Tudo sobre pílula anticoncepcional!

Padrão
O objetivo deste post é desmistificar algumas coisas e esclarecer outras sobre o uso da pílula anticoncepcional. Pois estou tento alguns problemas em relação as pílulas,assim desejo que vocês compartilhem comigo suas experiências.

1 – Sobre a Pílula

  • É um dos métodos anticoncepcionais mais utilizados do mundo.
  • É muito eficaz para evitar gravidez indesejada (até 99,9%)
  • Contém uma combinação de dois hormônios:  estrógeno e progestogênio.
  • Efeitos Colaterais mais comuns nos primeiros meses: cefaléia, náuseas, sangramentos vaginais irregulares,  dor nas mamas, depressão (Frequentemente cessam após alguns meses).
  • Há formulações recentes – chamada de pílula de microdose –  com baixa concentração dos hormônios em sua formulação e que contém doses de estradiol. Os efeitos colaterias aparecem de forma reduzida nesse tipo de pílula, em relação às de dosagem maior.
  • Traz efeitos benéficos à saúde como: regularização dos ciclos menstruais, redução das dores e cólicas menstruais, redução dos riscos de cistos e nódulos mamários, melhora no tratamento de acmes(espinhas) e do hirsutismo (pêlos em exagero na face, tórax e abdome).
  • Se utilizada por períodos longos (ao menos durante 2 a 4 anos) reduz o risco de câncer de ovário e de endométrio (camada interna que reveste o útero).

 

2 – Mitos e Verdades

  • A pílula não faz mal à saúde. 
  • A maioria das mulheres (72%) não apresenta alteração de peso com a pílula (Queixar de ganho de peso não é mais desculpa para não usar hehe).
  • O fumo aumenta os riscos de efeitos colaterais cardiovasculares – então tentem não fumar.
  • A pílula NÃO dificulta a gravidez após a interrupção do uso. Apesar do retorno à fertilidade demorar mais tempo quando comparado às mulheres que interromperam outros métodos contraceptivos, é um método 100% reversível (a função ovariana é restabelecida).
  • Parar de tomar a pílula pode causar acne.
  • Alguns remédios como a ampicilina e anti-convulsionantes podem reduzir a eficácia dos anticoncepcionais.
  • Não existem evidências que a pílula faça mal ao cabelo.
  • O risco de câncer é praticamente o mesmo entre aquelas que usam ACOs e as que não usam. Nos tumores malignos do útero e ovário, a pílula exerce um efeito protetor, proporcionando metade dos riscos das não-usuárias. Quanto à relação entre câncer de cérvice uterina e uso de ACOs, não existe ainda um consenso (alguns estudos indicam um aumento na incidência, mas nada definitivamente comprovado).
  • As pílulas possuem efeito sobre o sistema cardiovascular e é possível que estejam envolvidos de alguma forma no desenvolvimento de varizes, mas as pesquisas produziram resultados controversos até o momento.
  • A dismenorréia (menstruação dolorosa) é menos freqüente nas mulheres que não ovulam. Por isso, os ACOs podem ser úteis em 70-80% dos casosde dismenorréia.
  • Pesquisas têm mostrado que altas doses de ACOs em mulheres após a menopausa diminui o risco de fraturas e suspeita-se que possa melhorar a densidade óssea nas mulheres jovens (Faltam maiores comprovações científicas).
  •  Após os 40 anos e que acabaram de ter a última menstruação pode sim ocorrer uma gravidez indesejada. Nas mulheres que estão entrando na menopausa, recomenda-se o uso de ACOs por 12 meses após a última menstruação.

 3 – Escolha do Método Anticoncepcional

Deve-se levar em conta:

  • Reversibilidade do método
  • Adequação ao organismo da usuária
  • Disponibilidade
  • Acompanhamento médico
  • Custo
  • Proteção contra doenças sexualmente transmissíveis

 IMPORTANTE

  1. Não existe método anticoncepcional infalível
  2. A pílula não fornece proteção contra doenças sexualmente transmissíveis
  3. A mulher se conhecer, saber quando estar de TPM e tal, pode ser muito importante para melhorar a qualidade de vida, evitar brigas com quem se ama, etc.

4 – Eficácia dos métodos

Métodos Definitivos (100%) – Laqueadura tubária e vasectomia

Métodos Reversíveis – pílula combinada (até 99,9%), minipílula (até 97%), DIU medicado com cobre (até 99,58%), DIU medicado com levonorgestrel (até 99,80%), injeção mensal (até 99,70%), injeção trimestral (até 99,70%), implante subcutâneo (até 99,72%).

Métodos de Barreira – preservativo masculino/camisinha (88%) , preservativo feminino (79%) , diafragma (82%) , creme espermicida (79%).

Outros Métodos – coito interrompido (81%), tabelinha (80%).

Fonte: folder da Biolab e outro(Não tenho o nome do produtor) folder cheio de referências científicas.