Arquivo da tag: familia

Segunda gravidez: especialistas tiram dúvidas das mães de segunda viagem

Padrão
Seja porque seu sonho é ter uma família grande ou porque você conhece as alegrias de ter um irmão e quer proporcionar o mesmo ao seu filho, ser mãe pela segunda vez é uma escolha que afeta não só a sua vida, mas de toda a família. Principalmente dos filhos. Há quem sinta enjoos terríveis na primeira, mas não na segunda gravidez. E como não existem duas gestações e nascimentos totalmente iguais, algumas dicas são essenciais para passar por esse período com saúde, tranquilidade e segurança. No livro “A Bíblia da Gravidez – A Segunda Gravidez”, de Wladimir Taborda, Mariano Tamura e Alice D. Deutsch, publicado pela CMS Editora, os especialistas dão dicas importantes para a segunda gestação. Confira:
  • 1
    Amamentação na segunda gravidez
    É mito acreditar que não se pode engravidar durante a amamentação. As chances são bastante reduzidas, mas existem. “O hormônio prolactina, que estimula a produção de leite, também pode diminuir as chances de ovulação. A ideia de que amamentar também previne a gravidez é falsa e também não é verdade que você precisa parar de amamentar ao engravidar“, diz o livro. Vale ressaltar que se for preciso desmamar o filho mais velho durante a gravidez, o ideal é que seja quando ele conseguir beber em um copo e comer alimentos sólidos.
  • 2
    Sintomas da segunda gravidez são iguais aos da primeira
    Enjoo, dores de cabeça, vontades constantes de urinar e sonolência são alguns dos sintomas mais comuns de gravidez e que se repetem quando a mulher está grávida novamente. “A diferença principal é como a mulher reage a eles na segunda gravidez. A maioria dos sintomas decorre de alterações e adaptações biológicas à gravidez e ocorrem em todas as gestações, como, por exemplo, o escurecimento dos mamilos, corpo e seios inchados e sonolência. O enjoo pode variar em cada caso, mas é o mais rapidamente reconhecido“, explica o mestre em obstetrícia e doutor em medicina pela Unifesp Wladimir Taborda.

    Como a mulher já passou por todas as etapas uma vez, ela já está mais bem preparada para a segunda gravidez. “Ela já sabe que os enjoos vão passar, ou diminuir bastante, assim como todos os sintomas comuns da gravidez e que não fazem nenhum mal para o bebê. Menos ansiedade e reconhecimento precoce dos sintomas mais comuns são típicos da segunda gravidez”, salienta o médico.

  • 3
    Intervalo entre as gestações: qual é o período ideal?
    O intervalo entre o nascimento de um filho e a concepção de outro é um dos fatores que estão associados ao parto prematuro, ao baixo peso no nascimento e ao desenvolvimento abaixo do normal dentro do útero. Por isso, muitas mães sabem que o risco deve ser levado em conta quando decidem ‘emendar’ uma gravidez na outra. “O risco maior dessas complicações costuma estar associado a um intervalo de menos de seis meses entre as gestações“, afirma a publicação “A Bíblia da Gravidez – A Segunda Gravidez”.

    De acordo com o livro, com um intervalo de 18 a 23 meses entre as gestações, o risco é menor. Mas o perigo aumenta 24 meses depois do último parto. Isso porque quando o intervalo é curto a mulher pode não ter se recuperado não só do desgaste físico, mas também da defasagem nutricional da primeira gravidez. “Um intervalo longo entre as gestações pode significar que agora você está bem mais velha e, assim, há maior risco de ocorrer alguma anomalia cromossômica“, dizem os especialistas no livro.

  • 4
    Facilitando a segunda gravidez: dicas para engravidar
    Algumas mulheres preferem um intervalo curto entre os dois filhos. Se você pretende engravidar logo, após o período mínimo de seis meses recomendado entre as duas gestações, é válido revisar o período de ovulação para conseguir fazer com que o espermatozoide chegue ao óvulo o mais rápido possível após o início da ovulação, já que, normalmente, a fertilização acontece dentro de 24 horas a partir da liberação do esperma.

    “O melhor é tentar fazer com que a relação sexual ocorra cerca de 12 horas antes da ovulação. Assim, os espermatozoides já terão chegado à vagina, ao colo e à tuba uterina, onde o óvulo está percorrendo o caminho em direção ao útero”, explicam os autores de “A Bíblia da Gravidez – A Segunda Gravidez”. Segundo o livro, acredita-se que os espermas vivem de um a dois dias dentro do corpo da mulher.

  • 5
    Infertilidade secundária acontece sem explicações
    Mesmo sem haver qualquer problema durante a primeira gestação, mais de um milhão de casais no mundo enfrentam o que é conhecido como infertilidade secundária, ou seja, problemas de concepção após a primeira gravidez ter sido normal. “Isso pode estar relacionado a um longo período de espera entre a primeira e a segunda gestações, bem como a mudanças na saúde ou no estilo de vida”, afirma o livro. Não é raro que o casal precise procurar um médico especializado para avaliar a necessidade de iniciar um tratamento específico de fertilização.
  • 6
    Diferenças no corpo e na barriga da mulher na segunda gravidez
    Você sabia que na segunda gravidez a barriga da mulher parece maior mais cedo? É comum com apenas 10 a 12 semanas a mulher não caber mais na roupa por ter uma barriga semelhante à de quatro meses de gestação. “Nessa época, o útero ainda continua dentro da pélvis e seria cedo demais para ‘aparecer’. No entanto, é comum que a mulher pareça estar grávida de quatro meses, não porque o útero é maior, mas porque os músculos da parede abdominal estão mais esticados e relaxados depois da primeira gravidez“, explicam Wladimir Taborda, Mariano Tamura e Alice D. Deutsch,  no livro “A Bíblia da Gravidez – A Segunda Gravidez”.

    Cansaço extremo, principalmente no primeiro e no terceiro semestres, são mais comuns durante a segunda gravidez. De acordo com a publicação, não há uma explicação convincente para a segunda gravidez ser mais cansativa. “Mas uma explicação pode estar no fato de que você não pode se dar ao luxo de cuidar apenas de você quando está em casa”.

    Ainda de acordo com o livro, se você não teve estrias durante a primeira gravidez – os risquinhos costumam aparecer em 50% das mulheres grávidas -, é bem possível que elas não apareçam na segunda. Ao contrário das varizes, que costumam aumentar com as gestações e a idade. “Mas se as indesejáveis estrias apareceram antes, você pode estar predisposta a tê-las de novo. A receita básica é ficar de olho na balança para evitar ganho excessivo de peso e se exercitar”, afirma a publicação.

Família da atriz Drica Moraes fica indignada com a Globo

Padrão

A Globo andou insistindo para que Drica Moraes fosse falar de sua doença, leucemia, em programas da casa.

Tentaram levar a atriz no Domingão do Faustão e no Fantástico. Mas ela não topou.

A família de Drica ficou indignada, chegando até a comentar com pessoas próximas que houve uma certa falta de consideração em não respeitarem esse momento de privacidade.

Ela não quer se expor. Drica passou ontem (23) por uma cirurgia de transplante de medula.

boa convivência

Padrão

Desde a infância, começamos a aprender como conviver bem com os outros. Em nossos lares descobrimos que para se conseguir conviver bem com as pessoas à sua volta é preciso antes de tudo respeitar o direito do outro, independente de quem ele seja, se um filho, um irmão, um amigo ou um vizinho.

A regra é antiga e clara: nosso direito termina onde começa o do outro. Assim, por exemplo, eu posso fazer uma festa e ouvir música alta, desde que as outras pessoas, que também a estiverem ouvindo, gostem de som alto e do estilo da música. Nesse momento, é bom pensarmos nos nossos vizinhos e não só naquele que se encontra no mesmo ambiente onde a música está tocando.

Se vivêssemos como ermitões, não precisaríamos nos preocupar. Porém, como vivemos em comunidade é um pouco diferente. Precisamos aprender a agir de forma a não prejudicar o outro. É importante, também, nos acostumarmos a tratar a todos educadamente.

As leis tratam de assuntos mais graves, tais como matar e roubar. Porém, todos têm outros direitos além do direito à vida e à suas propriedades. Quando falamos de vida precisamos incluir o machucar o outro e não só matar, portanto ninguém tem o direito de bater em outra pessoa. E quando falamos de propriedade é bom lembrar que estragar de qualquer forma, aquilo que não é seu, inclui, por exemplo, pichar um muro, arranhar um carro, e várias outras coisas.

Também é preciso que tratemos os outros não da forma que queremos ser tratados, mas sim da forma que eles gostariam de ser tratados. Pode ser que o gosto dos outros seja diferente do nosso.

Se possível, procure seguir algumas regras de boa convivência no seu dia a dia:

· Não economize sorriso: de todas as moedas circulantes no comércio da vida, o sorriso é a que compra maior porção de alegria pelo menor preço.

· Por falar nisso, não compre briga porque sai caro.

· Seja otimista. Quem vê tudo na existência pelo lado sombrio do derrotismo raramente cruza com amigos na rua, porque a maioria deles dobra a esquina para escapar do encontro.

· Seja alegre e comunicativo. Um “bom dia”, um “alô” custa pouco e rende muito.

· Seja simples e modesto. Se você possui qualidades “notáveis”, cedo ou tarde as pessoas notarão isso, como também descobrirão suas imperfeições.

· Seja um bom conversador deixando com que os outros falem mais. · Procure ouvir as pessoas ou avaliar a situação antes de emitir um julgamento.

· Interesse-se pelos outros. Só assim eles acharão você interessante.

· Tenha coragem para assumir decisões. Principalmente assuma o que fez.

· Assegure-se que as informações sejam claras, completas, transparentes e bem recebidas pelo outro.

· Compreenda que as pessoas que pensam de outra forma, estão sinceramente convencidas de que o errado é você.

· Faça aos outros, em lugar de críticas, quantos elogios puder fazer honestamente. As pessoas de um modo geral adoram ouvi-los e quando os recusam talvez no fundo esperem ser elogiados por isso.

· Com os inimigos, declarados ou gratuitos, mantenha a sobriedade do cavalheirismo. Não fale mal por trás nem perca uma oportunidade de reconciliação, dando o primeiro passo, pois nada lhe garante que no dia seguinte um deles não seja a única pessoa capaz de “salvar a sua vida”.

Para concluir, deixo mais uma dica: pergunte-se: como você gostaria de ser lembrado quando não estiver mais aqui? O que dirão de você? Pense no que disse Chico Xavier: Comece, hoje, a escrever um novo roteiro para sua vida, porque se não podemos voltar atrás e fazer um novo começo, podemos começar, agora, a fazer um novo fim.

 Renata

Carta de Leila Lopes à família vai para perícia

Padrão

A atriz Leila Lopes, morta nesta madrugada, deixou uma carta lacrada à família, que foi levada para perícia nesta tarde, segundo a Polícia Civil. Ela foi encontrada por uma amiga em seu apartamento, no Morumbi, na zona sul da Capital, por volta das 2 horas, após o marido de Leila não conseguir entrar em contato com a atriz. Um chaveiro esteve no local para abrir a porta.

Uma equipe dos bombeiros foi até à residência e constatou parada cardiorrespiratória seguida de morte. Ao lado do corpo, foram encontrados remédios antidepressivos, o que leva a polícia a trabalhar com a hipótese de overdose. Nenhuma marca de violência física teria sido encontrada no corpo de Leila. No quarto, também havia um prato de comida, supostamente com veneno.

Na TV, a atriz participou das novelas “Pantanal”, em 1990, quando interpretou Lúcia; “O Rei do Gado”, em 1996, fazendo o papel de Suzane e “Renascer”, em 1993, no papel da professorinha Lu. A atriz, que nasceu em 1959 na cidade de São Leopoldo (RS), também fez um ensaio fotográfico para a edição de março de 1997 da revista Playboy e entrou para o elenco da produtora de filmes pornográficos Brasileirinhas, com o filme “Pecados e Tentações”.

Há 20 anos no ar, “Os Simpsons” ganha novo personagem

Padrão

O seriado americano “Os Simpsons”, no ar há 20 anos, ganhará um novo personagem no último episódio da vigésima temporada. 

O novo integrante do desenho animado será Ricardo Bomba, criação de Peggy Black, americana de Connecticut, vencedora de um concurso promovido pelos produtores para apresentar sugestões de novos personagens para fazer parte da série.

Bomba será o mulherengo de “Os Simpsons”. Peggy disse ter pensado na personalidade do personagem por achar que estivesse faltando uma espécie de Casanova no seriado.

O episódio no qual Bomba estreará vai ao ar nos EUA no dia 31 de janeiro de 2010. Segundo os produtores do programa, foram recebidas mais de 25.000 sugestões de novos personagens para integrar o círculo da família Simpson.

Depois que Maisa virou celebridade, mãe despreza a família

Padrão

Depois que a pequena Maisa virou celebridade, parte da família não tem mais acesso à casa da apresentadora mirim do SBT. Duas tias de Maisa, irmãs de Gislaine Silva, mãe da menina, foram à Band levar a priminha dela, de três anos, para participar do Programa Raul Gil. Maisa foi lançada pelo apresentador.

Elas moram em Andradina, no interior de São Paulo. Quando a produção perguntou se precisariam de hotel ou se iriam se hospedar na casa de Maisa, em Alphaville, uma das tias respondeu, com a voz embargada, que “Gislaine mudou muito depois que a menina ficou famosa”.

“Ela nem telefona mais. Acho que tem vergonha da gente.”

A produção insistiu para que elas ficassem em um hotel e fossem embora no dia seguinte. Elas preferiram ir para casa no mesmo dia. Então, Raul Gil, que ficou sabendo do ocorrido, mandou pagar táxi até a rodoviária e as passagens de ônibus.

Por orientação do SBT, Maisa e sua família não podem dar entrevistas. A assessoria da emissora, que responde pela apresentadora, não comentou o assunto.

 

 Fonte: http://www.folhavitoria.com.br

NOVAS REVELAÇÕES – Polícia quer prisão de pai de Eloá

Padrão

A polícia civil de Alagoas pediu à polícia paulista a prisão de Everaldo Pereira dos Santos, pai da adolescente Eloá Cristina Pimentel, que foi morta com um tiro na cabeça na sexta-feira (17), depois de ficar cinco dias em poder do ex-namorado na casa dela, em Santo André, no ABC.

De acordo com o delegado-geral adjunto, José Edson dos Santos, o pai de Eloá fazia parte da “Gangue Fardada”, grupo de extermínio formado por policiais militares e liderado por um coronel, que está preso.

Segundo a polícia alagoana, o pai da adolescente era policial militar no estado e é acusado de envolvimento em vários crimes, entre eles, o assassinato do delegado Ricardo Lessa, irmão do ex-governador de Alagoas Ronaldo Lessa. O crime foi em outubro de 1991, e, desde então, ele é foragido da polícia. Há quatro mandados de prisão contra ele.

A polícia de Alagoas chegou até o pai da adolescente por meio de denúncias anônimas, diz o delegado-geral adjunto. Com a informação, a polícia procurou a certidão de nascimento de Eloá – que nasceu em Alagoas – e constatou que o nome do pai dela era o da mesma pessoa procurada pela polícia. Pereira também foi reconhecido pelas imagens dele veiculadas na televisão durante o seqüestro da adolescente.

Fontetudoagora