Arquivo da tag: amiga

Vestidos para as Madrinhas de Casamento! saiba o que vestir

Padrão

Receber um convite para madrinha de casamento seja por uma amiga ou alguém da família, é uma demonstração de carinho e consideração por parte dos noivos. Por isso nos sentimos quase que na obrigação de retribuir pela preferência. Portanto surgem algumas leves preocupações para “não fazer feio” num momento tão importante e inesquecível na vida da amiga. A primeira coisa que pensamos é no presente, e como somos convidados especiais, o presente dos padrinhos também tem que ser especial. Conheço algumas noivas que lembram o que ganhou de cada convidado.

 

Outra preocupação que temos é em relação ao traje a ser usado na cerimônia. As madrinhas sempre têm
que estar com um excelente visual, melhor que o visual mais que as convidadas, afinal de contas, ela estará ao lado dos noivos e saíra na maioria das fotos.
Os padrinhos não têm tanto com que se preocuparem, já que dependendo do traje do noivo, poderá usar fraque ou terno, atentando apenas para as cores que jamais devem ser claras para não serem confundidos com o noivo.  Já as madrinhas, assim como a noiva que cuida de todos os detalhes dos preparativos para seu casório, devem seguir algumas regras para conquistar seu espaço no altar com um traje especial.

Para escolher o traje ideal é preciso levar em consideração o tipo de festa (religião), o horário e o local da cerimônia, a estação do ano para tentar adivinhar o clima e que tipo de vestimenta mais combina com seu estilo e tipo físico. Cuidado com o decote, as fendas e a transparência, afinal de contas é um evento solene e respeito é bom.
Uma opção é seguir as orientações e o gosto da noiva e conversar com as outras madrinhas para chegarem a um consenso de modelo, comprimento e cor dos vestidos, geralmente a noiva deixará a critério de cada madrinha o que melhor lhe convém. Só lembrando que a tradição de não usar preto, marrom, branco ou tons claros que se assemelham ao vestido da noiva, continuam valendo.

Longuete esvoaçante.

Casamentos realizados pela manhã pedem vestidos de tecidos leves como o crepe e de cores pastéis como o azul-claro, salmão, verde-piscina, lilás ou rosa. Chapéu não é mais usado, a não ser que seja uma cerimônia muito requintada e todas as madrinhas decidam usar. A maquiagem deve ser suave e o brilho deve ser evitado. As bijuterias estão liberadas, mas sem exageros, uma opção são as pérolas. As sandálias devem ter saltos médios e mais grossos, evitando os modelos muito abertos, um channel fica perfeito.

Já os casórios de final de tarde são os mais difíceis para compor o visual. Vale seguir as regras dos casamentos matinais. Pense assim: Café da manhã = Chá da tarde. Mas já é permitido usar cores mais intensas, como vinho, bordeaux, verde musgo, uva, azul Royal, etc. O comprimento dos vestidos pode ser longo com bordados e brilho discreto, afinal de contas a festa adentrará a noite e ninguém precisa ficar apagada. Os sapatos devem seguir as tonalidades dos vestidos sem brilhos e cuidado com o exagero de maquiagem. 

Madrinhas

As cerimônias realizadas à noite pedem trajes mais formais com requinte e glamour, o brilho da prata, do dourado e cores mais intensas. Mas cuidado, todo o brilho da noite deve ser da noiva e é comum vermos exageros que depois rendem muitas ‘conversas’ durante e depois da festa. Os tecidos devem ter brilho próprio ou aposte nos acessórios mais chamativos, usando sempre o bom senso, principalmente na maquiagem. E lembre-se do lance do clima, pois não adianta nada usar um vestido lindo e ficar tremendo de frio no altar, não ficará elegante. Um modelo bem cotado é o tomara-que-caia, que pode ser usado com um bolero, echarpe ou xale, para “tampar” o decote. Caso o clima esquente, pode ser retirado.

RESUMO DA ÓPERA – GUIA PRÁTICO

No caso das cerimônias informais, podendo ser pela manhã ou à noite, não existe muita pompa e são muito comuns hoje em dia.

Use:
• Vestidos de festa simples com comprimentos no ou abaixo do joelho, mesmo quando a moda das saias andarem curtas;
• Tailleurs, chemisier, vestido e casaco ou conjunto de duas peças;
• Tecidos foscos, mas de qualidade como o linho, crepe, seda, microfibra, lãs ou veludos sem brilho (algodão);
• A roupa pode ter tonalidades combinadas, ser de um único tom, ter estampa discreta, cores vivas ou sóbrias;
• Antes das 18h, arranjos, enfeites e chapéus de aba discretos podem ser usados, mas caprichar no penteado já é suficiente;
• Sapatos e bolsas de couro, peles e luvas no inverno e bijuterias ou jóias foscas, como as pérolas, complementam o visual;

Não pode:
• Tecidos de festa como brocados, transparentes, bordados com brilho, veludo, seda, tafetá;
• Sapatos e chapéus forrados de tecido, tamancos, babuches, luvas compridas, detalhes de voilete ou strass ;
• Evite tons claros, aliás, branco e cru são proibidos;

Existem as cerimônias que requer um toque a mais de classe, conhecidas como semi-formais.

Use:
• Vestido ou tailleur comprimento Chanel ou longo moda (sapato à mostra);
• modelo justo, drapeados, plisse, rodados ou tubos com bordados em tecidos como seda, crepe, organza, georgete, musselina, rendas, tafetá, microfibras, veludo ou tecidos com acabamento de brilho;
• sapatos de tecido ou couro de salto alto e carteiras ou bolsas pequenas no tom ou materiais dos sapatos ou contrastando nas cores;
• Chapéus com abas são permitidos até às 18:00, sendo permitidos alguns adereços como jóia de ouro com pérolas e pedras preciosas ou bijuterias finas;

Não pode:
• Trajes em cores claras ou metalizadas brilhantes (ouro/prata);
• Padronagens ou estampas exageradas;
• Tecidos como algodão ou linho;
• Luvas acetinadas e compridas;
• Bolsas extravagantes;

Agora existem as cerimônias que já prometem quando recebemos o convite, onde informa que o traje é social completo. São as formais, então dá pra ter uma idéia que não dá pra inventar muito e que é preciso seguir as tradições.

Use:
• Vestido ou tailleur longo gala (cobrindo o sapato) ou semi-longo;
• Modelos sóbrios com decotes discretos e mangas longas em tecidos de festa como cetim, tafetá, seda pura, georgete, renda, veludos, microfibras ou adamascados. Cores entre os tons pastel ou primárias;
• Bordados com motivos em fio metálico, pedras e lantejoulas;
• Arranjos (opcionais) para a cabeça em flores artificiais em seda; penas, plumas, casquete bordado ou pequeno toque com voilete cobrindo o rosto;
• Luvas opcionais nos modelos sem mangas
• Sapatos sociais em tecido, napa metalizada ou couro liso;
• Bolsa pequena sofisticada e jóia (ou bijuterias) em harmonia com a roupa;

Não pode:
• Roupas inadequadas para festa;
• Acessórios esportivos com roupa sofisticada
• Bordados, transparências, decotes ou detalhes exagerados;
• Tons claros como bege, pérola, marfim ou cores que possam disputar com a roupa da noiva;

O importante é se sentir bem, ficar à vontade para conhecer pessoas, encontrar os familiares e amigos. Aproveite a festa!!!

Anúncios

Um pouco sobre tudo…

Padrão

..Eu…
…Parei um segundo para refletir sobre mim,
Sobre o meu lado bom e o meu lado ruim
Hoje, não sou como antes.
E nem no antes me imaginava
Como estou no agora
Porque a vida toma mesmo rumos
Completamente inesperados
Pode ser trash, brega, frase feita
Mais não tem jeito
Mais dia menos dia
Acaba-se chegando a conclusão de que
Somos instrumentos dos nossos destinos
E que por mais que nos esforcemos pra continuar
Teimando e lutando contra essa inevitável verdade
Em algum momento virá tona o que tiver que vir
Mudaremos conforme for necessário
E nos moldaremos conforme os erros e aprendizados
No qual nos confrontamos ao longo dessa jornada
Porque estamos vivos de qualquer forma
E não importa de que forma você escolheu viver
No fim você saberá se valeu a pena ou não
Quando olhar para trás e conseguir enxergar
O quanto foi forte ou covarde
No que realmente foi bom e no que era apenas razoável
As pessoas que realmente te importaram e as que apenas
Passaram pelo seu caminho em vão…
Quando se olhar no espelho verá o reflexo de alguém diferente
Do que fora dez anos antes
E lamentará por alguma coisa que tenha perdido
Sem esquecer o que tenha ganhado nesse meio tempo
Amadurecimento?Decepções?Filhos?

Eu não concordo com essa coisa
De que se perde tempo demais pensando
Somos racionais por alguma razão
É claro que ás vezes isso não presta pra nada
Na vida, muitas vezes perdemos a razão muito fácil.
Ou por mais que resistimos
Mais parar de vem em quando pra prestar atenção em quem
Está ao seu lado
Há quanto tempo não dá uma risada de verdade
Daquelas que depois quando você lembra sozinho
Dá até risada de novo
Dos motivos pelos quais você deveria parar de ser orgulhoso
E simplesmente reconhecer
Ou dos sonhos que você costumava ter
E que acabou desistindo
Porque não tentar de novo?
Um Não por pior que seja
Não se compara a satisfação
De quando se recebe um Sim…
Sim você pode mudar no momento em que quiser
Ou que decidir que já passou da hora
Sim você pode ser você mesmo
Sem precisar se preocupar com os outros
E Sim você pode ser feliz
Se realmente estiver disposto
A encarar a vida de frente
…sem medo…

Fale mais besteira
Quem pensa demais pra falar
Nunca acaba falando o que realmente gostaria
Palavras engasgadas
Com o tempo
Sufocam…
Sorria…
Você pode “desperdiçar” um segundo do seu dia
Mesmo se for pra rir de você mesmo(a)
E ria de você mesmo
Mesmo se tiver pagado aquele mico
Ou feito aquela cagada…
Porque é melhor você rir antes do que os outros riam
Isso lhes dará a opção de não achar mais tão engraçado
Surpreenda…
Porque a mesmice é muito chata
Se AME…
Porque se não ninguém vai te amar
Acredite na sorte…
Superstição pode atrair sorte…
E quando chegar naquele ponto do seu dia em que tiver vontade
De sair correndo ou de gritar
Pense apenas: FODA-Se
Amanhã é outro dia…

Renata R. Dos Santos

ENTERRO DE ELOÁ – Eloá é enterrada em Santo André

Padrão

O corpo de Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos, foi enterrado, na manhã desta terça-feira (21), no Cemitério Santo André, no ABC.

As pessoas que acompanharam o cortejo até o jazigo aplaudiram a passagem do caixão. Os familiares seguiram ao lado do corpo protegidos da multidão por policiais militares. Eles jogaram rosas em cima do caixão no momento do enterro.

O pai da garota, Aldo Pimentel, teve uma crise de hipertensão, segundo familiares, precisou ser internado no hopsital e não conseguiu comparecer nem ao velório nem ao enterro. Amigos que estudavam com a garota vestiam camisas nas quais estava estampado o rosto dela e passaram boa parte do enterro abraçados e chorando.

Eloá morreu após ficar 100 horas refém do ex-namorado, Lindemberg Alves, de 22 anos, na casa da família dela, em Santo André. A garota levou um tiro na cabeça e teve morte cerebral diagnosticada no sábado (18).

A Guarda Municipal de Santo André estimou que cerca de 12 mil pessoas acompanharam a cerimônia de sepultamento e 39 mil pessoas estiveram no velório da estudante desde segunda-feira (20) até as 9h desta terça-feira.

O jazigo no qual Eloá foi enterrada foi doado pelo cemitério. Representantes foram até o hospital onde a adolescente estava internada e fizeram contato com a família por meio dos médicos. Segundo o gerente comercial do cemitério, Edson Mariano, o jazigo tem três gavetas e vale R$ 6 mil. “Os diretores ficaram solidários com a família e resolveram doar”. Quanto à manutenção do jazigo – que custa R$ 180 por semestre – o gerente ainda não sabe o que será resolvido. “Ainda preciso ver com os diretores, mas provavelmente eles vão abrir mão de todo o pagamento”, afirmou.

Comparações

O número de visitantes ao velório de Eloá é superior – quase o dobro – à lotação do Estádio Bruno José Daniel, em Santo André, que tem capacidade para receber até 15 mil pessoas.

Ainda como comparação, o velório do ex-prefeito de Santo André, Celso Daniel (PT), realizado em janeiro de 2002, na Câmara Municipal, registrou púplico de 15 mil pessoas. Entretanto, o cortejo fúnebre pelas ruas da cidade até o Cemitério da Saudade, na Vila Assunção, foi visto por cerca de 50 mil pessoas, segundo dados da PM.

Fonte:tudoagora

VELÓRIO DE ELOÁ – Mãe diz que perdoa Lindemberg

Padrão

Ana Cristina Pimentel, a mãe de Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos, fez um curto pronunciamento durante uma homenagem de amigos durante o velório da adolescente no final da noite desta segunda-feira (20) no Cemitério Jardim Santo André, em Santo André, no ABC. Em sua fala, a mãe afirmou que perdoa o ex-namorado de Eloá, Lindemberg Alves, de 22 anos, e que o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) do Batalhão de Choque da Polícia Militar não teve culpa no trágico desfecho no episódio em que sua filha permaneceu em cárcere privado por cerca de 100 horas.

 

“Eu consigo perdoar o Lindemberg. Ele era um garoto agressivo e possessivo. Espero que a justiça seja feita”, ressaltou. Em seguida, a mãe de Eloá fez um

agradecimento pelo apoio que vem recebendo. “Quero agradecer à população, que está prestando esta homenagem a Eloá e pela solidariedade. E agradecer aos jornalistas também”, disse.

Ana Cristina saiu em defesa dos policiais do Gate em seguida. “E quero dizer que o Gate não teve culpa de nada.” Antes de finalizar, comentou sobre a perda da filha. “Isso aqui é só carne. Ela está feliz em um lugar muito melhor”, encerrou, apontando para o corpo da filha no caixão e sendo aplaudida pelos jovens presentes. Ela deixou o velório por volta das 23h35 desta segunda e deve retornar ao local pela manhã para acompanhar o sepultamento.

Fonte:tudoagora

Multidão acompanha velório da adolescente Eloá

Padrão

Uma multidão acompanha o velório da adolescente Eloá Cristina Pimentel no Cemitério de Santo André, na Vila Humaitá, no ABC paulista. Conforme estimativa da administração do local, cinco mil pessoas deverão passar por lá entre hoje e amanhã. O corpo de Eloá chegou ao cemitério por volta das 15 horas, após passar a madrugada de hoje no Instituto Médico Legal (IML).

O velório foi aberto ao público por volta das 16h50. Uma longa fila se formou no lado de fora da capela, composta por amigos, vizinhos do Conjunto Habitacional de Santo André – onde Eloá vivia e foi mantida refém por quatro dias pelo ex-namorado Lindembergue Alves -, e por curiosos, que deixaram mensagens de paz e justiça no local. No fim da tarde, os parentes da jovem estavam concentrados em um canto da capela e não falavam com a imprensa. A mãe de Eloá, Ana Cristina, chegou ao cemitério por volta das 16h20 acompanha de alguns policiais. Até o começo da noite, o pai de Eloá, Aldo, ainda não havia chegado ao velório. Os pais de Nayara, de 15 anos, amiga de Eloá, já passaram por lá.

Meia hora após a chegada do corpo de Eloá ao cemitério, um grupo de amigos da escola onde a jovem estudava fez uma homenagem. Eles formaram um circulo, colocaram uma coroa de flores no centro e rezaram um Pai Nosso e uma Ave Maria. O corpo de Eloá será sepultado amanhã, às 9 horas.

 

Fonte:yahoonoticia

Nayara deve ter alta na quarta-feira, diz secretário

Padrão

O secretário de Saúde de Santo André, Homero Nepomuceno Duarte, disse hoje que a adolescente Nayara, de 15 anos, amiga de Eloá Cristina Pimentel, deve receber alta hospitalar na quarta-feira. Segundo ele, o quadro de saúde da jovem evolui desde a cirurgia realizada na sexta-feira. As duas adolescentes foram feitas reféns pelo ex-namorado de Eloá, Lindembergue Alves, em Santo André, no ABC paulista. Eloá morreu baleada na cabeça. “Do ponto de vista médico-psicológico, ela (Nayara) já pode ter alta na quarta-feira”, afirmou.

O secretário afirmou que amanhã os médicos vão retirar uma placa de suporte no céu da boca de Nayara, que ajudou na reconstrução da região. “Nayara será reavaliada pela equipe após passar o efeito da sedação”, disse o secretário de Saúde de Santo André. “Ela só não terá alta se houver alguma intercorrência da nova cirurgia” ou se a polícia considerar que não é prudente retirá-la de dentro do hospital.

A previsão é que a cirurgia seja realizada na manhã de amanhã. Duarte disse ainda que, após este procedimento, a equipe médica irá recolocar o aparelho ortodôntico. Após a cirurgia, segundo Duarte, um novo boletim médico deverá ser divulgado pelo Hospital Municipal de Santo André, onde a adolescente está internada, para informar o quadro de saúde de Nayara.

 Fonte:yahoonoticia

Nayara manifestou vontade de ir ao enterro de Eloá

Padrão

A adolescente Nayara, de 15 anos, recebeu hoje a notícia da morte da amiga de Eloá Cristina Pimentel, e demonstrou vontade de ir ao enterro dela, que será realizado amanhã de manhã no Cemitério de Santo André, no ABC Paulista. A informação é do secretário de Saúde da cidade, Homero Nepomuceno Duarte. A equipe que acompanha Nayara, no entanto, avaliou que a participação no enterro não é adequada.

As duas jovens foram mantidas em cárcere privado pelo ex-namorado de Eloá, Lindembergue Fernandes Alves, de 22 anos, em um apartamento de Santo André. Duarte afirmou que a jovem recebeu com bastante frustração a notícia da morte de Eloá. “Ela manifestou emoção e tristeza, quadro que era esperado num caso como esse”, declarou. Nayara, segundo ele, contou que já esperava um desfecho trágico, mas tinha esperanças de que a amiga conseguiria sobreviver. O médico disse que, apesar da reação, o quadro psicológico de Nayara é bom.

Sobre o pedido para comparecer ao enterro da amiga, o secretário disse que a equipe de psicólogos e psiquiatras que está acompanhando o tratamento de Nayara ponderou que a atitude é desaconselhável. “Não só por causa do quadro clínico dela, mas também pela comoção que o caso gerou”, afirmou Duarte.

Ele contou que Nayara, desde que foi internada, não demonstrou desequilíbrio emocional, nem depressão profunda, nem brusca alteração do humor, o que permitirá que ela receba alta na quarta-feira, uma vez que o quadro clínico evolui bem. “Ela já mostrou vontade de ir embora, de deixar o hospital.”

Fonte:yahoonoticia